Beleza Cabelos

Penteados anos 60: aprenda 5 modelos fáceis para arrasar no estilo vintage

Sabe aquele volumão no cabelo digno de uma estrela de cinema? Pois é! Os cabelos anos 60 são mesmo maravilhosos e, para a nossa felicidade, estão voltando com tudo na moda atual para quem sempre sonhou em se jogar no estilo vintage.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% EM TODO O SITE

E se você não sabe por onde começar a montar o look quando se fala nessa tendência, no artigo de hoje, nós vamos te ensinar a fazer 10 penteados anos 60 para você arrasar no visual retrô. Coques, rabos de cavalo ou cabelos soltos… Independente do arranjo que você escolher, o que importa é não ter medo de volume!

Foi convidada para uma festa temática no estilo sessentinha? Então, pode começar a pensar no seu look inspirando-se nas madeixas de musas consideradas ícones de beleza da década, como Brigitte Bardot, Twiggy e Audrey Hepburn, que marcaram a época com seus fios volumosos e estilosos. Depois, é só anotar as dicas que eu vou mostrar nos próximos parágrafos para aprender lindos penteados de cabelo anos 60 para aderir à trendsixties”.

Vem comigo!




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

1 – Coque “Beehive” (Colmeia)

O coque grande, volumoso e redondo na parte de trás da cabeça é um dos mais conhecidos entre os penteados anos 60. Inclusive, está entre os arranjos favoritos de noivas e debutantes, por deixar o visual super elegante.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Porém, apesar de ser bastante conhecido atualmente, o que pouca gente sabe é que esse penteado surgiu na moda sessentista, apelidado à época de “Beehive”, que em tradução livre para o português significa “colmeia”. Além de ser lindo, o coque “Beehive” é bastante versátil, podendo ser usado em todos os tipos de looks, seja nos cabelos soltos, presos ou semipresos.

E como volume é a palavra-chave quando se fala em cabelos anos 60, quanto maior o coque, melhor! Para isso, existem vários acessórios encontrados no mercado beauté para conseguir o volume desejado, além de apliques, ideais para quem não possui muito cabelo. Ainda, você pode apostar na velha e eficiente técnica de texturizar as madeixas com um spray fixador e desfiar os fios com um pente fino, que também pode garantir o sucesso do seu visual “sixties”.

2 – Meio preso com topete

Esse penteado também é bastante comum hoje em dia e, é claro, também foi inspirado nos cabelos anos 60. O penteado meio preso é perfeito para formaturas e festas de casamento, mas nada o impede de ser usado também com uma versão mais simples para o dia a dia.

E para fazer o arranjo nos fios, é super fácil! Para isso, você precisará escovar os fios e, e seguida, usar um babyliss para modelar os cachos por todo o comprimento. Quem é cacheada, já está a meio caminho andado e, então, pode passar para o próximo passo.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Agora, separe uma mecha de orelha à orelha, depois da franja (se você tiver uma). Em seguida, separe-a em mechas ainda menores. Feito isso, comece a desfiar a parte de trás dessa mecha com a ajuda de um pente fino.

Aplique um pó texturizador ou spray fixador e continue desfiando. Por último, finalize arrumando possíveis fiozinhos que ficarem arrepiados com uma escova. Aproveite para arrumar o topete do jeito que mais gostar!

3 – Coque “bagunçadinho”

O famoso coque “bagunçadinho”, o queridinho das vaidosas mais descoladas no Instagram e Pinterest, também surgiu na década de 60. E se você nunca tinha pensando nele como uma possibilidade para o seu look retrô, pode ficar surpresa com o efeito desse penteado nas madeixas.




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Para fazê-lo, é bastante simples! Basta escovar os fios e usar um babyliss para formar cachos largos na extensão do cabelo. Mais uma vez, quem tem cabelos cacheados já está um passo à frente para elaborar esse arranjo nos fios. Agora, o próximo passo é separar uma mecha na parte da frente da cabeça, de orelha à orelha, e usar grampos para prender o restante das madeixas com um coque bagunçadinho, deixando algumas mechas caídas.

Em seguida, com um pente fino, comece a desfiar a parte de trás da mecha que você separou, até conseguir o volume desejado. Feito isso, arrume a mecha do jeito que preferir no topo da cabeça, onde ficará o topete, e prenda as pontas dela no coque já feito. Da mesma forma que ensinei no penteado anterior, você pode usar as costas do pente para ajeitar possíveis fiozinhos que ficarem arrepiados.

Lembre-se de aplicar um spray fixador para dar textura ao penteado e deixá-lo intacto por mais tempo. Uma dica dos hairtylists é para que você complemente o look com uma tiara de metal ou headband, dois acessórios que deixam o visual super anos 60!

4 – Coque sessentinha




>>PROMOÇÕES BLACK FRIDAY AMAZON - ATÉ 70% em Moda Feminina

Trata-se de uma versão mais chique do coque “bagunçadinho”, tendo como principal característica um acabamento polido. E o passo a passo é bem parecido! Para apostar nesse penteado anos 60, basta dividir o cabelo com uma risca lateral e separar mechas na parte da frente da cabeça, próximas à testa, como se fossem uma franja. Feito isso, separe outra mecha larga de orelha à orelha, onde será feito o topete.

Antes de começar a trabalhar no seu topete, prenda primeiro o restante do cabelo com grampos em um coque baixo. Em seguida, levante para o alto a segunda mecha que você separou e desfie-a pela parte de trás, até conseguir bastante volume. Quando terminar, prenda-a a partir das pontas no coque que você já fez. Arrume os fiozinhos que ficaram fora do lugar com uma escova, passando-a levemente sobre o cabelo.

Se você tiver franja, aproveite para ajeitá-la também neste momento. Se achar necessário, prenda-a pelas pontas na base do coque. Para finalizar, borrife um spray de fixação para deixar o penteado no lugar por mais tempo.

5 – Rabo de cavalo com topete

O rabo de cavalo também é uma das opções mais marcante da década de 60. Combinado com topetes volumosos, com fios mais arrumadinhos ou bagunçados, eles podem entrar com sucesso no seu look retrô. Você também pode apostar em acessórios como faixas, tiaras ou fitas para complementar o penteado e deixá-lo ainda mais a cara dos anos 60.

Para fazer o topete, basta seguir os mesmos passos dos coques acima, só que, desta vez, finalizando com um rabo de cavalo. Fica lindo!

6 – Solto com volumão

E se você é prefere os cabelos soltos, não se preocupe! Também existem opções de penteados anos 60 para você apostar e criar o seu look “sixties”. Neste caso, para dar um up nos fios, o ideal é conquistar o famoso volumão dos cabelos sessentistas. Para isso, você primeiro precisa aplicar mousse na raiz, com as madeixas ainda molhadas após o banho.

Em seguida, basta aplicar um protetor térmico e secar o cabelo com um secador, enquanto puxa os fios com a ajuda de um pente fino. Durante a escovação, procure ir modelando os fios da maneira que preferir. Por último, basta usar um babyliss para formar cachos largos por todo o comprimento. Prontinho!

Dicas para apostar nos cabelos anos 60

Laços, tiaras e faixas

Sem dúvidas, esses eram os acessórios favoritos nos anos 60 para enfeitar os penteados. Eles podem ser usados para montar o seu visual sessentista de diversas maneiras e em quaisquer dos penteados que ensinamos anteriormente aqui.

As fitas podem ser elásticas, grossas ou de cetim, adornadas em arranjos soltos, presos ou semipresos, sempre na frente do cabelo. As mais bonitas são as de bolinhas ou coloridas!

Você pode usá-las para complementar um rabo de cavalo, por exemplo. Já as faixas são as favoritas para estilizar looks mais comportados. A dica é combiná-las com o tipo de penteado e tamanho do cabelo. Geralmente, elas podem aparecer no visual em formatos mais grossos ou mais finos, com tecidos de bolinhas, coloridos ou lisos.

As tiaras são peças ideais para dar o mesmo efeito “inocente” ao look vintage, podendo ser usadas para penteados soltos, presos ou semipresos, geralmente para demarcar um topete, por exemplo. Enquanto isso, os laços podem dar um charme todo especial ao visual, bastando transpassá-los pela cabeça para criar um efeito interessante no seu penteado anos 60.

Franjas longas ou laterais e cortes estilo “pixie”

Alguns cortes também fizeram sucesso entre as mulheres nos anos 60. A franja longa, por exemplo, no estilo “cortina”, era uma das favoritas, famosa nas madeixas da musa Brigitte Bardot. Quem quiser apostar nesse arranjo, mas não possui fios curtos na frente do cabelo, pode investir em um estilo preso em que as pontas possam simular o efeito, complementando com uma fita.

Outro estilo bastante comum nessa década é o de franjas laterais e bem polidas, sensação da moda sessentista. Em relação aos cortes mais usados nos anos 60, os fios curtinhos no modelo “pixie” é um dos mais conhecidos na atualidade. Para as adeptas a ele, a dica é pentear a franja para a frente e com risca lateral, imitando o estilo da eterna Twiggy para criar um look retrô.

Cachos e ondas bem definidas

Sabe aqueles topetes bem feitos com cachos e ondas que vemos comumente nos filmes baseados nos anos 60? Pois é! Não tenha medo de abusar deles para garantir o seu visual “sixties”. O famoso look retrô-chic de old-Hollywood, conhecido por cabelos com ondas laterais largas e brilhosas, pode ser a aposta certa para você arrasar no tema da festa para a qual foi convidada. Abuse também dos sprays fixadores e pomadas para conseguir o penteado perfeito!

Confira lindas fotos de penteados anos 60 para se inspirar!

E aí? De qual desses penteados anos 60 você gostou mais? Compartilhe!

Até a próxima!

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */