Maternidade

Mecônio: saiba o que é e o que ele pode indicar

O mecônio é o primeiro cocô que o bebê faz na vida. Pode ser ainda dentro da barriga ou nos primeiros dias após o nascimento. Mas como o bebê faz cocô se ele ainda não bebeu leite?

Neste artigo, veja mais sobre o que é o mecônio e o que ele pode indicar quando acontece dentro da barriga da mãe.

O que é o mecônio?

Como já dissemos acima, o mecônio é o primeiro cocô do bebê. Ele possui um aspecto muito pastoso e escuro, preto ou esverdeado. Pode ser muito pegajoso e difícil de limpar.

O mecônio é o resultado da digestão de alguns materiais que o bebê acaba ingerindo junto com o líquido amniótico dentro da barriga, como pelos corporais dele mesmo. Algumas células chamadas epiteliais do intestino do bebê, que não estão mais vivas, são eliminadas nessa excreção. Outros resíduos presentes no líquido amniótico também podem compôr o mecônio.

Mecônio dentro da barriga da mãe é normal?

Cerca de 15% dos bebês em trabalho de parto acabam liberando mecônio. Isso acontece normalmente porque o bebê já está com maturidade suficiente para produzir esta secreção.

Outro motivo para a saída do mecônio é alguma falha de oxigenação do bebê, que pode causar um estresse. Em situações como essa, o esfíncter anal, que é o músculo que segura o cocô do bebê, pode relaxar e ele liberar mecônio dentro da barriga.

Se o mecônio liberado é porque simplesmente o bebê está com o sistema digestivo maduro para isso, não há motivo para pânico. É um processo natural.

Mas, quando o mecônio é resultado de uma situação de estresse, pode ocorrer sofrimento fetal, que é um quadro que pode ser motivo para uma cesárea de emergência.

Como saber se o mecônio indica sofrimento fetal?

Quando o mecônio indica sofrimento fetal, ele geralmente está associado a outros indícios. Por exemplo: mecônio junto com caída do batimento cardíaco do bebê mesmo entre as contrações é um indício de sofrimento fetal.

Gestantes com pressão alta, devem ter atenção especial ao mecônio, pois a pressão arterial alterada pode causar falha na circulação sanguínea responsável por levar nutrientes e oxigênio para o bebê, indicando sofrimento fetal.

Se o mecônio estiver presente no líquido amniótico após a bolsa romper em pequena quantidade, apenas dando um tom de marrom claro na água e os batimentos cardíacos do bebê estão normais, com o trabalho de parto progredindo normalmente não é indício de sofrimento.

Quer saber mais sobre a gestação e parto? Veja nossa série Tudo sobre a gravidez:

Sobre o autor

Mariana Mendes