Looks Moda

Looks sem salto que combinam com o seu estilo

Para compor seu visual, você não precisa mais abrir mão do conforto para ficar com a elegância dos calçados de salto, nem abrir mão da elegância para ficar com o conforto dos calçados sem salto. Fique com o melhor dos dois mundos. Veja aqui como há opções de looks sem salto para todos os estilos e ocasiões.

O salto na história

A história da humanidade tem registros muito antigos do uso de sapatos e sandálias de salto. Os mais antigos que se conhecem são do ano 1000 a.C., encontrados no Egito. Considera-se que tenham pertencido a alguma grande autoridade da época.

Na Grécia antiga também se usavam saltos. Ésquilo, um dos principais representantes da dramaturgia grega, distribuía a seus atores sandálias de diferentes alturas, de acordo com a posição social que seus personagens ocupavam na peça. No Japão, a altura dos saltos tinha esse mesmo significado.

A sexualidade foi outro significado já associado às sandálias de salto. Cortesãs japonesas, concubinas chinesas, odaliscas turcas e prostitutas romanas eram facilmente identificadas em suas respectivas épocas e sociedades pela altura dos saltos que calçavam.

Catarina de Médici é a primeira grande personagem conhecida da história a usar salto alto, no século XVI. Devido à baixa estatura, ela teria usado salto alto ao se casar com Henrique II. Acabou introduzindo o uso do salto alto na aristocracia europeia.

Naquela época, sapatos eram produzidos por simples artesãos. A indústria de calçados surgiu no século XVIII, nos Estados Unidos. Paris teve sua indústria calçadista instalada somente no século XIX, mas logo se impôs como a capital mundial da moda.

O século XX e seus modismos

Logo depois da Primeira Guerra Mundial, calçados com saltos altos entraram na moda. Havia uma grande variedade de cores. Com a Grande Depressão nos anos 30, os saltos passaram a ser mais baixos. O público feminino dessa época não se sentia atraído por saltos altos.

Com a chegada da Segunda Guerra Mundial e o racionamento generalizado de produtos e materiais, os saltos altos caíram no esquecimento. Mas logo o designer italiano Salvatore Ferragamo criaria um calçado com salto em cortiça que se tornaria muito popular depois da guerra.

Ferragamo era um nome importante da indústria calçadista havia já muito tempo. Exportava calçados femininos artesanais para os Estados Unidos, onde era considerado o estilista preferido das estrelas do cinema.

Nos anos 50, os calçados italianos eram os mais populares do mundo. O salto stiletto, criado em 1955, era sinônimo de “sex appeal”. Por outro lado, os médicos começavam, com muitos exageros, a apontar os sapatos de salto alto como terríveis inimigos à saúde da mulher.

Nos anos 60, os materiais sintéticos começaram a substituir o couro na fabricação dos sapatos. No início dos anos 70, a cultura pop trouxe à tona enormes plataformas em forma de botas de cano alto. E não eram só as mulheres que as usavam.

Nos anos 80, a ascensão de mulheres executivas colocou o salto stiletto em evidência, associado à ideia de eficiência e autoridade. Saltos altos eram símbolos de glamour e de feminilidade. Os anos 90, resgataram alguns antigos conceitos. Os estilistas de calçados femininos foram elevados à condição de estrelas do mundo fashion.

Looks sem salto: por um dia a dia mais dinâmico

Que mulheres amam sapatos e bolsas todos sabemos. Mas o que explica o vai-vem da moda em relação a sapatos com ou sem salto? Atualmente, são crescentes os lançamentos de modelos de calçados sem salto para o público feminino. Nesse caso talvez nem seja tanto por uma mudança de gosto mas sim por uma questão de ordem prática. A ascensão da mulher na sociedade tornou o seu dia a dia mais dinâmico, eclético e intenso.

Mesmo quem ama os saltos mais altos admite: calçados sem salto são muito confortáveis. E quem lida com moda não dorme no ponto. Se aumenta a procura por calçados de salto baixo, é óbvio que aumenta também a procura por peças que combinem melhor  com eles.

Apresentamos a seguir uma sequência de opções de looks sem salto. Temos certeza de que alguns deles representam o seu estilo. Confira.

Looks para sapatilhas

Para começar, existem muitos tipos de sapatilhas, o que só faz aumentar as possibilidades de montar diferentes looks.

Tem a sapatilha de bico fino, a de bico arredondado, a de lateral alta, a de lateral cavada, a de cores neutras, a de cores fortes, as estampadas e as de bico em outra cor. Podem ser de couro, couro sintético, plástico ou tecido.

Alguns looks sem salto usando sapatilhas:

  • com calças mais curtas ou com barras dobradas acima da altura do tornozelo, para realçar a sapatilha;
  • com Jaquetas e blazers, formando um conjunto mais formal;
  • com saias midi ou vestidos, um look mais romântico e delicado;
  • calça e sapatilhas da mesma cor, dando impressão de continuidade;
  • com meia-calça;
  • jeans básico com sapatilha glitter;
  • com legging de couro;
  • com uma calça skinny.

View this post on Instagram

Você usa sapatilha no ambiente de trabalho? . ? Bonitas e confortáveis, as sapatilhas são uma ótima alternativa para quem não pode usar salto ou para quem trabalha de pé o dia inteiro. . ?Como a sapatilha é um calçado informal, a dica para conseguir formalidade ao look é apostar na mistura com peças mais corporativas como blazers, camisas, calças de alfaiataria, vestidos de corte reto e terninhos, assim você equilibra o look e leva a sapatilha para o escritório sem errar. . ? Invista nos modelos de bico fino que alongam a silhueta e nos modelos de cores claras que facilitam na hora de montar o look. . ?Sapatilhas de material como o couro transmitem mais formalidade e credibilidade e as com detalhes em metal ajudam a trazer um visual sofisticado. . ?Sapatilhas são sinônimo de versatilidade e conforto. Escolhendo o modelo certo você vai do dia a dia ao tapete vermelho! . E vocês curtem usar sapatilha no trabalho?! Comente, vou adorar saber a sua opinião!?

A post shared by Wilsy Personal Branding (@wilsy_personalbranding) on

Looks para tênis

O look esportivo está mais que incorporado ao dia a dia. Tênis brancos tipo casual são os mais versáteis para compor esse estilo. Também vão bem o clássico All Star, os slip on, os tênis de oncinha e outras estampas coloridas, os tênis de bico metalizado e mesmo os tênis de academia.

View this post on Instagram

Tudo poderia ser mais simples, mas temos o hábito de complicar. Kkk Esse post é para provar que a simplicidade não é sinônimo de sair de qualquer jeito e qualquer roupa. Ser simples exige cuidado também, mas é uma forma de praticidade. Na hora de escolher um look minimalista e confortável, o cuido para escolher as peças precisa ser redobrado. As peças mais simples, precisam de modelagens, acabamentos e tecidos melhores, por isso que neste caso, você terá uma peça confortável mas não precisar abdicar do estilo . Esqueça aqueles moletons velhinhos. Bom dia e uma quarta para pensar em descomplicar. Por uma vida mais simples!? ?MAIS DICAS: gizsp.com.br #lookconfortavel #consultoriadeimagem #personalstylist #fashiontips #fashion #looktenis #fashiontips #moda #estilo #look #looks #lookcool

A post shared by Giz Sua Imagem. Seu Valor. (@giz_sp) on

View this post on Instagram

?DAD SNEACKERS ? – Os tênis mais comentados do momento! . . . Depois do tênis branco, do Vans e do tênis esportivo, surge uma tendência de tênis um tanto quanto divisora de opiniões fashion: os dad sneakers. São tênis esportivos elevados à uma potência bem retrô, inspirados nos tênis que o seu avô e pai usavam antigamente… Bem grosseiros, com solado assimétrico e bruto, não é a toa que eles também são chamados de ugly sneakers (tênis feios!) ou chunky. Começou bombando nas passarelas de grandes grifes como Balenciaga, Gucci e Louis Vuitton e nos pés das fashionistas Kendall Jenner e Bella Hadid. E agora, acreditem, já está nas vitrines brasileiras. . . . Como combinar os dad sneakers?! Eles estão sendo usados de todas as formas, tanto com peças de roupa esportivas, quanto em looks contrastantes mais femininos ou sociais. Mas, como o trio Jeans + T-shirt + Tênis não falha, então fica a dica de uso para não errar! . . . E aí, você tem namorado a tendência ou torce o nariz absolutamente?! Já adquiriu?! O assunto foi um dos mais comentados na nossa Live de sábado, @anapaulapena Ficou de investir e mandar muitos looks pra gente, né amiga?! ??‍♀️❤️ Me conta e mande seu look #queroverseulook . . . . #consultoriadeimagem #consultoriadeimagemeestilo #imageconsultant #personalstylist #styling #stylefashion #moda #tendência #tendência2018 #trendalert #brasil #modabrasil #fashionista #primaveraverão #moda2019 #verão2019 #curadoriadeimagens #produçãodemoda #streetstyle #dadsneakers #dadsn #uglyshoes #ugly #tênis #looktênis #tenisfeminino #balenciaga #kardashians #sneakers

A post shared by Polliana Avelar (@pollianaavelar) on

Looks para sandálias

Tem look para todo tipo de sandália:

  • Gladiadoras;
  • Slides;
  • Rasteirinhas;
  • Birken;
  • Havaianas.

Looks para outros modelos

Muitos outros modelos de calçados sem salto podem compor looks incríveis, como:

  • mocassins;
  • modelos com acabamento metálico;
  • coturnos;
  • Botas acima ou abaixo do joelho, mas sem salto;
  • Botinhas;
  • Sapatilhas de amarrar;
  • Alpargatas;
  • Sapatinhos oxford;
  • Loafers;
  • Sapatos com recortes;
  • Sapatos com pedrarias.

View this post on Instagram

#casualfriday 2

A post shared by Saint Sofi (@saintsofi.fashion) on

Nada como ter os pés no chão

Bendita hora em que a indústria descobriu o apreço que as mulheres também têm pelos calçados sem salto. Bendita hora em que há toda liberdade para compor looks sem salto.

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.