Exercícios Saúde

Ginástica laboral: benefícios físicos, psicológicos, sociais e empresariais

É possível fazer atividade física no local de trabalho em pleno expediente, sem atrapalhar a produtividade. Na verdade, a chamada ginástica laboral pode deixar seu rendimento ainda mais alto e prevenir vários desconfortos e doenças.

A ginástica laboral é definida como uma prática voluntária de exercícios físicos pelos trabalhadores de forma coletiva, com objetivo de melhorar a condição física dos funcionários de uma empresa.

Sua função principal é fortalecer certos músculos muito exigidos durante a rotina do trabalhador, auxiliando na prevenção de problemas de postura e lesões. Além de oferecerem riscos às pessoas, estas condições são capazes de aumentar os custos operacionais.

Esta modalidade de ginástica possui curta duração e, portanto, não causa cansaço ou incômodo. Ela também ajuda a recuperar casos de lesões por esforço repetitivos, as “doenças do trabalho”.

Outros benefícios da ginástica laboral são a promoção do bem-estar e o favorecimento das relações interpessoais.



Entenda o que é a ginástica laboral



Existem basicamente três tipos de ginástica laboral: preparatória, compensatória e relaxamento.

A preparatória é realizada no início do expediente para deixar o trabalhador mais apto a realizar suas atividades por meio do aquecimento dos grupos musculares mais solicitados em suas tarefas. Também serve para que ele sinta mais disposição, fique desperto.

Quando a atividade laboral é feita durante a jornada de trabalho, recebe o nome de compensatória.
Ela ajuda a quebrar a monotonia; usa as pausas para que os funcionários executem exercícios especialmente preparados para compensar seu corpo pelos esforços repetitivos, além de corrigir posturas inadequadas.

Depois de um dia inteiro de trabalho, é hora de descontrair na ginástica laboral de relaxamento. Através dela, a tensão muscular é reduzida, minimizando, assim, o risco de microlesões acabarem em lesões maiores com o passar do tempo.

A atividade física leve no trabalho acontece no próprio local de execução dos serviços ou em um espaço especialmente criado dentro da empresa. Costuma durar cerca de 15 minutos e pode ser realizada todos os dias, três vezes por semana ou do jeito que a empresa achar conveniente.

Benefícios

Confira o resumo das principais vantagens da ginástica laboral:

• Previne e combate e doenças ligadas às mais diversas profissões;
• Combate o sedentarismo;
• Alivia a ansiedade e o estresse;
• Auxilia na luta contra depressão e tensões emocionais;
• Estimula a consciência a respeito do próprio corpo;
• Favorece o surgimento de lideranças;
• Reduz a tensão muscular desnecessária;
• Diminui traumas e inflamações;
• Ameniza o esforço na realização das tarefas diárias;
• Promove queda no número de queixas, licenças médicas, acidentes e lesões;
• Permite mudança de rotina e mais contato pessoal;
• Melhora o trabalho em equipe;
• Potencializa a capacidade de atenção e concentração;
• Trabalha flexibilidade, resistência e coordenação;
• Desenvolve maior mobilidade e melhor postura;
• Colabora com a boa imagem da instituição diante dos funcionários e da sociedade;
• Serve para mostrar a preocupação da empresa com seus colaboradores;
• Estimula a integração social;
• Aumenta a sensação de disposição e bem-estar para o trabalho;
• Propicia ganho de produtividade;
• Diminui despesas com afastamentos e substituições de pessoal;
• Reforça a autoestima dos empregados, contribuindo na melhora da autoimagem.

A prática da ginástica laboral está cercada de elementos como a valorização do colaborador, o olhar do empregador sobre a saúde de seus funcionários, prevenção de doenças, realização de trabalho com qualidade e criação de um ambiente agradável para realização das atividades diárias.

Mas ela, às vezes, acaba ultrapassando as paredes da empresa no sentido de criar uma consciência individual sobre a conservação da saúde. Ginástica laboral pode ser o start para uma vida mais equilibrada por parte de quem é sedentário, por exemplo.

É claro que a atividade envolve pontos de interesse comercial para as corporações. O que não significa que a ginástica laboral deva ser desprezada. Afinal, depende de nós o esforço diário para continuarmos ativos da melhor maneira possível.

Pense nisso! Até a próxima…

Sobre o autor

Fatima