Moda Tatuagens

Handpoke tattoo: conheça 10 artistas da tatuagem sem máquina

Apesar das máquinas à bobina ou de rotação serem as mais comuns ferramentas dos artistas da pele, existe uma nova tendência que pretende resgatar as origens da tatuagem: a handpoke tattoo.

Em meio a tanta tecnologia, a forma mais tradicional de tatuagem está de volta. A handpoke tattoo é uma técnica de tatuagem que não usa maquininhas. Os profissionais do handpoke usam apenas agulhas e trabalham os desenhos ponto a ponto.

Neste artigo saiba mais sobre o que é a handpoke tattoo e conheça 10 artistas da tatuagem que trabalham com esta técnica.

O que é handpoke tattoo?

Handpoke é uma técnica manual de tatuagem que utiliza uma ou mais agulhas, às vezes unidas por um suporte. Cada profissional trabalha da maneira mais confortável para si, pois não existe uma regra de como deve ser montada a agulha ou o conjunto delas. Com a recente popularização da handpoke, existem alguns kits prontos que são vendidos aos profissionais. Agulhas próprias para a técnica tradicional podem ser compradas com muito mais facilidade hoje em dia.

A provável origem dessa técnica artesanal de tattoo está nas culturas ancestrais, principalmente do Japão. Lá os tatuadores usavam (e ainda usam) um instrumento chamado Tebori, um longo pedaço de bambu onde é fixada a agulha.

Com Tebori ou não, a handpoke tattoo é considerada uma tatuagem mais demorada. A cicatrização tende a ser mais rápida e a aplicação na pele é menos agressiva do que a tattoo com máquina. Por isso, se você possui a pele sensível ou possui problemas com cicatrização, essa é uma modalidade indicada para você.

Ah, antes que você possa confundir as coisas, aí vai uma informação importante: a handpoke tattoo é uma tatuagem permanente, como a tattoo de máquina. Não é henna, não é tattoo dourada. É permanente, ok?

Saiba mais:

Handpoke dói mais do que tatuagem com máquina?

Quando falamos da dor na tattoo é preciso levar algumas coisas em conta. A primeira coisa é: alguns lugares do corpo são mais sensíveis do que outros. Segundo: a sensação da dor varia muito de uma pessoa para outra. E terceiro: o estilo de trabalho do tatuador pode influenciar na dor.

O que isso significa, afinal de contas? Que dependendo do lugar onde você for tatuar, dependendo da sua resistência à dor e dependendo de quão “pesada” é a mão do profissional da tattoo, você pode sentir tanta dor quanto alguém que faz uma tattoo com máquina.

A principal diferença nestes casos é o tamanho do desenho. Como a handpoke tattoo possui uma aplicação mais demorada, pode ser que um desenho menor seja mais adequado, pois aí o tempo de exposição à agulha não será tão longo. O ideal são sessões de até duas horas. Só que a resistência à dor também varia de uma pessoa para outra.

Como a handpoke tattoo é feita?

Depende muito de cada profissional. Alguns chegam a montar seu próprio equipamento, outros optam pela simplicidade total. Independente da maneira como o tatuador handpoke trabalha, uma coisa deve ser idêntica em todos os profissionais: as medidas de higiene.

Sempre observe se o material usado é descartável ou se foi devidamente esterilizado. Todo tatuador ou tatuadora deve usar luvas de borracha e o estúdio deve ser limpo, ok?

Agora, que tal vez como a handpoke tattoo é feita? Dá o play!

10 tatuadores que fazem handpoke

1. Luana Guedes

A Luana é a tatuadora que aparece no vídeo acima. É possível tatuar com ela em São Paulo e Florianópolis. Os desenhos de Luana são muito fofos, possuem muitas referências na cultura japonesa, do universo dos animes. Uma pegada nerd fofinha, sabe? Os gatos são muito recorrentes em suas tattoos, pelo que podemos acompanhar pelo Insta.

