Beleza Cabelos

Glicerina no cabelo: saiba para que serve e como usar

Glicerina no cabelo

Com certeza, pelo menos uma vez na vida, você já deve ter ouvido falar da glicerina. O produto, sem sabor e nem cor, está presente nas fórmulas da maioria dos produtos cosméticos e de beleza, dentre eles, sabonetes, shampoos e condicionadores, cremes hidratantes, além de maquiagem. Mas, afinal, você sabe para que ela serve?

A glicerina possui propriedades altamente emolientes e umectantes, o que significa que ela pode oferecer uma poderosa hidratação ao corpo. Especialmente no que diz respeitos aos nossos cabelos, este ingrediente tem sido bastante usado em receitas caseiras para manter os fios sempre hidratados, sem frizz, macios e brilhosos e, ainda, fortalecê-los, o que é ideal para evitar pontas duplas e a quebra.

Glicerina no cabelo: benefícios para as madeixas [Infográfico]

Por isso, muitas mulheres têm optado por aplicá-lo puro nas madeixas, já que ele pode potencializar os efeitos hidratantes desejados. Porém, vale ressaltar que existem dois tipos de glicerina: as naturais e as sintéticas.

Para tratar as madeixas, o ideal é usar a glicerina natural, que é fabricada a partir de óleos vegetais, também chamada de glicerina vegetal. O ingrediente é solúvel em água, o que o torna fundamental na composição de cosméticos e produtos capilares.

Este composto orgânico é produzido a partir da hidrólise de gorduras de palma e coco, baseados em glicerol com água, sob alta temperatura e pressão. Depois, ele é destilado para remover o excesso de água e, desta forma, obtém-se glicerina pura a 99,3%. Nas lojas de cosméticos ou farmácias, você deverá encontrá-la com o nome de glicerina destilada.

Quer saber para que serve e como usar glicerina no cabelo? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo que eu te conto tudo!



Para que serve a glicerina no cabelo?

Glicerina no cabelo

A glicerina destilada, que é a versão mais recomendada para uso capilar, possui propriedades umectantes e emolientes, o que quer dizer que a sua aplicação no cabelo pode ajudar a hidratar os fios profundamente, além de fortalecê-los e protegê-los do ressecamento.

Na prática, o produto tem duas funções: a de absorver água do ar e reduzir a velocidade com que a mesma evapore do cabelo. Ou seja, em um ambiente aberto, com umidade do ar a 70% ou mais, o ingrediente é capaz de atrair essa umidade e levá-la para dentro fios, ajudando-os a reter a mesma, já que forma uma espécie de “barreira” protetora ao redor destes para que fiquem sempre úmidos.

Além disso, por conta dessa “barreira” de proteção, ao utilizar o composto orgânico puro nas suas madeixas, você pode contribuir para o fortalecimento dos fios, tornando-os menos suscetíveis à quebra e à formação das temidas pontas duplas.

Por outro lado, é bom ficar esperta! A glicerina só deve ser usada para hidratar o cabelo se a umidade do ar estiver alta, momento em que o produto aproveitará para “puxá-la” para os seus fios.

Agora, se a umidade estiver baixa, quando estamos passando pelo famoso “tempo seco”, você corre o risco de sofrer com o efeito “rebote”, ou seja, o produto irá “roubar” a umidade dos seus fios e jogá-la para o ambiente, o que significa cabelos bastante desidratados e ressecados.

Quem pode usar?

Glicerina no cabelo

Devido ao seu poder hidratante, a glicerina pode ser aplicada em quaisquer tipos capilares, especialmente aqueles que estejam mais ressecados. No entanto, se os seus fios estiverem porosos, é preciso tomar cuidado antes de usar o produto.

Até porque, se o grau de porosidade estiver muito alto e o clima ambiente muito úmido, ao usar a glicerina de forma constante, o seu cabelo absorverá muita água, o que significa que os seus fios ficarão excessivamente saturados pela umidade, fazendo com que eles percam a elasticidade e ocasionando problemas como quebra ao manipulá-los. Aprenda a fazer o teste de porosidade capilar aqui.

Já no caso de cabelos secos, o ideal é evitar aplicar a glicerina quando o tempo estiver seco, ou seja, com a umidade do ar baixa (menos de 70%), pois o produto poderá ressecá-los ainda mais. “Mas, eu moro em uma região com o clima mais seco na maior parte dos dias do ano e, de quebra, ainda tenho os fios ressecados naturalmente. O que eu faço?”.

Neste caso, a dica é diluir a glicerina em uma quantidade maior de água antes de aplicá-la nas madeixas ou adicionar algumas gotas do óleo de jojoba. Esse último, por ser muito semelhante ao sebo natural da pele e dos cabelos, pode penetrar rapidamente na pele e nos fios, hidratando-os ainda mais, além de não deixar resíduos oleosos que possam deixar o cabelo com aspecto pesado.

Veja também: 

Quem tem cabelos cacheados pode abusar da glicerina, já que ela pode ajudar de maneira eficiente a controlar o frizz e, ainda, definir os cachos. Já quem acabou de colorir os fios com tinturas semi-permanentes, o produto não deve ser aplicado nos fios, já que ele tem o poder de penetrar nas cutículas e, portanto, desbotar a pigmentação das tinturas.

No caso das mulheres que apostam em colorações permanentes, não há com o que se preocupar! Essas tinturas possuem partículas muito menores e são absorvidas mais rapidamente pelos fios após a primeira lavagem, sendo impossível a glicerina alcançá-las. Então, a dica é usar o produto apenas 48 horas após a aplicação da tintura, que é o tempo ideal para a tintura fixar de vez nos fios.

Como usar glicerina no cabelo? Veja passo a passo

Glicerina no cabelo

Além de super fácil de encontrar para comprar e ser bem baratinha, a glicerina também é simples de usar no cabelo. O produto pode ser adicionado à sua máscara de hidratação, shampoo ou condicionador ou, ainda, apenas diluído em água e misturada a um óleo essencial.

Na receitinha abaixo, você vai precisar de:

  • 2 colheres (sopa) da máscara de hidratação da sua preferência;
  • 1 colher (sopa) de glicerina destilada.

Como aplicar:

  • Passo 1: Em um recipiente, misture a glicerina com a máscara de hidratação e mexa bem.
  • Passo 2: Em seguida, divida o cabelo (já lavado apenas com shampoo) em mechas e aplique a mistura nos fios, massageando-os bem. Evite o couro cabeludo, especialmente se o seu cabelo for oleoso.
  • Passo 3: Se for o caso, depois de aplicar a mistura em todo o cabelo, você também pode borrifar um pouco de água para potencializar a hidratação.
  • Passo 4: Depois disso, você pode colocar uma touca plástica ou, caso não tenha o acessório, apenas prender o cabelo. Espere cerca de 20 a 30 minutos até o produto agir nos fios.
  • Passo 5: Passado esse tempo, enxágue bem e finalize aplicando um condicionador, seguido de um leave-in. O ideal é deixar o cabelo secar naturalmente, sem usar secador ou chapinha.

Onde comprar e preço

A glicerina destilada pode ser encontrada em qualquer loja de cosméticos ou farmácias, em todo o Brasil. O preço varia entre R$ 3 e  R$ 5, dependendo da região. Em alguns lugares, a embalagem com 1 litro custa R$ 10.

Gostou do artigo? Já usou glicerina no seu cabelo? Então, compartilhe!

Até a próxima!

Sobre o autor

Raiane

/* ]]> */