Pele

Pelos encravados: 6 receitas caseiras para se livrar deles

Pelos-encravados

Pelos encravados são um pesadelo estético e livrar-se deles é um verdadeiro desafio!

Comum em áreas onde há depilação frequente, como axilas, pernas e virilhas em mulheres e no rosto dos homens por causa da barba, os pelos encravados causam muito mais do que incômodo estético, já que podem resultar em uma inflamação bem chata.

Se você sofre com os pelos encravados, leia este artigo e descubra como se livrar destas lesões com 6 receitas caseiras e ingredientes simples e baratos que pode ser encontrados em qualquer mercado. Ficou curiosa? Confira!

Entenda o que são os pelos encravados

Um pelo encravado é um pelo normal, mas que nasce de forma errada e durante o seu crescimento, entra novamente na pele, se curvando e obstruindo o poro, o que causa uma inflamação chamada foliculite.

Qualquer pessoa pode apresentar pelos encravados durante a vida, no entanto, pessoas com pelos grossos ou que se depilam frequentemente com gilete ou cera tem mais propensão a desenvolver as lesões.

As regiões mais afetadas geralmente são as que recebem depilação, como pernas, axilas e virilha nas mulheres e na região da barba nos homens.



De forma geral, os pelos encravados se curam sozinhos e em pouco tempo. No entanto, às vezes a inflamação pode piorar, causando vermelhidão, aparecimento de pus e dor.

Por isso, é importante sempre cuidar da pele a fim de evitar o surgimento dos pelos encravados, pois eles podem causar bastante incômodo.

Receitas caseiras para se livrar dos pelos encravados

A melhor forma de combater os pelos encravados é através de esfoliações que vão removendo as células mortas da camada mais superficial da pele, o que ajuda a desencravar o pelo.

Também é indicado realizar compressas que ajudam a minimizar a dor e a inflamação, acelerando o processo de cura.

Dito isso, confira a seguir 6 receitas caseiras para se livrar de uma vez por todas dos pelos encravados!

1. Esfoliação de fubá e aveia

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de fubá;
  • 1 colher de sopa de aveia;
  • 3 colheres de sopa de sabonete líquido de sua preferência.

Modo de uso:

Misture todos os ingredientes em uma vasilha até obter uma pasta homogênea.

Leve essa mistura para o banho e aplique na região dos pelos encravados esfregando a área suavemente. Enxágue com água.

O procedimento pode ser repetido diariamente até a melhora do quadro.

2. Esfoliação de mel e granola

Essa receita ajuda a remover as células mortas e também age de forma preventiva, eliminando possíveis sujeiras e resíduos de produtos cosméticos que podem estar impedindo o correto crescimento dos pelos.

Ingredientes:

  • Granola;
  • 2 colheres de sopa de mel;
  • Água quente.

Modo de uso:

Em um recipiente, misture a granola e o mel e adicione um pouco de água quente para dar liga.

Aplique essa mistura sobre a pele, dando leves batidinhas sobre a região afetada e deixe agir por alguns minutos. Depois, massageie a área com movimentos circulares, fazendo uma leve esfoliação.

Tenha cuidado para não lesionar ainda mais a pele. Para finalizar, basta enxaguar com água.

3. Compressa de vinagre de maçã

O vinagre de maçã é um importante aliado no combate aos pelos encravados. Ele possui ácidos orgânicos que ajudam a reduzir a inflamação e a equilibrar o pH da pele.

Aplicar o vinagre de maçã diretamente sobre o pelo encravado desincha a região e ajuda a remover resíduos que podem estar impedindo o pelo de sair do poro.

Ingredientes:

  • Algodão;
  • Vinagre de maçã.

Modo de uso:

Basta embeber um pedaço de algodão com vinagre de maçã, colocar sobre a lesão e pressionar levemente por 5 a 10 minutos. Você deve repetir o procedimento duas vezes ao dia, até que o problema seja resolvido.

4. Esfoliação com sal marinho

O sal marinho é um poderoso esfoliante natural que auxilia na remoção das células mortas da pele, melhora a circulação e estimula o crescimento natural dos pelos.

Ingredientes:

  • Um punhado de sal grosso;
  • Água.

Modo de uso:

Basta umedecer um pouco de sal marinho com água e aplica-lo na área afetada, esfregando suavemente para esfoliar a região.

Deixe agir por 5 minutos e enxágue com água. Repita o procedimento diariamente, até que o pelo encravado seja removido.

5. Esfoliação com bicarbonato de sódio

O bicabornato de sódio possui ação esfoliante e desinfetante que ajuda a diminuir o problema.

Ele atua reduzindo os excessos de pele morta e sebo que podem atrapalhar o crescimento natural dos pelos.

Ingredientes:

  • Bicarbonato de sódio;
  • Água.

Modo de uso:

Em um recipiente, misture o bicarbonato e a água até formar uma pasta homogênea e aplique diretamente sobre o pelo encravado. Deixe agir por 5 minutos e enxágue com água.

Você pode realizar este procedimento duas vezes ao dia até que a lesão melhore e o pelo desencrave.

6. Compressa com chá preto

Para reduzir a inflamação e a vermelhidão, a dica é apostar em compressas de chá preto.

Muito consumido pelos orientais, esse chá possui ácido tânico, uma substância capaz de suavizar a pele e por isso, pode ajudar a melhorar o quadro de foliculite.

Ingredientes:

  • Um sachê de chá preto;
  • Água quente.

Modo de uso:

Ferva a água, mergulhe o sachê de chá preto e deixe-o descansando por um tempo. Quando o sachê já estiver quente, retire-o da água e aplique-o sobre o pelo encravado e deixe agir por 10 minutos.

Repita este procedimento de 2 a 3 vezes ao dia, até que a lesão melhore.

Considerações finais

É importante lembrar que pelos encravados nunca devem ser removidos com os dedos ou uso de pinças, pois você pode lesionar ainda mais a pele afetada e piorar o quadro inflamatório, deixando a região vermelhada, inchada e dolorida.

A melhor solução é realizar esfoliações diárias e esperar o pelo sair naturalmente da pele.

Não é recomendado realizar depilação com cera ou lâmina enquanto você estiver com um pelo encravado, pois isso pode tornar a saída deste ainda mais difícil, demorando mais para desencravar.

Geralmente, os pelos encravados se curam sozinhos, mas se você notar um quadro inflamatório intenso, com muita dor e formação de pus, pode consultar um dermatologista. Nestes casos, são prescritos antibióticos e anti-inflamatórios em forma de pomada ou comprimidos que ajudam a melhorar o quadro. Na dúvida, sempre consulte um especialista.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */