Exercícios Saúde

Musculação para crianças: cuidados e regras

A musculação para crianças é uma atividade saudável e recomendável, especialmente para aqueles que gostam de praticar esportes. É necessário considerar, no entanto, que trata-se de um treino de força, não levantamento de peso puro para hipertrofia.

A musculação para crianças é uma forma de colocá-la no caminho de uma vida saudável, facilitando a prática esportiva. Não é, sob hipótese alguma, uma atividade focada em desenvolver sua musculatura de forma prematura.

Veja as dicas e informações relevantes sobre a musculação para crianças:

Atividade física, não hipertrofia

Jamais confunda a musculação para crianças com levantamento de peso puro, bodybuilding ou hipertrofia. Nestas categorias, adultos realizam prática potencialmente perigosas para alcançar seu objetivo. Em uma criança, a musculação devem simplesmente permitir que ela possa escolher qualquer objetivo atlético no futuro, com plena saúde.

A prática de um exercício não focado em crianças pode colocar tensão excessiva nos músculos, ossos e cartilagens. Por isso, a musculação para crianças deve focar em resistência e movimentos bem executados. O treino deve ser técnico e seguro, sem dar atenção excessiva a grandes pesos.

Quando começar um treino de musculação para crianças?

Durante a infância, crianças melhoram a compreensão sobre seu próprio corpo, o equilíbrio e o controle através de atividades físicas. A partir dos sete ou oito anos, uma criança bem guiada pode beneficiar-se de um treino físico mais focado.

Se o interesse na atividade partir da criança, é importante esclarecer o que a atividade significa. Desde o início, é essencial deixar claro que ela treinará para aumentar a força e a resistência. Isso é necessário, pois ela pode estar sendo influenciada por algo que assistiu ou leu, com a falsa expectativa de desenvolver um físico semelhante ao dos personagens heroicos de filmes e desenhos.

Também é importante consultar um médico antes de iniciar a prática. Cada criança possui um ritmo diferente de desenvolvimento, e um especialista pode indicar se a musculação for prematura.

Melhores formas de praticar a musculação para crianças

musculacao-para-criancas 2

Engan-se quem pensa que musculação para crianças é uma versão reduzida de um treino de força para adultos. As diretrizes são outras, muito mais focadas em um ambiente perfeitamente seguro:

  • Busque instrução. Procure um profissional de educação física com experiência em musculação para crianças. A regra número um é que os treinos não prejudiquem a criança no futuro, mas a ajudem. Um profissional é o único capaz de desenvolver um plano perfeitamente apropriado para uma criança.
  • Foco no aquecimento. É importante que os músculos da criança estejam bem aquecidos antes de iniciar as atividades pesadas. Corridas, caminhadas, pular corda e outras atividades aeróbicas diminuem o risco de lesões.
  • Pegue leve. Na musculação para crianças, o peso do equipamento não é tão essencial quanto no caso dos adultos. Um peso leve que permita que ela execute uma série de 12 a 15 repetições com perfeição técnica costuma ser o suficiente. Utilizar o peso do próprio corpo, ou equipamentos como elástico também são bastante eficazes.
  • Dê atenção à boa execução. Em adultos, é comum haver um pouco de pressão para o aumento gradual dos pesos. Na musculação para crianças, a pressão deve ser voltada para a execução correta dos exercícios. A atenção deve ser destinada ao movimento, à postura, à velocidade correta e à resistência.
  • Sempre ofereça supervisão. A supervisão de um adulto que seja profissional na área é absolutamente necessária na musculação para crianças. Lembre-se que a criança nem sempre possui a plena compreensão da responsabilidade que possui sobre seu próprio corpo.
  • Dê descanso aos músculos. Duas ou três sessões de treino por semana são suficientes. A ideia não é manter os músculos em recuperação constante. É importante que cada grupo muscular tenha, no mínimo, um dia de descanso.
  • Mantenha a diversão. Não permita que o treino seja tedioso. Criar um clima divertido durante as atividades físicas é uma forma de estimular a criança a manter uma vida saudável.

Sobre o autor

Pedro Henrique Ferreira Mendes