Sexo

Massagem vaginal: saiba sobre a prática que estimula o prazer feminino

Você sabe o que é massagem vaginal? Já fez? Não sabe como fazer? Não sabe nem o que é isso?

Não se preocupe, vamos explicar tudo direitinho para você.

Primeiramente é importante frisar que a massagem vaginal não é a mesma coisa que a masturbação. São atos semelhantes, porém para motivos diferentes.

Ao longo da vida da mulher e até mesmo durante a juventude, algumas coisas podem acontecer que impedem que elas tenham pleno prazer vaginal ou até mesmo conhecer aquilo que dá prazer para elas.

As mulheres desde pequenas são ‘doutrinadas’ a terem certos tipos de comportamentos. Essas doutrinas estão ligadas até mesmo ao seu comportamento na cama estando elas acompanhadas ou sozinhas.

Na verdade a masturbação feminina ainda é um grande tabu no mundo todo. Na adolescência esse ato é tipo como normal quando praticados por meninos, mas repreendidos quando praticados por meninas.

Isso pode acarretar em problemas futuros para as meninas. Não conhecer de fato o seu corpo, o que dá prazer para elas ou não, pode trazer problemas na vida adulta, incluindo nos relacionamentos.

Seja como tenha sido a sua adolescência e essa fase de descobertas, a massagem vaginal é algo muito importante para as mulheres.

Para fazer isso também não importa o seu estado civil, seja solteira, casada, enrolada ou com vários parceiros (ou parceiras) a massagem vaginal é superindicada.

Você pode descobrir coisas sobre você que até então eram desconhecidas.

O que é e como fazer massagem vaginal?

Essa é uma técnica que se iniciou nos dias atuais no Reino Unido e nos Estados Unidos. Mas já existem indícios da massagem vaginal desde antes de 1000 anos D.C. na Índia e na China. Ela também é conhecida como Massagem Yoni.

Essa massagem busca trazer benefícios para as mulheres. O foco dela não é atingir o orgasmo e sim descobrir o que dá mais prazer, além de trazer outros benefícios de forma geral para as mulheres.

Já existem muitos profissionais dentro dessa área da massagem vaginal, que realizam ela assim como profissionais de outra área da massagem, como as feitas em outras partes do corpo.

Essa massagem no momento ainda pode ser considerada cara para muitas mulheres. Uma sessão dela pode custar facilmente 300 reais.

Mas você pode fazer isso também em casa. Existem muitos tutoriais na internet que ensinam o passo a passo. Mas uma boa parte dessa técnica é instintiva, sendo que a mulher deve procurar o que mais a conforta nesse momento.

A técnica consiste nas seguintes etapas:

  1. Massagear o clítoris;
  2. Massagear outras áreas da vagina. Regiões que não são exploradas durante a masturbação que visa alcançar o orgasmo;
  3. Massagear o ânus. Muitas mulheres não sabem que essa é uma região muito sensível, incluindo o ‘caminho’ entre a vagina e o ânus;
  4. Exercícios de contração e relaxamento da vagina e anus para fortalecimento do assoalho pélvico;
  5.  Introdução do dedo na vagina, com o intuito de explorar e identificar novas áreas de prazer.

Como dito, aqui o foco não é atingir o orgasmo e sim descobrir novas regiões de prazer, assim como relaxar.

Esqueça os tabus que sua vida ou sociedade impuseram a você. Esse é um momento de descoberta.

Não pense que está fazendo algo errado ou algo proibido, o seu corpo é SEU e quem dita as regras dele é você e ninguém mais.

Porém, se você se sentir desconfortável assim mesmo, pode pedir para o seu parceiro ou parceira realizar a massagem em você, desde que seja seguido aquilo que você fale.

O orgasmo pode chegar no final, trazendo ainda mais relaxamento, mas lembre-se sempre que esse não é o foco da massagem vaginal.

Abaixo falaremos um pouco mais sobre os benefícios que essa técnica traz para você e sua vida.

Benefícios da massagem vaginal

Os benefícios dessa técnica são amplos e vão muito além apenas do relaxamento e prazer.

Entre os benefícios que a massagem vaginal traz, podemos citar:

  1. Relaxamento e prazer;
  2. Libertação de traumas e descobrimento;
  3. Fortalecimento do assoalho pélvico;
  4. Combate o stress;
  5. Aumento da produção de hormônios.

Na sequência falaremos mais sobre cada um deles.

1. Relaxamento e prazer

A sensação de relaxamento ocorre durante toda a massagem, assim como a sensação de prazer.

Normalmente a sensação de relaxamento chega só após o orgasmo, quando isso ocorre durante o sexo ou masturbação.

Com essa técnica, a sensação de relaxamento ocorre durante todo o processo.

2. Libertação de traumas e descobrimento

Muitas mulheres sofrem traumas com o passar dos anos. E aqui não estamos falando apenas de traumas de abuso sexual.

Como dito lá no início, esses traumas podem ser imposto até mesmo pela sociedade, bloqueando a forma da mulher agir até mesmo na cama ou ter receio de se relacionar sexualmente com alguém.

A massagem vaginal serve para a mulher se livrar desses traumas e também para que ela descubra o que realmente gosta.

3. Fortalecimento do assoalho pélvico

Fortalecer o assoalho pélvico é algo muito útil para as mulheres durante toda a vida, mas principalmente durante a gestação.

Esses exercícios fortalecem toda a musculatura da região, facilitando na hora do parto.

Fortalecer essa região também traz outros benefícios para mulher, como combater a incontinência urinaria.

4. Combate o stress

Seja qual for o motivo do seu stress ou mesmo nervosismo a massagem ajuda a aliviar essas tenções sendo inclusive um dos grandes motivos das mulheres procurarem profissionais especializados nessa área.

Independente se o seu stress venha do seu trabalho, da sua jornada com os afazeres domésticos, dos estudos, de cuidar dos filhos ou mesmo tudo isso, essa técnica ajuda e combate o seu stress.

5. Aumento da produção de hormônios

A estimulação da área genital e locais próximos aumenta a produção dos hormônios do prazer, os mesmos que são produzidos quando se atingi o orgasmo ou come uma barra de chocolate.

Porém esses hormônios não são responsáveis apenas pela sensação de prazer, eles também beneficiam outras coisas, como:

  • Aumento do libido;
  • Aumento da lubrificação vaginal;
  • Melhora os sintomas da menopausa;
  • Deixa a mulher mais confiante;
  • Aumenta a disposição;
  • Desperta regiões de prazer até então adormecidas;
  • Aumenta a sensibilidade da zona erógena;
  • Deixa você mais feliz.

Considerações finais

Como você pode ler a massagem vaginal traz inúmeros benefícios para você e para a sua vida como um todo.

Com todos esses benefícios descritos acima, vai dizer que não dá vontade de experimentar?

Então experimente e liberte-se.

Gostou? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.