Curiosidades

Manchas vermelhas na mão: o que podem ser? É grave? Como cuidar?

As causas do surgimento das manchas vermelhas na mão são diversas, mas nem sempre significam algo muito grave. Esse incômodo não é um acontecimento raro e atinge uma grande quantidade de pessoas. O tratamento costuma ser feito de maneira bem simples. Vamos entender como funcionam essas manchas e quais doenças estão relacionadas a ela? Então fique atento a todas essas informações contidas nesse artigo.

Ninguém quer ficar doente não é mesmo? Por isso, qualquer manchinha que aparece, principalmente se ela vier acompanhada de coceira, já desperta um medo.

Muitas vezes essas manchas vermelhas na mão que aparecem não são consideradas tão graves assim como as pessoas pensam. Na maior parte das vezes o tratamento é feito com medidas simples de serem tomadas.

É muito importante que seja feita uma consulta com um médico especialista para que ele possa diagnosticar as manchas vermelhas na mão de maneira correta. Se automedicar com aquele creme indicado pela amiga ou pela vovó na maioria das vezes é extremamente prejudicial.

O que podem ser essas manchas vermelhas na mão?

As manchas vermelhas na mão podem ser causadas por diversos fatores. Geralmente eles estão ligados a uma predisposição genética ou a exposição da pele a algum produto químico seja ele de limpeza ou não altamente irritante.

Exposição frequente da pele a temperaturas muito frias ou quentes também fazem com que as mãos fiquem irritadas e com manchas.

Os produtos como detergente, sabão, tinta, cloro e solventes são extremamente prejudiciais para a pele, pois eles removem a proteção que a pele tem naturalmente. Essa proteção é feita pelos lipídios, quando essa camada é removida, a pele se torna seca e sem proteção, ambiente propício para a proliferação desenfreada de bactérias e organismos nocivos.

Profissionais que precisam estar em contato frequente com produtos químicos costumam apresentar esse tipo de alergia nas mãos.

Confira os profissionais que costumam apresentar processos alérgicos nas mãos.

  • Pintores;
  • Grafiteiros;
  • Cabeleireiros;
  • Profissionais de limpeza;
  • Açougueiros;
  • Profissionais da área da saúde;

É importante deixar claro que não são apenas esses profissionais que podem apresentar manchas vermelhas na mão. Você também pode desenvolver esse tipo de alergia se entrar em contato com algum produto que a sua pele não esteja acostumada.

3 doenças relacionadas com as manchas vermelhas na mão?

Existem algumas doenças que podem estar ligadas diretamente com as manchas vermelhas na mão, principalmente se elas coçarem.

Abaixo você confere 3 doenças que causam essas manchas e como elas agem. Veja:

Eczema

A doença eczema é chamada também de dermatite. Esta inflamação da pele causa principalmente as famosas manchas vermelhas e muita coceira. É muito parecida com as reações alérgicas causadas por algum agente.

Situações de estresse, exposição a baixas e altas temperaturas podem contribuir para a piora dos sintomas.

Urticária

Esta doença tem como principal sintoma, as manchas vermelhas que geralmente coçam muito, mas desaparecem logo.

Produtos químicos, picadas de inseto, estresse, pólen das flores, ingestão de alimentos e até remédios podem causar essas doença.

Esse tipo de doença permanece pelo resto da vida da pessoa.

Lúpus

Essa doença é considerada autoimune pela medicina e bem grave e que infelizmente ainda não possui um remédio específico para a sua cura.

Geralmente as pessoas que possuem essa doença apresentam manchas vermelhas em todas as partes do corpo inclusive nas mãos.

Essas manchas vermelhas na mão costumam coçar bastante, mas não são doloridas e com o tempo podem sofrer algumas alterações em seu aspecto físico. A exposição aos raios solares podem fazer com que essas manchas piorem, principalmente em regiões como as orelhas, o rosto e o nariz.

Melhores maneiras de cuidar dessas manchas vermelhas na mão?

Passar aquele creme que alguma amiga indicou ou que alguém da família usou e gostou não é a melhor escolha a se fazer. O médico especialista é o profissional indicado para receitar remédios e melhores tratamentos.

A seguir vamos te dar algumas dicas que podem te ajudar a não ficar com manchas vermelhas na mão. Confira:

1 – Utilize sempre luvas de borracha

Se você tem uma pele mais sensível, a nossa dica é que você utilize luvas de borracha quando for mexer em produtos de limpeza. A luva ajuda a proteger a pele, evitando que esse produto entre em contato com ela.

2 – Evite lavar as mãos com tanta frequência

Se for inevitável, opte por utilizar um creme hidratante após o processo para que a pele fique com uma camada de proteção.

3 – Utilize cremes próprios para a hidratação

Alguns creme são próprios para promover a hidratação da pele. Principalmente aqueles que contenham óleos com essências calmantes e ureia. Esse procedimento faz com que diminua a irritação da pele.

4 – Passar o creme ou a pomada indicados pelo médico

Muitas vezes, o médico pode indicar algum creme ou pomada que contenham corticoides e sejam eficazes no combate a inflamação causada pela alergia. É importantíssimo que o paciente faça exatamente o que foi recomendado pelo médico se quiser ter sucesso no tratamento.

Muitas pessoas deixam de passar o creme e a pomada assim que começam a melhorar. Esse é um dos maiores erros, pois o medicamento tem o tempo certo para estar na pele.

Existem algumas complicações quando o tratamento não é feito de maneira correta. É muito comum, alguns pacientes apresentarem crostas de ferida com dores intensas, porque não a trataram de maneira correta. Essas feridas são causadas pela infecção bacteriana por estafilococos ou estreptococos.

Como saber qual é o tipo da minha alergia?

Se você tem alergia nas mãos, mas não sabe de fato o que causa a irritação na sua pele, peça para o seu médico fazer o teste de alergia.

Esse teste é muito simples e é importante que a pele esteja completamente curada. O médico coloca diretamente na pele do paciente algumas substâncias que podem ser as causadoras das alergias.

Essas substâncias são aplicadas em contensores, ou seja, fitas adesivas com pequenos orifícios que podem ser de plástico ou alumínio.

Esses contensores são removidos da pele após 48 horas, tempo suficiente para se ter um diagnóstico mais preciso.

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.