Infográficos Saúde

Malefícios do cigarro: conheça os riscos para a saúde

Malefícios do cigarro

A fumaça de cigarro e o fumo passivo, não surpreendentemente, têm efeitos negativos sobre a saúde. O Instituto Nacional do Câncer informou recentemente que cerca de 438.000 mortes são atribuídas ao tabagismo por anos; e que 38.000 mortes adicionais são causadas pelo fumo passivo.

De acordo com cientistas, a fumaça do cigarro tem o potencial de prejudicar quase todos os órgãos do corpo, e o câncer de pulmão está ligado ao tabagismo em surpreendentes 87% dos casos que poderiam ser evitados caso a pessoa parasse de fumar. O Instituto Nacional do Câncer ainda relata que o tabagismo está ligado a vários outros tipos de câncer, incluindo o de colo do útero, bexiga, rim, pâncreas, boca e garganta.

Malefícios do cigarro: infográfico com os males do cigarro

Infográfico Malefícios do cigarro

O tabagismo também causa graves danos ao coração e ao sistema cardiovascular, onde os fumantes estão duas a três vezes mais propensos a morrer de doença cardíaca coronária em comparação com não fumantes. Fumar e o fumo passivo coloca o nascimento de crianças saudáveis ​​em risco causando infertilidade, parto prematuro, parto fetal, baixo peso ao nascer e síndrome de morte súbita infantil. Fumar também traz malefícios a aparência, como dentes e pele amarelada.

Os malefícios são muitos, e é mais do que provado que o cigarro é uma das drogas mais prejudiciais a nossa saúde, e mesmo assim, ele pode ser utilizado normalmente em nosso dia a dia. Se você está tentando parar de fumar e quer entender mais sobre os malefícios, ou se você está começando a fumar agora e quer entender melhor os riscos que está correndo, abaixo você confere os principais malefícios do cigarro, e esperamos que após essa leitura você decida parar, ou nunca começar.

Malefícios para a saúde do coração e vasos sanguíneos

O cigarro altera a estrutura dos vasos sanguíneos, e isso pode levar ao acúmulo de uma placa que endurece e estreita os vasos, causando uma doença chamada aterosclerose. A aterosclerose é uma causa comum de ataques cardíacos e doença arterial periférica.

Fumar aumenta também sua probabilidade de desenvolver pressão alta. O monóxido de carbono inalado da fumaça do cigarro interfere na forma como o oxigênio é transportado pelo seu sangue para os órgãos, incluindo o coração, que o liga a doença cardíaca. Fumar também aumenta a incidência de coágulos sanguíneos, o que pode levar a acidentes vasculares cerebrais.



Malefícios na função pulmonar

O pulmão é o alvo principal da fumaça inalada pelos cigarros porque tem contato direto com produtos químicos. Fumar é a causa mais comum de doença pulmonar obstrutiva crônica, que afeta a função dos pulmões e como eles fornecem oxigênio no corpo. Essa doença pulmonar inclui a bronquite crônica e o enfisema pulmonar, além de envolver uma mudança na estrutura do tecido pulmonar e das vias aéreas. Se você tem asma, fumar pode aumentar a frequência e gravidade dos ataques, uma vez que fumar diminui a função pulmonar, então você pode ficar com falta de ar, mesmo com pouco ou nenhum esforço.

Malefícios sobre a fertilidade e durante a gravidez

Fumar contribui para a infertilidade e diminui a chance de concepção seja você um homem ou uma mulher. Os homens que fumam têm sua contagem total de espermatozoides diminuída, além de uma diminuição na capacidade de fertilização de um óvulo com o seu esperma.

Para as mulheres, o cigarro diminui a capacidade de um ovário de criar óvulos capazes de uma fertilização saudável. Se você está grávida e é fumante, você aumenta o risco de ter um bebê com baixo peso ou prematuro.  Estima-se que 20 a 30 por cento dos bebês de baixo peso e 14% dos partos prematuros são atribuídos ao cigarro na gravidez. Há ainda uma chance maior de que seu bebê tenha asma caso você fume durante a gravidez.

Câncer

Estima-se que 1 de cada 3 óbitos por câncer são atribuídos ao cigarro. Estudos recentes apontam que o tabagismo causa 87% das mortes por câncer de pulmão e também é responsável pelo câncer em muitas outras partes do corpo. Se você fuma, corre um risco maior de câncer de esófago, garganta, boca e estômago, entre outros.

Além do ingrediente aditivo da nicotina, os cigarros contêm cerca de 600 ingredientes que quando são queimados, viram cerca de 4.000 produtos químicos, dos quais aproximadamente 50 são cancerígenos.

Malefícios para sua família

Fumar é a principal causa de morte evitável. Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças relatam que cerca de 443.000 pessoas morrem todos os anos por doenças relacionadas ao cigarro, inclusive as indiretamente afetadas.

O fumo passivo é uma mistura da fumaça do fim de um cigarro, e mesmo níveis baixos de fumo passivo são prejudiciais. O fumo passivo contribui para a incidência de infecções no ouvido e ataques de asma em crianças, aumenta o risco de síndrome de morte súbita infantil e pode causar doenças relacionadas ao cigarro em pessoas que nunca fumaram.

Dessa maneira, quando você fuma você está colocando em risco toda a sua família, que está sendo diretamente afetada pelo seu vício e que agora terão uma chance muito maior de sofrer com os diversos malefícios do cigarro. Manter sua família bem e saudável, pode ser um bom objetivo para quem quer dar o primeiro passo para parar de fumar.

Efeitos sociais negativos

Fumar também pode ter efeitos sociais negativos. Os não fumantes geralmente tentam evitar a inalação do fumo passivo, e por isso, fumar pode servir como uma barreira social. Fumar também é proibido em ambientes fechados e em muitos lugares, fazendo com que o fumante fique isolado por um bom período de tempo, afastando-se de seus amigos e outras companhias e perdendo momentos importantes de sua vida social.

Efeitos financeiros negativos

Mais um maleficio do cigarro, o lado financeiro é um efeito que ataca tanto o fumante quanto sua família. O alto preço dos cigarros nos dias de hoje traz um dano significativo nas finanças da família, e além disso, os fumantes tendem a ter mais problemas de saúde, que custam caro na hora de fazer muitos tratamentos.

O tabagismo também custa dinheiro público em geral, incluindo dinheiro em perda de produtividade (devido a doença e morte) e dinheiro usado para cuidados de saúde que o fumante não consegue pagar por si mesmo, onde o tratamento é feito em hospitais públicos.

Dito isto, os malefícios do cigarro estão relacionados a praticamente todas as áreas de nossas vidas e por isso é tão importante que o governo invista em campanhas para parar de fumar e que as pessoas tenham uma consciência maior de que esse vício tem um custo muito grande a sua vida. Pare de fumar hoje mesmo e viva uma vida mais saudável, evitando todos esses malefícios.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Pedro Henrique Ferreira Mendes

/* ]]> */