Curiosidades Flores

Flor-de-maio: Curiosidades e Dicas de Cultivo

Ela é nativa da Mata Atlântica do Sudeste brasileiro. A flor-de-maio faz parte de uma grande e suculenta família de cactáceos. Sua origem epífita faz dela uma opção perfeita para cultivo em vasos pendentes.

É conhecida também por cacto-de-natal, cacto-de-maio e flor-de-seda. Suas flores são multicoloridas, principalmente nos tons de rosa, branco, amarelo e vermelho. E as pétalas formam um semicírculo quando abertas.

flor-de-maio-13

O caule da flor-de-maio é um show à parte, uma vez que forma ramos em diversos artículos a cada florada, muitas vezes com charmosos “cachos’ quando a planta é dependurada.

Seus cladódios, ou seja, gomos dilatados com aspecto de folha, não possuem os tradicionais espinhos, típicos de outras espécies do gênero.

Flores-de-maio são encontradas frequentemente nas florestas tropicais do Norte do Rio de Janeiro, e acabaram recebendo este nome por florescer de forma natural apenas neste mês.

Ou seja, a planta gosta mesmo é da combinação de dias mais curtos e temperaturas amenas, em ambientes sombreados ou à meia-sombra.



O nome indica a época da maioria da florada. No entanto, o auge da floração ocorre entre abril e junho. Por isso, a flor-de-maio é muito procurada para compor a decoração de casamentos no famoso mês das noivas.

Dentro de casa ou em varandas; em vasos simples no chão ou suspensas… As flores-de-seda proporcionam um visual encantador com suas folhas e flores caindo ao redor.

A flor-de-maio é uma das estrelas do outono, quando acontecem as trocas de folhas e o clima não é tão tropical quanto dezembro e nem tão favorável ao frio quanto julho.

Um detalhe curioso é que, atualmente, a espécie pode ser encontrada florida o ano inteiro, porque, devido à grande procura por ela, seus produtores são capazes de simular dias curtos, ou seja, de “enganar” a flor-de-maio.

No geral, a flor-de-maio surge quando a natureza parece fechar para balanço – e dizer aos bulbos de flores: “Ei, calma, podem ficar dormentes”. É uma forma de preparar as espécies para que aguentem firmes – lindas – e fortes os períodos mais quentes.

Os jardineiros profissionais ou amadores aproveitam a entressafra para fazer podas, a manutenção dos substratos e o reforço da adubação de seus canteiros. E, é claro, aproveitar as variedades que florescem e frutificam no período aparentemente sem vida.

Dicas de plantio e curiosidades sobre a flor-de-maio

100_7239-800x451

A Schlumbergera truncata, popularmente conhecida como flor-de-maio, proporciona cor e beleza sem exigir grandes trabalhos no cultivo. O segredo de sua manutenção está na escolha do local em que a planta ficará durante e após a floração.

A atenção maior é necessária quando os botões da flor-de-maio estiverem fechados, uma vez que são sensíveis e podem cair facilmente. O truque é adquirir a planta com botões razoavelmente desenvolvidos.

Quando estiver florescendo, a flor-de-maio precisa de meia-sombra e regas semanais, o que pode variar de 1 a 2 dependendo do substrato aplicado. Já o tempo de dormência requer sol por períodos breves e regas a cada dez dias, aproximadamente.

O solo deve ser bem-drenado e nutrido com substrato que mistura terra vegetal e cascas de jacarandá ou pinus. Ele não deve ser muito ácido. Para reduzir a acidez, a dica é adicionar uma colher de chá de cal hidratado e misturar bem.

A recomendação é reforçar o adubo somente depois da floração, e nunca deixar o solo encharcado ou a planta exposta o tempo todo ao sol.

Flor-de-maio é um mimo da natureza que dá colorido aos ambientes e à vida. Aproveite as dicas de cultivo da flor-de-maio para deixar sua casa mais bonita e agradável.

Espero você no próximo post. Até lá!

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */