Beleza Pele

Espinha no peito: principais causas e como tratar

Espinha no peito

Quando falamos em espinhas, logo pensamos que ela é comum de aparecer no rosto, mas não é bem assim. Alguns homens e mulheres apresentam espinha no peito, condição que causa inúmeros desconfortos. As espinhas nada mais são do que o entupimento dos poros causados pela produção excessiva de sebo, seja por sujeira ou disfunção hormonal.

Quando se fala em acne logo pensamos que elas aparecem apenas no rosto, mas isso não é verdade. O aparecimento é mais comum no rosto, mas ela aparece em outras partes do corpo também. Essa doença provoca a obstrução da glândulas de gordura presentes na pele. Com essa obstrução ocorrem as inflamações e erupções chamadas de espinhas.

Mesmo que elas apareçam em homens e mulheres, são nas mulheres os episódios mais comuns, principalmente por causa das disfunções hormonais que a maioria possui. Para que elas não apareçam, é necessário manter a pele sempre limpa e alguns outros cuidados que vão amenizar o seu surgimento.

A espinha no peito pode ser controlada e até exterminada se a pessoa fizer o tratamento correto. Elas também se desenvolvem por causa do excesso de sujeira nos poros. Manter os poros limpos e abertos facilita a respiração e oxigenação da pele. Quanto mais suja ela estiver, mais fácil será o surgimento das espinhas.

As mulheres principalmente tem muita vergonha, pois as espinhas aparecem como pontinhos pretos na pele e mesmo tomando banho, eles não desaparecem.

O que causa a espinha no peito?

A espinha no peito é uma doença que é associada principalmente a uma produção irregular dos hormônios sexuais masculinos. Essa produção exacerbada acaba afetando diretamente as glândulas sebáceas que por sua vez começam a produzir de maneira exagerada uma maior quantidade de secreção gordurosa.

Essa alta produção de secreção gordurosa fecha os poros, impedindo sua abertura. Esse acúmulo nos poros formam os comedões que podem ser abertos, conhecidos como cravos pretos ou comedões fechados, conhecidos como cravos brancos.

Com esse acúmulo de sujeira nos poros, o aparecimento de infecções por bactérias acaba sendo favorecido, principalmente pela bactéria Propionibacterium acnes.

O surgimento da acne é um problema considerado muito mais fatorial do que um episódio isolado. Alterações hormonais, hereditariedade, infecções na pele causadas por bactérias, predisposição genética e até mesmo o uso de produtos inadequados no corpo podem provocar o aparecimento desenfreado de acnes ou agravar os quadros que já existem.

O aparecimento desta patologia costuma se dar na adolescência, tanto de homens quanto de mulheres, porém a espinha no peito ou acne do corpo como também é conhecida costuma aparecer muito mais em mulheres. Isso acontece por causa das oscilações hormonais que o corpo da mulher sofre. Na idade adulta por exemplo, no período de gravidez, o corpo sofre uma enxurrada de hormônios e no período pós-parto também.

Espinha no peito

Além das oscilações hormonais, existem também os fatores de hereditariedade, produtos utilizados de forma inadequada na pele, consumo de alimentos que podem provocar alguma alteração entre outros fatores.

Não tenha vergonha se por acaso aparecerem espinhas no seu corpo, acredite, não é só você que as possui. Basta seguir os tratamentos de forma adequada e esse problema será amenizado.

Como evitar o aparecimento da espinha no peito?

Existem algumas dicas que você pode seguir para evitar o aparecimento da espinha no peito. Essas dicas são simples e você pode fazer sem nenhum problema.

Acompanhe algumas que listamos para você:

1 – Conheça o seu tipo de pele

Conhecer o seu tipo de pele é fundamental para que você utilize os produtos adequados nela. Por exemplo, se você possui uma pele muito oleosa, não é adequado que você utilize produtos com muita gordura. Procurar um profissional especializado é a melhor forma de você acabar com as suas dúvidas.

Os médicos dermatologistas são os mais recomendados nesse assunto.

2 – Utilize sabonetes e cremes com ação bactericida

Esses sabonetes e cremes que possuem ação bactericida diminuem consideravelmente a oleosidade da pele, por isso, evitando a propagação de bactérias na região e consequentemente o surgimento de espinhas.

3 – Diminua o consumo de alimentos gordurosos

Segundo alguns estudos, os alimentos muito gordurosos costumam infeccionar a pele. Chocolates e os ricos em glicose principalmente devem ser diminuídos. Você não precisa tirá-los do seu cardápio, apenas diminua o seu consumo.

4 – Retire os produtos da pele durante o banho

Sabe depois de lavar os cabelos, quando o condicionador escorre pelo corpo inteiro? Então, isso é péssimo, pois esses produtos são muito oleosos e se não forem retirados da pele adequadamente podem causar espinhas.

Confira 4 dicas para tratar espinha no peito

Existem algumas dicas muito legais que você pode seguir para controlar o surgimento da espinha no peito.

Essas dicas obviamente, não substitui uma consulta médica, pois somente um médico dermatologista pode indicar o melhor tratamento para o seu tipo de pele.

Confira abaixo, alguns tratamentos que você pode fazer que contribui para o desaparecimento desse problema.

Espinha no peito

1 – Limpeza com esfoliação

Fazer uma esfoliação na pele faz com que ela seja renovada mais rapidamente e potencializa a absorção de cremes e hidratantes. Se a pele já estiver inflamada ou ferida não é recomendado que essa esfoliação seja feita.

2 – Medicamentos tópicos em forma de creme ou gel

Esses medicamentos devem ser receitados por um médico. Ele é muito eficaz nos tratamentos de espinhas que aparecem na região do peito.

3 – Ingestão de antibióticos e anti-inflamatórios

Esses medicamentos são ingeridos via oral, geralmente são indicados para casos considerados muito graves.

4 – Tratamentos com laser

Este tipo de tratamento auxilia na cicatrização da pele que teve espinhas. Além de estimular a cicatrização, também estimula a produção de colágeno, propriedade fundamental para manter a elasticidade da pele.

Confira algumas receitas caseiras

Além dos medicamentos receitados pelo seu médico dermatologista, você pode também experimentar fazer algumas receitas caseiras. Veja essas duas dicas excelentes que separamos para você.

Esfoliação

Essa esfoliação é feita com alguns ingredientes que você provavelmente tem na sua casa. Acompanhe:

Ingredientes

  • 2 colheres de café de açúcar;
  • 1 colher de sopa de aveia, pode ser em grãos;
  • ½ litro de água.

Como fazer

Lave bem a região do seu peito com qualquer sabonete neutro. Espalhe essa pasta por toda essa região, fazendo movimentos circulares sem esfregar muito. Deixe agir por aproximadamente 5 minutos e retire com a água morna do chuveiro.

Máscara de tratamento

Essa máscara é excelente para devolver a vitalidade da pele e mantê-la hidratada. Veja como é fácil:

Ingredientes

  • 25 g de mel;
  • 15 ml de vinagre de maçã, isso dá aproximadamente 1 colher de sopa.

Como fazer

Misture todos os ingredientes até formar uma pasta homogênea. É importante que essa pasta não fique muito líquida. Você deverá aplica-la em toda a região do peito e deixar agir por 15 minutos. Em seguida enxague no chuveiro com água morna. Não é necessário esfregar, deixe apenas a água cair e tirar a mistura que você colocou.

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.