Especiarias

Pimenta faz mal? Respondemos essa pergunta nesse texto!

Pessoas que sofrem com problemas de estômago ainda ficam com muitas dúvidas se a pimenta faz mal ou não. Considerada vilã por muitos anos, será que este condimento faz tanto mal para a saúde como muitos acreditam? Saiba toda a verdade aqui e veja como ela não é tão prejudicial assim como pensamos.

Presente em diferentes culinárias ao redor do mundo, a pimenta realça o sabor de alguns pratos e, ao contrário do que muitas pessoas pensam, ela é benéfica para a saúde.

Durante anos ela foi considerada uma verdadeira inimiga para a nossa saúde, sendo atribuída inclusive a diversos desconfortos estomacais. Não podia ser consumida de jeito nenhum pelas pessoas que sofriam com problemas do sistema digestório.

Pessoas que sofrem com esses problemas não consomem pimenta até hoje.

Mas será que a pimenta faz mal mesmo? Essa é a pergunta que muitas pessoas fazem até hoje. Estudos e pesquisas ainda estão sendo realizados. O que se sabe ao certo é que ela não é tão vilã assim como aprendemos.

Mas afinal, a pimenta faz mal mesmo?

Afinal, será que a pimenta faz mal mesmo? Tenho um pouco de má digestão, será que posso comer pimenta? E quem tem gastrite, úlcera, má digestão ou azia, podem comer pimenta?

Essas perguntas são muito comuns e feitas geralmente pelas pessoas que amam pimenta, mas sofrem com algum desconforto na região do estômago e por isso deixaram de consumi-la.



Se a pimenta faz mal ou não, tudo é relativo, pois se você consumir uma quantidade exagerada de pimenta, ela provavelmente fará muito mal ao seu organismo.

Em quantidades moderadas, ela é muito tolerável e pode ser benéfica para a saúde, aumentando a imunidade.

A ardência que ela causa no paladar foi um dos motivos que a fizeram ganhar a fama de vilã perante as doenças do estômago. Mas acredite: é justamente nesse gosto ardido que as propriedades benéficas estão escondidas.

Conheça os benefícios dessas 10 pimentas!

Se você leu esse texto até aqui é porque está interessado em saber se a pimenta faz mal ou não, não é mesmo?

Como você pode observar, ela não faz mal a saúde se consumida em quantidades toleráveis ao corpo. Consumir pimenta em exagero, como qualquer outro alimento, pode provocar desconfortos terríveis, levando quem consumiu a óbito em casos mais extremos.

Acredite: pimenta faz bem para o organismo!

Listamos alguns dos seus principais benefícios para você conhecer e inseri-la na sua dieta diariamente. Acompanhe!

1 – Pimenta Jalapeño

Essa pimenta é muito tradicional no México e possui benefícios consideráveis para a saúde. Praticamente todos os mexicanos já consumiram esse tipo de pimenta.

Muito rica em vitaminas e minerais, a pimenta Jalapeño contém vitaminas A, C, Complexo B, fósforo, ferro, zinco, magnésio, cobre, manganês e cálcio.

Os principais benefícios observados no corpo estão na saúde dos olhos, pele e cabeça. Ela atua como um anti-inflamatório natural e é uma excelente combatente dos radicais livres no organismo.

2 – Pimenta biquinho

Você, sem dúvidas, já comeu essa pimenta sem saber que era uma pimenta. Ela vem geralmente no meio da salada e não é nem um pouco ardida.

Seu gosto dá um tempero especial nos alimentos.

É rica em vitaminas K2, A, B6 e C, além dos minerais potássio, fósforo, ferro, cálcio e magnésio.

3 – Pimenta cambuci

Esse tipo de pimenta vem da família dos pimentões, é levemente adocicada e rica em proteínas.

Segundo pesquisas, o consumo desse tipo de pimenta contribui para o aumento da endorfina. Isso quer dizer que pode ser uma excelente aliada ao combate da depressão.

4 – Pimenta rosa

Com tantas opções, você deve estar se perguntando: mas afinal, a pimenta faz mal ou não faz?

Acho que já deu para perceber que ela não faz tão mal assim, certo?

A pimenta rosa é uma pimenta totalmente brasileira. É conhecida, inclusive, pelo nome de pimenta do Brasil, aroeira vermelha, aroeirinha, aroeira pimenteira.

5 – Pimenta malagueta

A pimenta malagueta é bem versátil e costuma ser utilizadas em diferentes situações. Rica em diversas vitaminas e minerais, auxilia ativamente na recuperação do perfeito funcionamento do corpo humano.

Muitas pessoas a utilizam em pomadas, compressas quentes, tinturas e emplastros para tratar coceiras causadas por alergias.

Ela também se mostrou muito eficaz no tratamento da herpes zoster.

6 – Pimenta do reino

Esse tipo de pimenta é muito comum na mesa dos brasileiros. Sua origem vem da Índia e possui diversas propriedades benéficas para o sistema digestório.

Muitos afirmam que este tipo de pimenta faz mal. Durante muitos anos, inclusive, ela foi uma verdadeira vilã. Ao contrário do que se pensa, ela possui ação anti-inflamatória, expectorante e antiartrítica.

A piperina é um poderoso componente que melhora toda a circulação sanguínea. Pessoas que tenham problemas com varizes e tromboses podem fazer uso deste ingrediente natural para auxiliar no tratamento.

7 – Pimenta caiena

Ao contrário do que muitos pessoas pensam, a pimenta caiena é excelente para todo o sistema digestório. Além disso, é excelente para as dores causadas pela enxaqueca.

É rica em vitaminas C, A B6, K e E, além de alguns nutrientes como potássio e manganês.

8 – Pimenta dedo-de-moça

O conceito de que a pimenta faz mal já não é mais um informação que as pessoas levam tão a sério, pois muitos estudos já estão provando o contrário.

A pimenta dedo-de-moça é uma pimenta muito popular no país e muito consumida em dezenas de cozinhas.

Ela é rica em vitaminas C, E e A, que possuem uma fonte inesgotável de antioxidantes, ajudando na digestão e na aceleração do metabolismo. Esses efeitos contribuem para que o colesterol atinja seus níveis normais e as células recebam ações anti-inflamatórias.

9 – Pimenta tabasco

O tipo de pimenta tabasco é um dos mais picantes e populares no nosso país. Você pode encontrá-las nas cores verde, laranja, vermelha e amarela.

Se você tem dúvidas se essa pimenta faz mal, consuma-a e note os resultados.

Ela é um excelente alimento natural que contribui para as ações anti-inflamatórias e energizantes das células.

10 – Pimenta cumari

Este tipo de pimenta não é muito conhecida no nosso país, porém, ela é rica em vitaminas e minerais. Tem um sabor bem característico, com funções antioxidante e anti-inflamatória.

Se você ainda tem dúvidas se a pimenta faz mal ou não, você precisa experimentar esse tipo de pimenta.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */