Beleza Cabelos

Permanente no cabelo: saiba como fazer a técnica de cachear os fios

Cachos volumosos, bem definidos e nada discretos: você também deve se lembrar do cabelo das atrizes Julia Roberts e Olivia Newton em sua juventude, certo? Sucesso nos anos 80, especialmente na telinha do cinema, os fios cacheados eram obtidos através de um procedimento químico bastante procurado nos salões de beleza à época, o chamado permanente de cabelo.

E apesar do boom do liso perfeito, que tomou conta da cabeça da mulherada por volta dos anos 2000, com o surgimento das escovas progressivas e da chapinha, o tratamento capilar voltou com tudo e promete deixar os caracóis novamente em evidência no visual, ideal para quem está em transição capilar e deseja reassumir a beleza e identidade das suas madeixas naturais de maneira mais rápida, dando lugar a cachos mais definidos e volumosos.

Ou, ainda, para aquelas mulheres que possuem fios lisos e querem mudar o look temporariamente com ondas mais marcadas. E se antes o volumão nas alturas era super valorizado, com bastante spray e escovação dos fios para trás, hoje o permanente capilar ganhou novas versões e, diferente de décadas atrás, oferece um volume mais suave, baseado em ondas naturais do pós-praia.

Quer saber mais como é feita a técnica de cachear o cabelo e aderir ao look divo das celebridades na era oitentista? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo que eu te conto tudo! Vamos lá?

O que é permanente de cabelo?

O permanente de cabelo foi tendência nos anos 80, principalmente por conta do visual das beldades Julia Roberts e Olivia Newton, que roubavam a cena hollywoodiana com os cabelões nas alturas e conquistaram os corações dos cinéfilos à época.

Trata-se de um procedimento químico para cachear o cabelo temporariamente, no qual é utilizado o tioglicolato de amônia como ativo químico para alterar a estrutura dos fios e tornar a queratina (proteína principal da fibra capilar) maleável para ser encaracolada. O resultado é de cachos mais definidos, em mulheres com os cabelos naturalmente cacheados ou crespos, ou criando ondas com aspecto natural em quem tem o cabelo liso.



Aproveitando a ação do tioglicolato de amônia, os famosos bigudinhos, acessórios usados na texturização de cachos, entram em cena e são enrolados no cabelo para que, então, este comece a formar os caracóis. Neste caso, a forma, tamanho e espessura dos apetrechos devem ser escolhidos pela mais nova cacheada do pedaço, que deverá saber que quanto maior o diâmetro do bigudinho, mais largos serão os cachos ou ondas.

Veja também: Texturização com bigudinho: confira passo a passo como fazer

Além disso, diferente do que éramos acostumadas a ver nos anos, o ondulado ou encaracolado feitos a partir desse tratamento capilar não começam da raiz, mas sim do comprimento dos fios. As pontas permanecem meio lisas para dar um efeito mais natural às madeixas. O tempo de duração do permanente é de dois a três meses.

Quem pode apostar?

O permanente capilar pode ser feito por qualquer mulher com o cabelo liso que queira mudar o visual e fazer cachos ou ondas largas no cabelo, apostando em um visual mais praiano, ou para aquelas que estão em transição capilar e não aguentam mais esperar para ver os seus cachos de volta à parte ainda alisada dos fios, causada por conta de químicas anteriores.

No entanto, é preciso ficar atenta a alguns cuidados ao apostar no procedimento… Se você aplicou algum outro procedimento químico no cabelo recentemente, como descoloração, coloração ou escova progressiva, é preciso procurar um profissional de sua confiança para verificar como está a saúde do seu cabelo antes de apostar no permanente.

Caso os seus fios estejam frágeis e quebradiços, será necessário fazer uma reconstrução profunda ou cauterização capilar antes de qualquer coisa. Isso porque, por ter como ativo principal o tioglicolato de amônia, o tratamento poderá danificar ainda mais as suas madeixas, já que pode ser incompatível com outras químicas, como é o caso da guanidina.

Além disso, cabelos descoloridos com água oxigenada 30 volumes ou tingidos só podem fazer o permanente nos fios após 15 dias da coloração.

Como fazer permanente no cabelo? Veja passo a passo

Você pode fazer o permanente no cabelo em um salão de beleza, com um cabeleireiro de sua confiança, ou comprar o produto da marca que desejar para apostar no procedimento sem sair de casa. Para isso, basta seguir o passo a passo que vou ensinar abaixo de como fazer o permanente no cabelo:

Passo 1: Antes de começar, coloque as luvas que vêm na embalagem junto com o kit do produto que você comprou. Aproveite também para colocar uma toalha nas costas.

Passo 2: Em seguida, desembarace o cabelo e divida-o em quatro partes.

Passo 3: Agora, comece a aplicar o produto, partindo da parte da nuca e respeitando sempre a distância de, pelo menos, um centímetro da raiz.

Passo 4: Repita a aplicação nas demais partes do cabelo que você separou.

Passo 5: Feito isso, enxágue o cabelo para retirar excesso do produto, mas cuide para deixar uma pequena quantidade dele nos fios, como se fosse um condicionador.

Passo 6: Depois, divida o cabelo novamente, só que dessa vez em mechas finas, e enrole os bigudinhos em cada uma delas, começando sempre pela nuca. Deixe-os nos fios por cerca de 15 minutos.

Passo 7: Passado esse tempo, enxágue bem o cabelo, mas sem desenrolar os bigudinhos.

Passo 8: Aplique neutralizante que veio na caixinha do kit que você comprou e deixe-o agir por aproximadamente 10 minutos.

Passo 9: Agora sim remova os bigudinhos e enxágue novamente os fios.

Passo 10: Aplique o neutralizante mais uma vez e deixe-o agir por mais 5 minutos. Aproveite esse tempo para massagear e distribuir bem o produto por todo o cabelo. Enxágue bem os fios novamente. Se você sentir que as suas madeixas estão esquentando durante esses 5 minutos, enxágue imediatamente os fios e aplique o neutralizante de novo.

Passo 11: Finalize aplicando o revitalizante que veio junto com o kit e amasse os cachos, apertando-os até a raiz.

Passo 12: Prontinho! Agora é só deixar o cabelo secar naturalmente.

Como cuidar do cabelo após o procedimento?

Assim como qualquer outro procedimento químico, o permanente de cabelo também exige cuidados diários e religiosos com os fios para evitar futuros danos que possam ser causados pela ação do tioglicolato de amônia, como é o caso do ressecamento, queda e quebra.

Isso porque o ativo químico deixa a escama dos fios abertas, o que significa que as suas madeixas ficarão mais suscetíveis às agressões externas. Por isso, o ideal é seguir um cronograma capilar em casa, alternando as etapas de hidratação, nutrição e reconstrução capilares para deixar os fios sempre saudáveis e bonitos.

Além disso, os cabeleireiros também recomendam uma reconstrução profunda no salão de beleza pelo menos a cada 20 dias para repor a queratina e aminoácidos perdidos durante a aplicação do procedimento. No mais, para manter os cachos sempre definidos e prolongar o resultado do permanente, a dica é apostar em produtos como ativador de cachos e umidificador de cachos para modelar os fios durante a semana e deixar os caracóis ainda mais evidentes.

E aí? Gostou de saber como funciona o permanente no cabelo? Você já fez esse procedimento no cabelo alguma vez? Então, compartilhe!

Até a próxima!

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Raiane

/* ]]> */