Beleza Pele

Ginástica facial: 7 exercícios para um rosto mais jovem e bonito

Ginástica facial

Assim como o corpo, os músculos do rosto e pescoço também precisam de exercícios para ficar em forma e manter sua firmeza e elasticidade.

A ginástica facial atua justamente sobre esta região, como uma alternativa de tratamento e prevenção da flacidez e rugas causadas pelo envelhecimento e por movimentos involuntários decorrentes das expressões faciais do dia a dia.

Veja também – Bichectomia: saiba tudo sobre o procedimento

São exercícios musculares regulares e específicos para a região do rosto, com o objetivo de desenvolver o tônus muscular das linhas dos olhos, sobrancelhas, lábios, contorno do rosto e pescoço, deixando o rosto mais bonito, jovem e com expressões mais suaves.

Então que tal aprender a fazer ginástica facial? Separamos neste post 7 exercícios que fortalecem diferentes áreas do rosto para você começar a praticar agora mesmo! Confira!

1. Ginástica facial para a testa

Esse exercício suaviza rugas e marcas de expressão na região da testa.

  1. Com os olhos fechados e a boca semiaberta, erga as sobrancelhas o máximo que puder;
  2. Segure a posição por 10 segundos;
  3. Volte à posição inicial lentamente;
  4. Repita 10 vezes.

2. Ginástica facial para a região dos olhos

Essa ginástica facial ajuda a manter a firmeza da pele, evitando as rugas no canto dos olhos, conhecidas como “pé de galinha”.

  1. Feche os olhos e aperte-os bem, colando a pálpebra superior e inferior o máximo que puder;
  2. Segure a posição por 10 segundos;
  3. Relaxe a região, voltando à posição inicial lentamente;
  4. Repita 10 vezes.

3. Ginástica facial para as maçãs do rosto

Esse exercício levanta as maçãs do rosto evitando a flacidez desta área.

  1. Com a boca semiaberta, dê um sorriso largo;
  2. Na sequência, cuide para que o lábio inferior cubra os dentes;
  3. Segure a posição por 10 segundos;
  4. Volte à posição inicial;
  5. Repita 10 vezes.

Veja também – Como emagrecer o rosto? Confira 10 dicas e exercícios infalíveis

4. Ginástica facial para as bochechas

As bochechas costumam sofrer bastante com a flacidez, ficando com o aspecto caído, típico das “bochechas de buldogue”. Portanto, é essencial exercitar essa região.

  1. Faça um biquinho com os lábios e aplique toda a pressão possível nas bochechas, imitando um peixe;
  2. Segure a posição por 10 segundos;
  3. Relaxe a região soltando a pressão enquanto esboça um beijo barulhento;
  4. Repita 10 vezes.

5. Ginástica facial para a boca

A ginástica facial nessa região previne a flacidez e o aparecimento do “bigode chinês”

  1. Com os lábios fechados, dê um sorriso largo, forçando bem a contração labial para os lados;
  2. Segure a posição por 10 segundos;
  3. Volte à posição inicial;
  4. Repita 10 vezes.

6. Ginástica facial para fortalecer o queixo

Esse exercício fortalece a musculatura do queixo, prevenindo a flacidez e o queixo duplo.

  1. Com a boca fechada, encoste delicadamente os dentes superiores nos inferiores e encoste a ponta da língua no céu da boca;
  2. Apoie as mãos fechadas em punho na parte inferior do queixo;
  3. Tente abrir a boca, sem forçar, fazendo com que as mãos impeçam a abertura;
  4. Segure a posição por 30 segundos e solte. Uma vez é o suficiente.

7. Ginástica facial para papada e pescoço

Esse exercício fortalece os músculos do pescoço, impedindo o aparecimento da papada, comum com o avanço da idade.

  1. Estique bem o pescoço e olhe para cima;
  2. Coloque a ponta da língua na parte mais alta do céu da boca e faça a maior pressão que conseguir;
  3. Segure a posição por 10 segundos e solte;
  4. Repita 10 vezes.

A ginástica facial não deve ser utilizada somente para reparação depois que o rosto começa a apresentar sinais de flacidez e rugas. Ela pode ser feita de forma preventiva, a partir dos 20 anos de idade. Quando feita com regularidade, os primeiros sinais de melhora aparecem no primeiro mês e em três meses, já apresenta resultados significativos.

Curtiu o nosso artigo? Então compartilhe este post com suas amigas nas redes sociais e comecem a praticar juntas!

Sobre o autor

Juliana Mitsuda