Instagram: @lagoliv

2. Nega Hamburguer

A Evelyn Queiróz já apareceu aqui no blog, quando fizemos a lista de tatuadoras brasileiras que é preciso conhecer e seguir. O projeto Nega Hamburguer vai muito além da tattoo, começou no grafite e também há produções em forma de lambe-lambe, ilustrações e muito mais. Evelyn possui desenhos com um estilo próprio, muitas vezes retrata mulheres reais em seus trabalhos. É vegana e está constantemente viajando, conhecendo lugares e pessoas.

Instagram: @negahamburguer

3. Lara Maju

Lara tatua num estúdio chamado coco schwarz em Hamburgo, na Alemanha. Seus desenhos são muito delicados. Entre as fotos no seu Insta podemos observar que a principal fonte de inspiração são plantas. Ramos, flores e arabescos aparecem frequentemente em seus trabalhos. Além do sombreado sutil, um outro detalhe que aparece vez ou outra são uma espécie de reflexo em tinta branca, que duplica o desenho.

Instagram: @laramaju

4. Zzizziboy

Zzizziboy é um nome esquisito e provavelmente não é o nome do tatuador que possui esse perfil no Insta. Não conseguimos encontrar quase nada sobre ele na internet. Sabemos que é de Seul, capital da Coreia do Sul. Seus desenhos são muito característicos, quase como ícones. O contraste entre a tinta preta e as cores fortes lembram o estilo oitentista neon. Para marcar uma tattoo com esse cara é preciso mandar mensagem num bate-papo anônimo, pelo jeito é uma pessoa bem reservada… e muito talentosa também!

Instagram: @zzizziboy

5. Natalia Holub

Natalia Holub é polonesa e também tatua no estúdio coco schwarz. Formada em artes plásticas e design gráfico, a artista se expressa não apenas por meio da tatuagem. São desenhos, linogravuras, fotos e tattoos, sempre delicadas e sintonizadas com a simplicidade e fragilidade da natureza.

Instagram: @natalia_holub

6. Sharon

Sharon tatua no estúdio chamado DebrART Tattoo, localizado em Bari, cidade da Itália. Seus trabalhos são muito delicados e os traços muito finos. Com design limpo, as tattoos de Sharon se destacam pela precisão e firmeza dos traços, pois esse acabamento é muito difícil de obter por meio da handpoke.

Instagram: @sharry.ink

7. Lera

Lera tatua em São Petersburgo, na Rússia, no estúdio Lutik Handpoke. Seus trabalhos seguem as tendências internacionais: muita inspiração na natureza, ramos, flores e plantas. Também trabalha com tintas coloridas, o que é um diferencial, pois a maioria dos artistas faz apenas black work.

Instagram: @lerahandpoke

8. Sonjah

Sonjah trabalha na Alemanha. Suas tatuagens no estilo handpoke não são tradicionais apenas na técnica de aplicação. Os desenhos que produz possuem inspiração na geometria sagrada, símbolos mágicos e ritos espirituais. A experiência da tattoo com Sonjah é muito mais profunda, pelo jeito.

Instagram: @scassiopeias.handpoke

Gostou da pegada espiritual? Veja também:

9. Olivia

Olivia é de Berlim, mas também viaja constantemente. Seus trabalhos são pontuados por formas geométricas. Figuras femininas com uma aura sagrada e animais também aparecem bastante em seu portfólio. É um estilo muito interessante e que usa muitos símbolos místicos.

Instagram: @tattoolivia

10. Madame Unikat

Madame Unikat traz referências das artes plásticas para a tattoo. Segue também a tendência minimalista surreal, muito em alta hoje em dia. Algumas de suas tatuagens possuem uma pegada mais abstrata, com traços limpos e figuras compostas.

Instagram: @madame_unikat

Achou lindo? Pois é, tatuagem é arte na pele! Quer ver mais? Confira:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */