Moda

Piercing na boca: tipos, dicas, cuidados e fotos

Piercing na boca

A moda de usar o piercing na boca vem ganhando, nos últimos anos, cada vez mais adeptos. Tanto que já é bastante comum ver pessoas das mais diferentes idades e estilos ostentando essas lindas joias nas mais variadas partes do corpo: língua, nariz, orelha, umbigo. Não obstante, a boca é um dos lugares mais populares para a sua colocação.

Se você está considerando a possibilidade de colocar um piercing na boca, porém, está insegura e deseja obter mais informações ou quer conhecer mais a respeito dos cuidados a serem tomados e eventuais riscos, você está no post certo!

Confira, a partir de agora, o artigo que preparamos para ajudar você a sanar algumas de suas dúvidas. Boa leitura!

Piercing na boca: conhecendo os riscos

A aplicação do piercing na boca está associada a certos riscos que, no entanto, podem ser menores ou maiores dependendo da área do corpo em que você pretende colocá-lo.

Caso a sua opção seja pela língua ou pelos lábios, haverá riscos maiores, devido, sobretudo, de um maior contato com algumas bactérias, a sensibilidade própria da mucosa bucal e sua suscetibilidade natural às lesões.

Lembre-se que não estamos falando, aqui, de piercings nos dentes, mas daqueles em que as peças transpassam língua, lábios ou bochechas. Os especialistas mencionam alguns riscos que devem ser considerados, tais como:

  • Inchaço;
  • Infecções;
  • Inflamações;
  • Mau-hálito;
  • Periodontites;
  • Fraturas dentárias.

Mas, não se assuste: a grande maioria desses danos pode ser perfeitamente evitada a partir de algumas atitudes e cuidados a serem providenciados depois, durante e antes da aplicação da joia.



Piercing na boca: dicas e cuidados

A colocação de piercing na boca exige diversos cuidados. Assim como as tatuagens, trata-se de uma forma de modificação corporal, logo, algo que pode trazer riscos à saúde e algumas consequências que, caso você se arrependa depois, não poderão ser desfeitas.

Reflita calmamente acerca do que você pretende fazer

Essa recomendação não é, de modo algum, exagerada. Conforme mencionado, a colocação de um piercing na boca é, de fato, uma intervenção externa em seu corpo e, como tal, demanda cuidados não apenas durante a aplicação, mas também a longo prazo.

Dessa forma, similarmente ao que ocorre nas tatuagens, você precisa ter certeza absoluta de que está tomando uma boa decisão, uma vez que não haverá muito a ser feito caso queira voltar atrás.

Uma boa dica é falar com pessoas que possuem piercing na boca, fazendo-lhes todas as perguntas que julgar conveniente. Faça uma boa pesquisa acerca dos modelos desejados e estabeleça critérios pessoais para chegar aos modelos de sua preferência.

Essas iniciativas permitirão que você se sinta mais preparado, a fim de chegar ao estudo com plena consciência daquilo que você pretende fazer.

Consulte um dentista antes de se submeter ao procedimento

Como os piercings podem provocar fraturas dentárias e lesões na mucosa, é altamente recomendável recorrer a um dentista para se inteirar dos riscos desse procedimento. Esse profissional é, também, o mais capacitado para indicar bons produtos antissépticos e propiciar maiores orientações acerca de todos os cuidados que você deverá seguir.

Escolha o profissional o profissional responsável pela aplicação com cuidado

É necessário escolher o profissional e o estúdio com todo o cuidado possível. Os materiais utilizados na colocação do seu piercing devem ser esterilizáveis ou descartáveis e o local deve prezar pela higiene adequada. Portanto, não baseie sua decisão apenas no preço.

Para auxiliar em sua escolha, peça recomendações e indicações de amigos, observe bem os locais e visite diferentes estúdios. Não se esqueça de que se trata de algo relacionado à sua saúde.

Respeite o período de cicatrização e as orientações recebidas

O período de cicatrização, sem dúvidas, é o elemento mais delicado. Por isso, as orientações recebidas deverão ser seguidas à risca. Ainda que pareça tentador, você deve se manter longe dos alimentos muito quentes e picantes, bem como de bebidas alcoólicas e cigarros.

Além disso, será preciso ter muito atenção quanto à higiene pessoal. Quaisquer alterações ou demoras devem motivar uma ida ao médico. Portanto, não recorra, em nenhuma circunstância, à automedicação.

São joias muito simples. Como é feito, geralmente, apenas um furo, a cicatrização tende a ser bem rápida. Contudo, o problema é que a boca é um local no qual há contato com diversas bactérias. Caso você abra seu corpo para que as bactérias tenham acesso, poderá ter inúmeras complicações de saúde.

Logo, duplique os cuidados, mantendo a boca limpa e executando as devidas higienizações para que seu piercing possa cicatrizar eficaz e rapidamente.

Cuidados com a higienização do local

Colocar um piercing na boca significa que você terá de lidar com a necessidade de observar uma série de cuidados de higiene. Seja ele feito em aço cirúrgico, prata ou ouro, as higienizações devem ser rigorosas.

O fato de que o piercing estará em sua boca significa cuidados ainda maiores, uma vez que a mucosa bucal é frágil e constantemente exposta ao contato com diferentes tipos de alimentos.

Após as refeições, por exemplo, é necessário retirar o piercing para escovar a língua, os dentes e usar o fio dental normalmente, bem como realizar bochechos com produtos antissépticos.

Depois desses procedimentos, é preciso escovar o piercing da mesma forma que se faz com as próteses dentárias. Só depois desses processos é que você poderá recolocá-lo. É indicado, também, retirar o piercing antes de dormir.

Não “brinque” com o seu piercing

Ao ter um piercing na boca, será muito tentador “brincar” com ele, isto é, ficar cutucando, mordiscando e girando o acessório. Todavia, esse tipo de movimento não é nada recomendável.

Afinal, isso aumentará a possibilidade de que gerar traumas em sua mucosa e, por conseguinte, pequenas lesões no local. Portanto, será imprescindível exercer o autocontrole, evitando ferimentos e machucados.

Lembre-se: caso você sinta que há algo diferente ou errado com o local de aplicação do seu piercing, procure imediatamente o seu dentista.

Tenha em mente que o piercing na boca está afixado em uma região que é mais suscetível aos problemas. Qualquer eventualidade deve ser rapidamente tratada a fim de evitar pioras e tudo aquilo que, de uma forma ou de outra, possa colocar em risco a sua saúde.

Galeria de fotos

Sobre o autor

Giovanna Cóppola

Trabalha com web, design, criação, conteúdo, SEO e fotografia. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência, além de colocar a mão na massa em todos os projetos. Paralelamente, tem outros três projetos: Viva com Felicidade, BlogGeek e Mapa dos Bichos. Ama música, cinema, jogos, arte, tecnologia, tatuagens e pandas.

/* ]]> */