Comportamento

Piercing na orelha: dicas para usar e fotos

Piercing na orelha

Apesar de ser um item bem comum, ainda rola muito preconceito quando falamos de modificações corporais na sociedade, como é o caso do piercing. Por causa disso algumas pessoas optam por piercing mais discretos e que são fáceis de esconder, como é o caso do piercing na orelha.

O piercing na orelha é fácil de se esconder, para quem precisa por causa do trabalho, e também é bem delicado para quem prefere algo mais sútil. O bom do piercing nesta região é que existem diversos modelos e perfurações para você escolher.

Veja também – O que é o piercing no tragus: dicas e fotos

Você pode escolher uma perfuração na ponta da orelha ou optar por um alargador, que não é tão sutil assim, mas é uma das perfurações mais comuns nesta região.

Piercing na orelha doi?

A dor é muito relativa por diversos motivos. Por exemplo, o seu nível de dor na hora da perfuração pode variar com o nível de sensibilidade da pessoa. Então você pode tanto sentir uma dor insuportável como pode não sentir nada.

Se você já tem alguma perfuração no corpo com certeza você já vai saber como será seu nível de dor na hora de fazer uma perfuração na orelha. Outra coisa que deve ser levada em consideração é a região onde você vai fazer a perfuração.

Normalmente a região da orelha é meio complicada porque ela é basicamente composta de cartilagem, e normalmente perfurações em regiões com cartilagem costumam doer mais. Mas, como dito, isso vai depender do seu nível de sensibilidade a dor.



Se não tiver nenhum furo para comparar, não tem problema, vá sem medo, mesmo porque a perfuração é super rápida e quase não vai dar tempo de você sentir dor. Só não deixe de fazer só porque não sabe o nível de dor que vai sentir, pense que vai ser rápido, como uma injeção.

Tipos de piercing na orelha

Existem várias opções de perfuração para você fazer na orelha, de perfurações mais delicadas e escondidas, a perfurações mais a mostra.

  • Helix: esse piercing na orelha é a perfuração mais feita, o furo é feito na borda da orelha, na cartilagem.
  • Tragus: já essa é uma perfuração mais diferente, a tragus é feita na região que separa a orelha da bochecha.
  • Anti-tragus: a anti-tragus é feita logo acima do lóbulos da orelha – lóbulo é onde vai os brincos -.
  • Rook: o rook também pode é uma perfuração diferente, a jóia é colocada na parte interior da orelha. Essa perfuração também é conhecida por anti-relix e uma das que mais doem.
  • Daith: o daith fica localizado na parte interior da orelha, logo acima do ouvido.
  • Conch: esse piercing na orelha atravessa toda a cartilagem da orelha.
  • Industrial: essa é uma perfuração clássica. Quem é que não lembra daquele piercing que era feito na ponta da orelha e atravessava a região tendo um segundo furo mais ou menos no meio da orelha? Era uma modalidade muito comum nos anos 2000 e também conhecida como transversal.
  • Snug: o snug fica basicamente no centro da orelha.
  • Orbital: o piercing na orelha orbital é uma argolinha que atravessa furos diferentes.
  • Outer conch: esse piercing na orelha são dois furos na aba externa da orelha.
  • Helix espiral: a helix é um tipo de perfuração onde é feito diversos furos ao longo da orelha e colocando joias que se assemelham a uma espiral de caderno.
  • Alargador: essa é uma perfuração muito feita também. O alargador nada mais é que colocar uma joia, normalmente redonda no lóbulo da orelha. Para isso é preciso alargar o lóbulo. Essa abertura vai depender do tamanho que você quer, tem alargadores de 1mm a 30 mm. O body piercing corta o lóbulo com um instrumento e depois insere o alargador.

Como dito, as joias mais comuns são redondas, mas já existe no mercado alargadores quadrados e até de coração. Ainda tem em forma de argola, em cores diferentes, enfim, diversos modelos para você sempre trocar.

Cuidados com piercing na orelha

A região da orelha, por ter cartilagem, é uma região onde o furo pode dar queloide se não for bem cuidado, por isso é muito importante você seguir as instruções dadas pelo profissional do furo, inclusive o não consumo de alguma comidas, como carne de porco.

Na hora de limpar o piercing você pode usar algum tipo de solução, soro fisiológico ou antisséptico. O legal é que o antisséptico deixa a região dormente, então é uma ótima saída se você está sentindo muita dor na região.

Veja também – Piercing na vagina: dicas, cuidados e fotos

Não esqueça de lavar as mãos antes de limpar o local, e também evite de colocar a mão toda hora, ainda mais porque nossa mão está sempre suja e cheia de bactérias.

É importante também que a limpeza seja feita mais de uma vez ao dia, só para garantir.

Outro cuidado muito importante é você escolher um profissional e um lugar de confiança para fazer a perfuração. Isso é tão importante quanto seguir as recomendações de limpeza.

É preciso verificar se ambos são confiáveis, se o local é limpo, a procedência do material, se o material é descartável e se o profissional está mesmo apto a fazer a perfuração, principalmente por ser uma região tão delicada quanto a orelha. Não fique só preocupada com o valor e esqueça da sua segurança, é preciso se preocupar com ambos.

Veja também – O que é o piercing labret: dicas e fotos

Mesmo porque se você escolher um profissional que não sabe fazer o procedimento corretamente, além de por sua saúde em risco, você perde dinheiro e ainda corre o risco de ter que fazer a perfuração novamente. Então escolha um lugar legal onde você tem certeza que o furo foi feito corretamente e você não terá que pagar para fazer novamente.

Verificando isso e seguindo todas as recomendações do profissional de body piercing com certeza você não terá problemas com a joia e logo poderá até fazer outra perfuração.

E para te ajudar na escolha do seu piercing na orelha deixaremos algumas fotos de diversos modelos e cores para você escolher o seu. Não esqueça de comentar de qual deles você mais gostou e como foi o processo, inclusive se esse foi o seu primeiro.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */