Beleza Cabelos

Luzes inversas: como escurecer o cabelo aos poucos + fotos para se inspirar!

Os cabelos com nuances iluminadas são presença marcante em todas as temporadas! No entanto, nos últimos tempos, a era do loiro absoluto vem dando espaço para uma nova tendência que visa escurecer os fios em vez de deixá-los como se tivessem sido beijados pelo sol: as luzes inversas, ou luzes invertidas, como também são conhecidas no universo beauté.

Enquanto as tradicionais luzes loiras são mais claras do que a base das madeixas, ou seja, do que a raiz e fundo dos fios, as luzes inversas ou invertidas consistem exatamente no contrário: as nuances são mais escuras do que a cor base dos cabelos, seja ela natural ou colorida. A novidade é a aposta certa para aquelas mulheres com cabelos loiros que desejam escurecer os fios, mas sem arriscar a transformação de uma só vez!

Ou, ainda, para aquelas vaidosas que erraram no tom da coloração loiríssima e querem amenizar a cor de forma gradual. Ah! E se você já é dona de madeixas grisalhas ou brancas, também pode recorrer a essa técnica para deixar o visual ainda mais moderno e estiloso.

E tem mais! Se você achava que a trend só poderia dar um glow a mais no visual e deixar o rosto mais delicado e elegante, acredite se quiser: as luzes inversas ou invertidas também podem te ajudar a economizar um money no fim do mês e a cuidar mais do seu cabelo! Isso porque elas não exigem muita manutenção, o que reduz os gastos e idas ao salão e, consequentemente, também diminui as agressões químicas aos fios. Maravilha, né?

Quer saber mais sobre como fazer luzes inversas (invertidas) e conferir lindas fotos para se inspirar? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse post e confira!

O que são as luzes inversas (invertidas)?

As luzes inversas – ou luzes invertidas – nada mais são que uma técnica que visa escurecer o cabelo gradualmente, ao contrário das luzes loiras e clássicas. Para você entender melhor, as mechas feitas nas madeixas são mais escuras que a cor atual dos fios, independente se esta é ou não a natural.

Essa técnica é uma das mais recomendadas para quem tem fios claros e pretende ficar morena aos poucos, para não causar aquele “choque” indesejado na frente do espelho. Ela também é a mais indicada, como falamos anteriormente, para aquelas mulheres que erraram na tonalidade do cabelo com cores claríssimas e, portanto, querem voltar ao tom de antes, mas de maneira gradual.

E, assim como qualquer outra coloração, as luzes inversas ou invertidas também servem para aquelas mulheres que fazem parte do time das grisalhas assumidas e experientes, que já sabem o que são por dentro e não têm medo de ousar quando o assunto é brincar com que o possuem por fora, já que podem deixar o visual ainda mais moderno e cheio de atitude.

Quem pode aderir?

Apesar de muita gente achar que as luzes inversas ou invertidas só podem ser feitas em cabelos claros, como os loiros, a técnica, na verdade, pode ser aplicada em todos os tipos capilares, já que o único requisito para apostar na tendência é usar nuances mais escuras que a base do cabelo, em até dois tons mais baixos.

Isso porque o objetivo é o de que a cor das luzes tenha um tom parecido ou totalmente semelhante à cor natural dos fios, já que o mais importante é conseguir um visual harmônico, com madeixas que não contrastem tanto com a tonalidade da pele.

Já em relação à quantidade de luzes que devem ser feitas no cabelo, o mais interessante, segundo os coloristas, é que as nuances que serão mantidas mais claras sejam como um ponto de luz para iluminar a aparência na frente do espelho. Então, anote aí: o ideal é que as luzes próximas ao rosto ganhem um pouco menos de nuances escuras do que o restante dos fios.

Qual é a diferença entre mechas invertidas e luzes inversas?

Na realidade, não existe tanta diferença entre as duas técnicas, a não ser em relação à espessura de uma e outra nos fios. Como assim? Calma, é simples! As luzes nada mais são que mechas, só que mais finas que as tradicionais.

De acordo com especialistas no assunto, as luzes tendem a ser mais finas do que as mechas para darem um efeito mais natural ao visual após a transformação, enquanto as mechas mais grossas marcam mais o cabelo, deixando o visual um pouco menos próximo da naturalidade.

Portanto, se você optar por fazer luzes inversas ou mechas invertidas, a única coisa com o que tem que se preocupar em pensar antes de aderir à técnica é no resultado final que pretender obter na mudança de visual: com nuances mais finas (mais naturais) ou mais grossas (mais evidentes).

Como escolher o tom ideal?

Segundo os coloristas, não existem regra para acertar na escolha da nuance perfeita para as suas luzes inversas ou invertidas. O único propósito aqui deve ser o de oferecer mais naturalidade ao visual. Para isso, o ideal é consultar a tabela de colorimetria capilar.

Mas, para não errar, vale ficar ligada nas dicas a seguir:

  • Mulheres com cabelos loiros e pele clara podem apostar em tons mais fechados de loiro ou castanho claro, como é o caso das cores mel, café ou caramelo.
  • Morenas com a pele mais escura podem apostar em tonalidades de castanho e vermelho para aderir à técnica, como é o caso das cores de tinturas acaju ou canela. Já as morenas de pele clara podem apostar em tons acobreados ou dourados, em vez desses escuros, para dar mais harmonia ao visual.
  • Mulheres com o cabelo preto ou escuro podem escolher também tons mais escuros, desde que sejam de cores diferentes da cor atual dos fios.
  • Por último, as ruivas investir também em tonalidades de vermelho para fazer luzes inversas ou invertidas. No entanto, se os fios estiverem mais escuros, o ideal é experimentar tons de marrom dourado ou de castanho.

Como fazer luzes inversas (invertidas)? Confira passo a passo

Já sobre as técnicas que você pode apostar para fazer as luzes inversas ou invertidas, há várias possibilidades para aplicá-las sobre os fios, o que quer dizer que a escolha vai depender exclusivamente do seu estilo e personalidade. Dentre as inúmeras opções, as luzes podem ser feitas costuradas ou com transparências, indo da raiz até às pontas, e com técnicas mais conhecidas, como o ombré hair e as californianas, por exemplo.

Se a ideia é obter um resultado mais natural, uma dica essencial é investir na raiz esfumada. Sabendo disso, agora, o próximo passo é escolher o modo como você quer fazer as luzes inversas ou invertidas: com papel alumínio ou touca. Neste primeiro modo, as luzes costumam ficar irregulares e mais naturais, enquanto com a touca, as nuances ficam mais marcadas e bem finas.

Mulheres com cabelos curtos podem conseguir o efeito desejado com a touca, já que ela torna o procedimento bem mais prático, enquanto as mulheres de madeixas médicas ou longas, além daquelas com fios quebradiços e sensíveis, podem apostar na tendência usando o papel alumínio.

Para as vaidosas de cabelos tingidos, a dica é utilizar a touca para fazer as luzes inversas ou invertidas, já que no momento de aplicar a nova tintura, você pode correr o risco de manchar o restante dos fios já coloridos se usar o papel alumínio.

Dicas anotadas, lindonas? Então, vamos colocar a mão na massa! Aprenda a seguir, de duas maneiras diferentes, como fazer luzes inversas ou invertidas passo a passo:

Luzes inversas (invertidas) com papel alumínio

Você vai precisar de:

  • Papel alumínio cortado em quadrados;
  • Tintura no tom de sua escolha;
  • Pincel de tintura.

Como fazer:

  1. Estique e penteie os seus cabelos ainda secos;
  2. Agora, divida-os em mechas para fazer a aplicação;
  3. Começando pelas mechas da parte de trás da cabeça, próximas à nuca, apoie um dos pedaços de papel alumínio que você cortou, colocando-o atrás do cabelo, com as partes superiores de ambos juntas;
  4. Agora, pegue o pincel e comece a aplicar a tintura, seguindo na direção da raiz às pontas dos fios;
  5. Em seguida, dobre o pedaço do papel alumínio pela metade, junto com a mecha, de maneira que nenhuma parte desta fique exposta;
  6. Pronto! Aguarde o produto agir pelo tempo estimado na embalagem e faça a lavagem normal em seguida, finalizando com uma hidratação para recuperar a saúde dos fios após o procedimento.

Luzes inversas (invertidas) com touca

Você vai precisar de:

  • Touca para luzes;
  • Luvas descartáveis;
  • Tintura no tom de sua escolha;
  • Agulha de crochê (para puxar os fios);
  • Pincel.

Como fazer:

  1. Estique e penteie para trás os seus cabelos ainda secos e desembaraçados, para que a touca possa cobrir com eficiência todos os fios;
  2. Agora, esquente a touca com a ajuda de um secador para potencializar a sua aderência. Coloque-a na cabeça em seguida;
  3. Pegue a agulha de crochê e puxe para fora de cada furinho as mechas de cabelo que você pretende tingir;
  4. Feito isso, com a ajuda do pincel, aplique a tintura e deixe-a agir nos fios pelo tempo sugerido na embalagem.
  5. Pronto! Enxágue para remover a tintura e faça a lavagem normal e finalize com uma hidratação para recuperar a saúde do cabelo após o procedimento.

Como cuidar do cabelo após as luzes inversas (invertidas)?

A boa notícia é que, por serem feitas sem a necessidade de descoloração, as luzes inversas ou invertidas não exigem cuidados muito difíceis quanto às tradicionais. No entanto, por ainda se tratar de um procedimento químico, você precisará sim cuidar bem do cabelo após a transformação.

Um dos cuidados essenciais para manter a cor viva e a saúde dos fios é a hidratação semanal, de preferência, com máscaras específicas para cabelos tingidos. Além da máscara, vale a pena apostar em produtos capilares especiais para o seu novo cabelo colorido, como shampoos, condicionadores, ampolas, leave-ins, cremes para pentear, entre outros.

A manutenção pode ser feita com coloração ou tonalizante, a cada dois meses. Além disso, como a cor tende a desbotar com a ação de agentes externos no decorrer da rotina, outra dica é apostar em rituais de tratamentos profundos, como reconstruções capilares, para recuperar a saúde da fibra capilar e tornar as madeixas mais fortes.

Veja lindas fotos para se inspirar!

E aí? Gostou de saber mais sobre as luzes inversas ou invertidas? Você tem vontade de apostar na trend? Então, compartilhe!

Até a próxima!

/* ]]> */