Nutrição

Frutas vermelhas: as mais consumidas no Brasil e seus benefícios

Suas propriedades medicinais são conhecidas já há bastante tempo. Na Roma antiga, os morangos faziam parte da alimentação e, principalmente, em festanças, pois eram conhecidos por combater os males da tristeza e melancolia, fornecendo fonte devida e alegria. Hoje em dia, pesquisas revelam a importância de uma alimentação à base de frutas vermelhas, alimento poderoso em favor da saúde.

E os romanos estavam cobertos de razão. O morango, assim como outras frutas vermelhas, é mesmo fonte de vida. Por possuírem índices glicêmicos baixos, as frutas vermelhas podem ser consumidas em várias porções diárias favorecendo o emagrecimento equilibrado e natural.

Consumo normal, desde o lanche da manhã

Ideais para o consumo para quem quer – ou precisa – cortar a quantidade diária de carboidratos, estas frutinhas maravilhosas – lindas e saborosas – exercem funções antioxidantes sobre o organismo, são anti-inflamatórias e, para as mulheres,ajudam no controle hormonal. Por isso, o consumo de frutas vermelhas é indicado para quem já está ou se aproxima da menopausa.

Para atingir estes objetivos, frutas vermelhas são todas aquelas que possuem sua casca entre a coloração vermelho e o roxo. O ideal é que seu consumo comece no primeiro lanche da manhã e ocorra por pelo menos três porções por dia, durante toda a semana.

Nem todas são abundantes no Brasil

Destas frutas vermelhas, as mais comuns aqui no Brasil são o morango, uva escura,açaí, amora e jabuticaba. Mas, também estão nesse grupo o mirtilo, framboesa, romã e a cereja – esta última, por sinal, tem seu período de safra exatamente no final do ano.

Aquino Brasil, também, o mirtilo tem sido bem aceito por clima e terra e, por isso,estão surgindo muitas plantações em diversas regiões do País, principalmente nos estados do Sul. Dentre as frutas vermelhas, o mirtilo é uma das mais recomendadas ao consumo devido a suas boas propriedades alimentares.

É melhor o consumo ao natural

O ideal é que o consumo dessas frutinhas ocorra na forma do fruto natural, para melhor aproveitamento de todos seus benefícios. O problema é que boa parte dessas frutas vermelhas têm pouca oferta no Brasil e, por isso, só podem ser encontradas desidratadas ou congeladas, para o consumo sob a forma de sucos.

Os nutricionistas explicam que esse processo industrial, de congelamento, retira boa parte das melhores propriedades dessas frutas vermelhas. Por isso, o ideal mesmo é aumentar o consumo das mais encontradas no Brasil, como o morango, maçã,framboesa e amora.

Combatem o envelhecimento celular

Seus benefícios vão desde o controle e prevenção de doenças, evitando ou retardando o envelhecimento precoce. Com boas propriedades antioxidantes, as frutas vermelhas carregam nutrientes como as antocianinas e vitamina C, que são importantes auxiliares para fortalecer o sistema imunológico do ser humano.

Ao combater o envelhecimento celular, suas propriedades também atuam no combate às infecções e na manutenção da elasticidade da pele. Entre outras propriedades,são frutas com altas porções de vitamina C, magnésio, cálcio e vitamina E.Também possuem quantidades reduzidas de gorduras e proteínas. Com o cálcio, são eficientes para o fortalecimento dos ossos.

É bom lavar com água sanitária

Alguns nutricionistas aconselham que as frutas vermelhas, para o consumo in natura,passem antes por um processo de lavação em uma mistura de água com hipoclorito de sódio, a nossa conhecida água sanitária. Basta dissolver uma colher de sopa de água sanitária num litro de água e lavar as frutinhas nessa solução.

Ocorre que são poucas as lavouras de frutas vermelhas plantadas sob a forma de culturas orgânicas. Na maior parte das vezes, são lavouras em que há o emprego de agrotóxicos em grande quantidade, especialmente no morango. A água sanitária limpa suas cascas e protege em parte desses agrotóxicos. Depois de lavadas,enxágue em água da torneira normal.

Principais frutas vermelhas do Brasil

Vamos ver algumas das propriedades destas frutinhas maravilhosas:

  1. Amora – Frutinha cuja safra ocorre no segundo semestre, possui poderosos nutrientes. Dentre estes, um dos mais importantes é a vitamina E, que auxilia no combate a doenças do coração e preserva a saúde da pele. Também possui propriedades que auxiliam o cérebro a combater doenças como o Mal de Alzheimer e até mesmo a demência;
  2. Morango – Esta fruta maravilhosa possui quantidades baixas de carboidratos e é rica em vitamina C, um dos principais nutrientes que ajudam afortalecer o nosso sistema imunológico. Também é altamente antioxidante,combatendo os radicais livres e ajudando contra o envelhecimento precoce. É também auxiliar na preservação da beleza da pele;
  3. Maçã – Uma das mais fáceis de ser encontrada no Brasil, a maçã é uma das frutas vermelhas que possui baixa quantidade de carboidrato e, por isso, é auxiliar para o emagrecimento e perda de gordura abdominal. É também rica em vitamina C e fibras solúveis, que auxiliam na prevenção da prisão deventre. É um desintoxicante alimentar;
  4. Mirtilo – Ainda com pouca oferta no Brasil, o mirtilo é uma das frutas vermelhas cujas lavouras mais crescem no País, prevendo-se melhora na sua distribuição em poucos anos. É um poderoso antioxidante, atuando na prevenção do envelhecimento precoce e na preservação da beleza da pele,livrando-a de rugas e manchas. Com a antocianina, combate os radicais livres,inflamações e possui propriedades anticancerígenas;
  5. Cereja – Além de muito saborosa, a cereja é do grupo de frutas vermelhas muito consumidas na época do Natal, por ser comum nesta época do ano.Também rica em antioxidantes e vitamina C, ajuda no combate a diversas doenças e ao envelhecimento precoce das células. Também possui o betacaroteno, que ajuda a manter não apenas a pele sadia, como, também, unhas, olhos e cabelos.
  6. Todas as demais frutas vermelhas – ou com casca vermelha – também apresentam diversas vantagens à nossa saúde e defesa do organismo. Estão aí a acerola, framboesa, groselha, ameixa, jabuticaba, uva e até mesmo a melancia, embora possua casca verde.

Seu consumo é melhor quando in natura, como já dissemos anteriormente. Pode ser em saladas de frutas, sucos naturais, vitaminas ou até mesmo em doces e geleias caseiras. De todas as formas, trarão algumas vantagens ao organismo. O ideal, recomendamos nutricionistas, é o consumo de umas três porções diárias de frutas vermelhas por dia, em todos os dias da semana.

8 dicas para ter unhas impecáveis!


/* ]]> */