Casa

Mata insetos: conheça os mais diversos tipos e sua eficácia

Facilmente encontrados nas prateleiras de supermercados e drogarias, os mata insetos prometem acabar com esses intrusos que incomodam muito. Nessa matéria iremos falar sobre os mais diversos tipos, sua eficácia e dicas para se livrar dessas pragas.

Mata barata, formiga, mosca, aranha, muriçoca, pernilongo, pulgas, mosquitos da dengue, zika-vírus, chikungunya, enfim, é um mata- mata para todos os lados. Mas,na realidade, esses inseticidas auxiliam no controle de determinadas pragas. Que conhecer alguns deles? Vem com a gente!

Inseticida em aerossol

O inseticida em aerossol, principalmente o multi inseticida é bastante eficiente no controle de pragas como moscas, baratas, pernilongos, entre outros, segundo seus fabricantes. Por exemplo, o multi inseticida SPB possui uma fórmula exclusiva à base de água e, segundo os fabricantes, não oferece risco às pessoas, plantas e animais.

O inseticida é composto por ingredientes ativos (Imiprotrina 0,020%, Permetrina 0,050%, Esbiotrina 0,100%), solvente, antioxidante, emulsificante, veículos e propelentes, tornando o produto eficaz contra mosquitos, pernilongos, muriçocas, aranhas, pulgas, baratas, carapanãs, moscas, contra os mosquitos da dengue, zika e chikungunya.

De acordo especificações do fabricante, o produto é ideal para áreas internas e durante a aplicação não devem permanecer no local pessoas ou animais domésticos.

Repelente elétrico

O repelente elétrico, segundo os fabricantes, garante 8 h (ou mais) de um sono tranquilo e livre de mosquitos e pernilongos. Basicamente o aparelho é uma resistência capaz de transformar a energia elétrica recebida em calor, que provoca a evaporação de um composto químico tóxico para os insetos.



Assim como os inseticidas em aerossol, o ingrediente ativo é a Esbiotrina 2% (grupo químico piretroide), solventes e antioxidantes. A título de curiosidade, um piretroide é um composto químico sintético similar ao repelente natural encontrado no crisântemo utilizado há mais de 2.500 anos pelos chineses que pulverizavam o pó das folhas secas para espantar os insetos.

De acordo com os fabricantes, o repelente elétrico é eficaz contra qualquer inseto, mas deve ser utilizado particularmente para repelir os mosquitos transmissores da dengue, Aedes aegypti e da zika e, para áreas de até 10 m². Para áreas maiores, os fabricantes recomendam mais de um aparelho.

O repelente elétrico funciona de forma simples: quando ligado à energia, a resistência esquenta o que provoca o aquecimento de um dispositivo interior do aparelho, ocasionando a evaporação do líquido.

O composto piretroide penetra no organismo dos insetos pelos orifícios respiratórios, os espiráculos e atinge o sistema nervoso. Aí a ação do repelente começa a funcionar causando uma intoxicação dividida em quatro estágios: excitação, convulsão, paralisia e morte. Caso o inseto não consiga fugir antes da total paralização, a morte é certa.

Repelente eletrônico

Já o repelente eletrônico, facilmente encontrado no mercado e até na versão de aplicativo para celular, não tem a sua eficácia comprovada cientificamente. Basicamente o seu princípio ativo é a emissão de sons ultrassônicos imperceptíveis aos ouvidos humanos, que imitam o bater de asas de predadores naturais de mosquitos.

Luminária mata insetos

Também facilmente encontrada em lojas de departamentos, a luminária mata insetos, segundo os seus fabricantes, garante a eliminação de todo e qualquer inseto, em especial os mosquitos da dengue, zika e chikungunya, sem produtos químicos ou odor.

Com uma lâmpada UV instalada em seu interior é criada uma armadilha que atrai os insetos para um compartimento selado, onde acabam morrendo por desidratação.

Inseticida líquido

Quando aos inseticidas líquidos jogados em ralos, tanques e pias para exterminar insetos como baratas são totalmente inadequados e uma agressão à natureza. O seu uso pode atingir rios e prejudicar o meio-ambiente.

Cuidados com os mata insetos

Você sabia que os inseticidas podem causar reações piores do que as picadas dos insetos? O seu uso exagerado pode provocar dores de cabeça, espirros e alergia, principalmente com os inseticidas em aerossol que não têm nenhum odor, ou que possuam um cheiro agradável, onde, na maioria das vezes, as pessoas acabem exagerando na pulverização.

Segundo especialistas em vigilância sanitária, a pulverização deve ser feita no máximo por 5 segundos e só voltar a entrar no local 20 min depois. Outro ponto importante que eles destacam é que jamais qualquer mata inseto deve ser pulverizado na cozinha, pois pode contaminar os alimentos.

Já os repelentes elétricos merecem uma atenção redobrada. Os aparelhos devem ser colocados em uma distância com cerca de 2 m da cabeceira da cama, o local deve ser muito bem ventilado para evitar a inalação dos compostos químicos.

Repelentes naturais e iscas naturais para manter os insetos longe de casa

Existem algumas opções que utilizam produtos naturais e que são muito eficazes para afastar os insetos e até acabar com eles. Acompanhe essas dicas que daremos a seguir.

Mata barata

O açúcar atrai muito as baratas e se torna um grande aliado para acabar com elas. Misture partes iguais de açúcar e bicarbonato de sódio e espalhe por onde elas costumam aparecer. Como o bicarbonato atua como um fermento químico, em contato com a água do corpo da barata, ele crescerá como a massa de um bolo, e, consequentemente, será o fim da bicha.

Vinagre contra formigas e insetos

O vinagre de maçã, assim como as frutas ácidas, ajuda a afastar os insetos. Misture partes iguais de água e vinagre de maçã, coloque em um frasco e borrife em todas as entradas da casa e nas janelas.

Óleo essencial de louro

O óleo essencial de louro é uma excelente opção para afastar as moscas. Misture 20 gotas de óleo essencial de louro com ¼ xícara de chá de água. Coloque em um frasco borrifador e aplique onde a incidência de moscas for maior.

Citronela e óleos essências

A citronela é um repelente natural de insetos. Então, abuse de velas, incensos, velas flutuantes e óleo de citronela tanto no exterior como no interior da casa. Os frutos cítricos também espantam os insetos como a laranja, o limão e a lima. Uma boa alternativa é fazer uma vela de laranja.

Corte uma laranja ao meio, tire os gomos, derreta cera e coloque um pedaço de barbante que servirá como pavio. Você pode adicionar cravos antes que a cera endureça completamente. Além de perfumar os cômodos da casa, manterá os insetos bem longe.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */