Maternidade

Para que serve o pré-natal? Confira como funcionam as consultas

Está grávida e quer saber como serão as consultas do pré-natal? É normal ficar ansiosa, principalmente na primeira gestação. Para tirar suas dúvidas, preparamos aqui seis perguntas e respostas para que você saiba o que espera você e seu bebê no pré-natal.

O que é o pré-natal?

O pré-natal é o acompanhamento médico da evolução da gravidez. Durante a gestação, há algumas questões sobre a saúde do bebê e da gestante que devem ser observadas por uma equipe especializada.

O pré-natal envolve consultas mensais até o oitavo mês de gestação. A partir desse período as consultas passam a ser quinzenais. No último mês de gravidez, os encontros são semanais. A frequência das consultas pode variar sempre para mais dependendo de cada caso.

Para que serve o pré-natal?

O pré-natal serve para cuidar da saúde do bebê e da sua mãe durante a gestação e no pós-parto.

Durante esses encontros com profissionais da saúde, a grávida recebe orientações sobre alimentação, exercícios e cuidados gerais. É também durante o pré-natal que a gestante aprende mais sobre o trabalho de parto, o parto e o pós-parto.

Quando começar a fazer o pré-natal?

Assim que descobre que está grávida, a mulher deve procurar atendimento médico para agendar sua primeira consulta pré-natal. Quanto antes melhor.

Quais são os exames do pré-natal?

Além de checar o peso, a pressão arterial e a glicemia em todas as consultas, o médico deve solicitar uma série de exames logo na primeira consulta. O Ministério da Saúde orienta que alguns exames sejam obrigatoriamente realizados por todas as gestantes, tanto no sistema público quando no sistema particular de saúde. Confira a lista de exames:

  • hemograma para avaliar a existência ou não de anemia;
  • glicemia para saber se a gestante possui diabetes;
  • tipo de sangue para saber se a grávida possui Rh negativo;
  • exames para avaliação de DSTs para saber se é necessário cuidado especial;
  • detecção de toxoplasmose e rubéola;
  • exame de urina;
  • e papanicolau.

Além desses exames, após a 7ª semana de gestação, deve-se fazer o exame ultrassonográfico para acompanhar o crescimento do embrião. Confira aqui a lista completa de exames de ultrassom durante o pré-natal.

Como são as consultas de pré-natal?

Na primeira consulta, além de passar um requerimento dos exames laboratoriais,  é comum que o médico receite algumas vitaminas para complementar a nutrição da mãe e do bebê. O ácido fólico, sulfato ferroso, vitamina D e outros tipos de suplementos podem ser indicados.

Como já dissermos, a gestante será pesada, terá sua pressão arterial e glicemia do sangue conferidas. A partir do 4º mês de gravidez, a altura do útero também será medida. Os batimentos cardíacos do bebê também serão ouvidos.

Os exames de toque não são necessários em todas as consultas. Eles são mais comuns nos últimos estágios da gravidez para monitorar o colo do útero, sua espessura e dilatação.

Qual médico faz o pré-natal?

O médico que realiza as consultas de pré-natal deve ser um obstetra. Geralmente, existe uma equipe de enfermagem que auxilia o doutor na condução das atividades.

Saiba mais:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */