Maternidade

Mamilos rachados: 4 coisas que podem causar e como tratar

Ser mãe é o sonho de muitas mulheres, porém, a maternidade não é um conto de fadas como muitas acreditam. Isso significa que existe também o lado ruim, como por exemplo, ficar com os mamilos rachados durante a amamentação. Trata-se de algo extremamente doloroso e traumático.

A rachadura dos seios acontece normalmente quando o bebê ainda não aprendeu a mamar da maneira correta. Isso causa um grande problema para a mãe, que em muitos casos deixa de amamentar devido à dor. Mas esse não é o único sinal que pode causar o problema. A seguir você confere um pouco mais sobre como ocorrem as rachaduras nos mamilos e como cuidar.

Pega errada do bebê

Um dos principais motivos para uma mulher ter seus mamilos rachados é a pega errada do bebê no momento da amamentação. Para que a pega seja correta, o seio deve entrar fundo na boca da criança, de forma que ela abocanhe o bico e aureola ao mesmo tempo.

Isso significa posicionar bem até que o mamilo encoste no palato mole, com o bebê colocando a própria língua no céu da boca para ir realizando a sucção.

Quando o bebê resolve colocar o mamilo da mãe em outra parte da boca ela passa a sentir dor e é possível que surjam feridas. Isso porque o bebê não estará mamando, mas sim mastigando o bico.

Se por algum motivo seu bebê apresentar infecção por cândida, popularmente conhecida como sapinho, também é possível que sinta dores agudas ou fisgadas no seio. Isso pode ocorrer tanto durante quanto após a amamentação.



Uso de produtos

A resposta simples e direta à pergunta do título é sim. Quando a pele dos seios está ressecada é possível que surjam fissuras e isso deixe os mamilos rachados. Esse tipo de problema é conhecido como eczema, sendo um tipo de dermatite.

De modo geral, existem alguns motivos que podem ressecar os mamilos. Entre os mais comuns estão o clima, restos de sabão nas roupas, sabonete, loção aplicada nas mamas, talco, perfume, desodorante e produtos de cabelo, dentre outros.

Caso os seios estejam rachados, uma ótima forma de tratar é usando pomadas específicas para amamentação, mesmo que não esteja amamentando. Já para quem amamenta a dica é tratar com o próprio leite materno pois ele possui ação cicatrizante e hidratante. Passar um pouco do próprio leite, antes e após a amamentação ajuda a amenizar o problema.

Uso incorreto de bomba de sucção

Quando a mulher acaba usando de forma errada a bombinha de sucção a fim de extrair o leite para armazenamento, também é possível que ocorra rachaduras nos seios e até sangramento.

Alguns equipamentos de sucção também podem realizar o procedimento de forma brusca, causando feridas no tecido mamário. Em alguns casos extremos, algumas mulheres chegam a ter hemorragia por causa da sucção excessiva da bombinha.

Finalização errada na amamentação

Muitas mães ao perceberem que o bebê terminou de mamar, acabam puxando o peito da boca da criança. Isso também pode causar fissura, o correto é abrir a boca do bebê usando os dedos e só então retirar o peito da boca do bebê, dessa forma evita-se a lesão.

Como cuidar das rachaduras nos mamilos

Se perceber que seus mamilos estão rachando ou sangrando, assim que possível procure um médico. Se estiver amamentando é importante que o bebê vá junto à consulta para que o médico veja se a pega está correta.

Para que amamentação seja feita de forma correta e não seja dolorosa, o bebê deve ser posicionado de frente para o seio, deixando o rosto voltado para o corpo da mãe.

Cuidados com os mamilos rachados

  • Se seus mamilos estiverem rachados, evite usar sobre eles itens como álcool, sabonete, perfume ou pomada. Também realize a limpeza da região apenas com água.
  • Outra dica é realizar banho de sol nos seios. O indicado é deixar os seios expostos ao sol por quinze minutos, o horário indicado é antes das dez da manhã.
  • Para aliviar os sintomas procure passar um pouco do próprio leite materno antes e após a amamentação. Isso além de ajudar a melhorar as rachaduras ainda vai prevenir contra infecções.
  • Caso a dor seja muito forte, peça ao seu médico para receitar algum analgésico, o indicado é tomar cerca de meia hora antes de cada mamada.
  • Uma dica muito usada pelas mãe atuais é usar concha de silicone nos seios. Elas ajudam evitar que haja atrito entre os seios e o tecido da blusa, sutiã ou absorvente de seios. Jamais ofereça o leite que fica armazenado nas conchas para o bebê.
  • Se os mamilos rachados ou machucados não apresentarem nenhuma melhora, procure o médico novamente para que ele possa indicar um novo tratamento.

Posso amamentar com seios machucados?

Mesmo com os mamilos rachados é possível manter a amamentação, pois os bebês não percebem a dor das mães. Além disso, ainda que os seios estejam com pequenos sangramentos a mãe pode amamentar, isso não vai causar nenhum mal à criança.

Apesar disso, é importante procurar ajuda médica para realizar o tratamento e cicatrizar os seios o mais rápido possível. Dessa forma a amamentação passa a ser prazerosa tanto para a mãe quanto para o bebê.

Algumas mães ficam apavoradas quando percebem o sangue durante a amamentação. A preocupação é a de que os bebês tenham sofrido algum ferimento. Mas se o seio está machucado e o bebê está mamando é possível que o sangue seja da mãe e não do bebê, ou seja, eles estão apenas regurgitando ou vomitando.

Todavia, é preciso atenção, pois se isso ocorrer com muita frequência será preciso avisar o médico.

Vale destacar aqui que, ensinando o bebê a fazer a pegada correta, a mãe não só evitará os mamilos rachados como também ajudará no ganho de peso da criança.

Isso porque assim ele poderá mamar por mais tempo sem que isso cause desconforto na mãe. Assim pode consumir não só o leite inicial, mas também o posterior que é rico em calorias e nutrientes.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */