Recomendados para você
Entrevistas Saúde

Estresse: especialista responde as perguntas mais comuns

O estresse está presente na vida de muitas pessoas. A vida corrida, as tarefas do trabalho, as metas, os prazos apertados, tudo isso se junta e pode transformar a maneira como a pessoa lida com a vida. O estresse prejudica a qualidade de vida e pode favorecer o adoecimento ou o agravamento de doenças já presentes no organismo.

É um tema importante para quem busca viver melhor e para tirar as principais dúvidas sobre o assunto, entrevistamos o especialista Dr. Daniel Mendonça Barra.

Daniel de Mendonça Barra é Médico Residente em Psiquiatria na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais. É formado pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG) e professor convidado do Núcleo de Avaliação e Pesquisa em Educação Médica da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

1. O que é estresse?

O estresse é uma resposta que nosso organismo dá as constantes pressões do dia a dia. Hoje a sociedade está cada vez mais exigente. Constantes correrias do dia a dia, mercado de trabalho cada vez mais exigente e cruel fazem com que as pessoas sejam submetidas a momentos exaustivos, desgastantes, sem tempo suficiente para relaxar e se recompor. Com isso, há uma desregulação de substâncias no nosso organismos, provocando como resultado final o famoso ESTRESSE. Quando isso é ocasionado exclusivamente dentro de um ambiente de trabalho, a doença tem o nome de BURNOUT.

2. Quais são os sintomas de estresse?

  •  Irritabilidade;
  • Dores no corpo, geralmente, nas costas;
  • Tensão muscular;
  • Dor de cabeça no final do expediente;
  • Problemas dermatológicos como quedas de cabelos, coceiras, manchas na pede dentre outros.

3. Qual a diferença entre estresse e ansiedade?

O transtorno de ansiedade é uma doença crônica, que envolve genética e fisiologia do indivíduo e não depende necessariamente de estímulos externos do ambiente para surgir. O tratamento é mais complexo e envolve psicoterapias, medicamentos dentre outros. Já o estresse é mais reativo ao ambiente, aos fatores que levam a pessoa ao desgaste, angustia do dia a dia. A pessoa sendo retirada desse meio ou aprendendo a lidar com o mesmo, reduz muito as chances de ficar estressado.

4. O estresse pode causar ataque de pânico?

Sim. Tudo o que provocar desgaste diário da saúde mental das pessoas, podem levar elas a estarem propensas a desenvolverem alguns sintomas, incluindo crises de pânico.

5. O que é estresse pós-traumático?

O transtorno de estresse pós-traumático é quando uma pessoa é submetida a algum tipo de trauma (que leva a algum risco de morrer ou ameaça a integridade sexual) e tem dificuldade de se recuperar do trauma. Essa pessoa passa a reviver o momento do trauma dia após dia. Essas lembranças se dão por meio de pesadelos, flashbacks, pensamentos intrusivos, dentre outros. Isso traz profundo sofrimento para a pessoa podendo levar a mesma até a uma incapacitação devido a gravidade da doença.

6. Quais são as consequências do estresse para a saúde?

  • Fragilidade emocional;
  • Pode desencadear doenças;
  • Agravar doenças pré existentes como depressão, ansiedade, dentre outros;
  • Desgaste nas relações interpessoais.

7. Quais são os tratamentos mais indicados para o estresse?

Rever a questão do trabalho e do dia a dia e ver se tem como fazer as coisas de um modo diferente para evitar ou minimizar o estresse. Entre as opções de tratamento estão:

  • Psicoterapia;
  • Atividade física;
  • Bons relacionamentos interpessoais;
  • Momentos de lazer;
  • Cuidados com a saúde de um modo geral;
  • Persistindo os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Saiba mais:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */