Saúde Terapias

Pastilhas Stiper: conheça o produto que potencializa os efeitos da sua massagem

Pastilhas Stiper

A massagem é uma terapia amplamente utilizada para o alívio da tensão e das dores musculares, além de ser uma ferramenta importante em diversos tratamentos terapêuticos.

Se as técnicas de massagem por si só já trazem benefícios e resultados efetivos no tratamento de diversas condições de saúde, imagine só se esses efeitos pudessem ser potencializados no organismo?

Na verdade, com as pastilhas Stiper eles podem. Excelente complemento para diversos tratamentos terapêuticos, essas pastilhas podem potencializar os efeitos da massagem, auriculoterapia, acupuntura e outras terapias.

Ficou curiosa? Então leia este post onde apresentaremos este produto tão relevante para profissionais e adeptos de terapias naturais e alternativas. Confira!

O que são pastilhas Stiper

A Stiper é uma marca que produz pastilhas compostas de microcristais de silício que tem como principal característica e objetivo reequilibrar e reordenar a energia nos pontos trabalhados durante uma massagem, acupuntura, auriculoterapia, entre outras terapias.

Elas são produzidas em manta hipoalergênica de algodão com quartzo micronizado, o que as torna antialérgicas e macias como o algodão.

Ação das pastilhas Stiper no organismo

Nosso corpo está constantemente recebendo milhares de estímulos energéticos através de frequências de celulares, computadores, televisores, torres de transmissão via celular, rádio, etc.

Mesmo se esforçando para manter a nossa vibração energética equilibrada, nem sempre nosso organismo consegue ter resultados positivos, gerando o estresse orgânico que, por sua vez, pode desencadear doenças psicossomáticas e é neste ponto que as pastilhas Stiper atuam.

Como dissemos anteriormente, as pastilhas têm como principal componente o silício, um mineral amplamente encontrado na natureza e cientificamente reconhecido como o melhor amplificador e ordenador de ondas e freqüências que o mundo conhece.

Assim, as pastilhas Stiper – impregnadas com silício puro – são capazes de reordenar e reequilibrar as ondas e energias em distúrbio no nosso organismo.

Funciona da seguinte forma: quando em contato com a pele, os cristais naturais agregados à pastilha absorvem a energia em diferentes frequências e amplitudes de ondas desequilibradas do nosso corpo. Após absorvê-las, esses cristais as regularizam e as devolvem ao organismo de forma equilibrada, possibilitando a regulação da energia vital e melhorando o funcionamento do corpo como um todo.

Indicações de uso das pastilhas Stiper

As pastilhas Stiper são muito utilizadas por profissionais da massoterapia pois tem efeito sedativo imediato, sendo uma excelente ferramenta para o alívio de dores musculares, uma das principais causas de procura por massagem.

No entanto, elas também são utilizadas em outras terapias como:

  • Acupuntura: as pastilhas Stiper tem função equilibradora e moduladora da energia do organismo agindo de forma sedativa e tonificadora, ou seja, tem a mesma função das agulhas da acupuntura. Assim, as pastilhas podem ser utilizadas no lugar delas, com a vantagem de não ser invasiva e mais confortável;
  • Fisioterapia: as pastilhas podem ajudar a trazer alívio para dores agudas e crônicas, sendo uma importante ferramenta em sessões de fisioterapia em casos de bursites, cervicalgias, epicondilites, lombalgias, hérnias de disco, tendinites, artrose, entre outros;
  • Terapia floral, aromaterapia, oligoelementos, homeopatia e tratamentos com óleos essenciais: potencializa esses tratamentos. Basta uma gota sobre a pastilha para ter um efeito imediato e três vezes maior;
  • Estética facial e corporal: as pastilhas garantem melhor circulação sanguínea na região onde são aplicadas, por isso pode ajudar na tonificação muscular e estimular a produção de colágeno;
  • Auriculoterapia: funciona da mesma forma que a acupuntura, mas as pastilhas são aplicadas em pontos específicos da orelha. Existem pastilhas Stiper específicas para essa técnica.

Aplicação das pastilhas Stiper

As pastilhas Stiper destacam-se por possuir um método de aplicação simples, rápido, confortável, funcional e prático.

Utilizando pequenas tiras de 2,5 x 3,5 cm de adesivo cirúrgico hipoalergênico ou adesivo convencional, basta fixar as pastilhas ao corpo ou pavilhão auricular (no caso das pastilhas auriculares) após análise criteriosa de cada caso ou distúrbio. Cada profissional em sua especificidade, deverá elencar as áreas ou regiões a serem tratadas.

É importante ressaltar que a aplicação sempre deve ser feita sobre a pele devidamente limpa e higienizada com álcool 70%. Caso o paciente possua uma grande quantidade de pelos na região a ser aplicado o Stiper, se faz necessário a remoção dos mesmos, pois as pastilhas devem manter contato direto com a pele.

As pastilhas Stiper podem ficar fixas ao corpo por até cinco dias ininterruptos, ou seja, 120 horas. Após esse período, elas perdem sua função e devem ser substituídas por novas pastilhas. Elas podem ser molhadas durante o banho, piscina ou mar sem prejuízo em sua eficácia.

Vale lembrar que as pastilhas não devem ser aplicadas sobre a pele ferida, inflamada ou irritada.

Os benefícios das pastilhas Stiper

Como esclarecemos ao longo do artigo, a principal função das pastilhas Stiper é potencializar os efeitos de diversos tratamentos, entre eles a massagem corporal, acupuntura, auriculoterapia, quiropraxia e outros.

Assim sendo, ela pode trazer diversos benefícios, dependendo do tratamento em questão. A seguir, elencamos alguns destes benefícios:

  • Regula e harmoniza as energias em desequilíbrio no organismo;
  • Melhora o metabolismo;
  • Otimiza as reações enzimáticas;
  • Nutre as células na luta contra as infecções;
  • Elimina os resíduos;
  • Relaxa a musculatura;
  • Ativa a circulação sanguínea e linfática.

Por fim, vale lembrar que as pastilhas Stiper são um complemento para diversas terapias, tem sua eficácia comprovada e é regulada e autorizada pela Anvisa, que oferece segurança em seu uso.

Mas como elas são reservadas para uso aos profissionais de saúde, se você tem interesse em experimentar as pastilhas, converse com seu terapeuta sobre a utilização das mesmas no seu caso e nunca aplique o produto por conta própria.

Você já conhecia as pastilhas Stiper? Tem alguma experiência com o produto? Compartilhe!

Sobre o autor

Juliana Mitsuda