Chás Nutrição

L-Teanina: Saiba tudo sobre a substância

L-Teanina

A L-Teanina é um elemento derivado de folhas de chás nativos de leste asiático, geralmente da família Theaceae. Em especial, destaca-se o chá verde como fonte da substância. Estas plantas crescem em arbustos ou árvores capazes de crescerem muitos metros. Suas folhas são de um verde escuro, com bordas serrilhadas ou ovais.

A L-Teanina também pode ser obtida de alguns tipos específicos de cogumelos comestíveis. São cogumelos encontrados ao final do verão ou no início do outono em alguns países das Américas.

Qual o uso da L-Teanina?

Em todos os locais do mundo com acesso à L-Teanina, seu uso sempre foi frequente e variado. Depois da água pura, o chá é a bebida mais consumida do planeta. Quando foi descoberta como componente do chá verde, no Japão, em 1949, seu uso passou a ser aprovado em diversos alimentos.

Relaxar L-Teanina

Sua adição passou a ser comum em chocolates, refrigerantes e outros chás. Além de oferecer benefícios para o organismo, a L-Teanina adiciona um sabor interessante aos alimentos onde é adicionada.

Nas culturas orientais, o composto sempre foi utilizado para aliviar o estresse. Isso era feito através de sua capacidade de induzir ao relaxamento sem a sensação de tontura. Além disso, sempre foram creditadas propriedades imunológicas ao componente.

Embora ainda não haja estudos largamente respeitados a respeito da crença, acredita-se que a L-Teanina tenha efeitos positivos em relação ao sistema cardiovascular. Supostamente, seus efeitos são especialmente eficazes na prevenção de doenças.

Qual a dosagem recomendada?

A dosagem adequada para consumo da L-Teanina depende de uma série de fatores, como idade, saúde e estilo de vida. Na prática, há pouco certeza sobre quais doses passam a ser inapropriadas para o organismo.

Por isso, é sempre importante não adicionar grandes quantidades da substância em sua dieta de forma abrupta. Em caso de dúvidas, nutricionistas devem saber equilibrar a adição da substância na alimentação.

Sabe-se, no entanto, que uma overdose de L-Teanina é improvável, considerando sua natureza. Além disso, alguns estudos a respeito do tratamento de ansiedade com o produto indicam que as doses ideias variam entre 200 e 250 miligramas.

Usos clínicos

Por ser um elemento bastante associado ao chá verde, atribui-se diversas propriedades medicinais à L-Teanina. A principal delas diz respeito ao tratamento da ansiedade. Estudos recentes sugerem que o consumo do produto é capaz de tranquilizar as pessoas em situações de estresse.

Além disso, alguns estudos ainda incipientes atribuem a ação da substância à prevenção de problemas mentais e pressão sanguínea. Há, ainda, indicações de que a L-Teanina seja uma forte aliada do tratamento do câncer.

Efeitos colaterais e contra-indicações

Ainda não se sabe nenhum efeito prejudicial significativo da substância para o organismo. Por ser solúvel em água, seus excessos simplesmente são rejeitados para o organismo, evitando maios problemas.

Algumas correntes atribuem dor de cabeça e tontura para o consumo constante no composto, mas não há comprovações.

Recomenda-se, no entanto, que mulheres grávidas e lactantes não exagerem no consumo da substância. Embora não haja nenhum efeito colateral conhecido, não foram realizados testes com estes grupos de pessoas. Por isso, a melhor ideia é evitar qualquer possível surpresa, mesmo que seja improvável.

LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
close-link
/* ]]> */