Maternidade

Mamadeira anti-cólica funciona? Tire suas dúvidas e veja dicas

A mamadeira anti-cólica promete ser a solução milagrosa contra os incômodos do bebê. Mas será que funciona mesmo?

Antes de contar mais sobre o que descobri sobre este modelo moderno de mamadeira, você precisa saber que qualquer tipo de mamadeira pode causar desmame. O bico artificial pode fazer com que seu pequeno desacostume com o peito e o largue rapidamente. Saiba mais aqui.

Agora que você já está devidamente informada sobre esse detalhe importante, vamos ao que interessa: Mamadeira anti-cólica funciona mesmo? Como ela evita a cólica? Existem outras formas de evitar a cólica?

Mas o que causa a cólica?

Os estudos científicos ainda não chegaram a apontar uma única causa para as cólicas dos bebês recém-nascidos. Existem uma série de fatores que podem contribuir, confira alguns deles:

falta de maturidade no sistema digestório, que ainda está em formação mesmo depois que o bebê nasce, principalmente em prematuros, pode causar um estranhamento e um desconforto para o bebê. Isso acontece porque, quando ele ainda estava dentro da barriga, recebia os nutrientes por meio do cordão umbilical, que iam direto para sua corrente sanguínea. Depois que nasce, o pequeno começa a sentir o intestino trabalhar. Leva um tempo para se acostumar.

Além dos órgãos do bebê não estarem completamente formados, a flora intestinal em formação também pode fazer com que a digestão fique mais lenta. O bebê pode ter mais gases e também, no caso de bebês que consomem fórmula artificial, é comum ocorrer prisão de ventre. As fórmulas artificiais podem causar dificuldade para que o bebê faça digestão, pois nelas falta muitos dos “microorganismos do bem” que o leite natural produz e que ajudam a compor a flora intestinal do bebê.

Outra causa para a cólica é que o bebê está engolindo ar. Esse problema pode ser causado por pega incorreta na hora de mamar no seio, mamadeira que não é anti-cólica e também mamar com o nariz entupido, tanto na mamadeira quanto no seio.



Você provavelmente deve ter ouvido falar que alimentação da mãe também pode causar desconfortos no bebê. Não há comprovação científica de que isso realmente ocorre, no entanto, você pode usar isso ao seu favor e beber bastante chá de erva-doce, pois ele ajuda a liberar os gases.

Agora que já sabemos quais são as principais causas da cólica do bebê, vamos ver como a mamadeira anti-cólica funciona.

Como a mamadeira anti-cólica promete aliviar as dores do bebê?

As mamadeiras anti-cólica funcionam com o princípio de diminuição do ar engolido pelo bebê. São várias marcas diferentes e cada uma possui um tipo de válvula na mamadeira, que promete eliminar o ar consumido pelo bebê junto com o leite.

Como vimos anteriormente, existem várias causas possíveis para a cólica acontecer no bebê. O ar engolido é apenas um dos fatores que podem causar as cólicas.

Por isso, a mamadeira pode diminuir as cólicas sim, principalmente se a causa delas forem o ar engolido, mas ela não resolve o problema se a cólica do seu bebê for causada pela flora intestinal e imaturidade do sistema digestório, por exemplo.

Outras formas de lidar com as cólicas do bebê:

Se você não pretende amamentar seu bebê no seio ou ele já desmamou, você pode comprar a mamadeira anti-cólica sim, pois ela eliminará uma das causas da cólica do seu bebê. No entanto, existem outras causas para as cólicas e você pode lidar com elas de outras formas:

1. Colikids:

Se você dá leite artificial para seu bebê, existe um medicamento probiótico chamado Colikids que ajuda a construir a flora intestinal do bebê e digerir o leite artificial com mais facilidade, evitando os desconfortos e a prisão de ventre.

Saiba mais:

2. Happi Tummi:

Uma das formas mais eficazes de lidar com a cólica é aquecer a barriga do bebê. O Happi Tummi é uma bolsa térmica feita de grãos e ervas. Após ser aquecida durante alguns segundos no microondas, ela pode ser colocada junto ao bebê. As ervas soltam uma leve fragrância que também ajudam a acalmar o bebê.

Você pode comprar a Happi Tummi ou fazer uma bolsa térmica caseira:

3. Música:

Quando as cólicas ou desconfortos deixam o bebê irritado e chorando, uma boa estratégia e tentar distraí-lo da dor. A música, além de ser um ótimo estímulo para o desenvolvimento do bebê, também ajuda muito a  acalmá-lo.

E o melhor de tudo: você não precisa ouvir Galinha Pintadinha. Escolha uma música que você goste e que seja mais calma. Assim, você vai poder cantar junto, enquanto embala sua cria.

Quer ver mais dicas de como acalmar seu bebê? Veja:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Mariana Mendes

/* ]]> */