Remédios

Podofilina, medicamento anti-verrugas: saiba tudo aqui

A podofilina pode não ser um medicamento de nome tão popular. No entanto, promete ser um dos maiores aliados no combate a um problema bastante incômodo que afeta muita gente: as verrugas. Se você sofre com elas e quer saber mais a respeito de como se livrar das suas verrugas, acompanhe nosso texto.

Nele, você vai aprender tudo sobre a podofilina, entender melhor como ela funciona e quais são as sua aplicações. Além disso, separamos algumas informações a respeito das contraindicações para você se informar melhor com o seu médico!

O que são verrugas?

Antes de entender o que é a podofilina, talvez o ideal seja compreender um pouco melhor o que são as verrugas. Isso porque muita gente confunde qualquer coisa diferente na pele, como as pintas, com uma.

Entretanto, verrugas se diferem de outras doenças na pele por um motivo bastante simples: elas são sempre causadas por um vírus. Existem diversas outras lesões de pele que podem deixar uma área mais elevada ou com cores diferentes, por exemplo. No entanto, estas geralmente têm outras origens e não estão relacionadas a vírus.

As verrugas mais comuns costumeiramente são altas e têm um aspecto mais áspero e um pouco disforme. É claro que existem muitos tipos de verrugas, mas estas são as mais comuns e são pouco preocupantes. Elas são consideradas benignas e não ameaçam desenvolver nenhum outro tipo de doença.

Por outro lado, as verrugas genitais podem trazer sérias complicações. Por isso, é muito importante procurar um médico e buscar o tratamento do vírus. Principalmente entre as mulheres. As verrugas genitais são DSTs (Doenças sexualmente transmissíveis) relacionadas ao HPV (Papiloma Vírus Humano).

O HPV pode passar despercebido por muito tempo, principalmente entre os homens. O que pode, então, provocar um alto grau de contágio. Embora nos homens os sintomas sejam apenas o aparecimento das verrugas, nas mulheres o quadro pode se complicar. O HPV pode acabar se tornando responsável inclusive pelo câncer de colo de útero.

Portanto, se houver desconfiança de contração do vírus ou aparecimento de verrugas genitais, o recomendável é procurar um médico o quanto antes. Lembre-se, também, que a melhor forma de evitar algum problema futuro como este é sempre usar preservativo.

Como funciona a Podofilina?

A podofilina é um medicamento criado a partir de ativos presentes em duas plantas do gênero Podophyllum, entre elas a mandrágora americana.

Ao ser manipulada, a planta então se torna um poderoso citotóxico. O que isso significa é que ao aplicar a solução resultante diretamente na verruga, ela causará uma reação diretamente nas células. Aos poucos, a podofilina irá atuar matando as células da verruga, impedindo que elas se multipliquem.

Em verrugas pequenas, o processo pode demorar apenas três dias. Isso, é claro, se seguir corretamente as instruções. E elas não costumam ser muito complicadas. Basta aplicar a solução diretamente na verruga e cobrir a área. Então, aguarde entre 6 e 8 horas. Finalizando esse período, lave e reaplique. Em três dias, verrugas pequenas simplesmente caem.

No entanto, é necessário acompanhamento médico para que ele indique a porcentagem correta do seu medicamento. Além de indicar as instruções corretas para a aplicação do remédio.

Contraindicações

A podofilina é um medicamento bastante poderoso. Por isso, ela raramente é indicada para uso em crianças. E mesmo os adultos têm instruções para ter muito cuidado na aplicação.

Ela só deve ser utilizada sobre a verruga. Qualquer contato com outros tecidos deve ser evitado. Por isso, indica-se que cubra a área após a aplicação. Isso porque a podofilina não fará diferença entre as células que afeta. Ou seja, se ela entrar em contato com a pele saudável, será igualmente abrasiva.

Havendo contato acidental, lave a área imediatamente. A pele poderá coçar, arder e ficar com aspecto de queimado, mas em poucos dias deve voltar ao normal.

Mulheres com gestações de risco, crianças e mulheres lactantes devem evitar o uso do produto. O ideal é buscar acompanhamento médico especializado.

Também é recomendável que o paciente seja testado para alergia a podofilina, evitando efeitos colaterais alérgicos desagradáveis.

Este medicamento é indicado para uso tópico. Ou seja, ele é geralmente manipulado em forma de pomada ou creme para passar diretamente sobre a verruga. O consumo oral é altamente contraindicado. Ele pode provocar efeitos adversos graves como: vômito, diarréia, dores abdominais, confusão mental, delírios e em casos extremos até a morte.

É necessário receita?

Sim, a podofilina é um medicamento controlado. O que quer dizer que, para a sua venda, é necessário ter uma receita médica. Por isso, você deve passar inicialmente por um especialista. Ele será responsável por indicar a concentração correta de podofilina para o seu caso. Além disso, o profissional também deverá acompanhar o seu tratamento, principalmente se não houver melhora após as aplicações segundo as instruções.

Além disso, este é um medicamento de preço elevado, variando entre 40 e 200 reais. Portanto, antes de arriscar gastar dinheiro ou danificar a sua pele com ele, é muito importante ter a avaliação e as instruções de um especialista.

Concentrações e suas indicações

A concentração do medicamento pode variar de acordo com o que o seu médico achar necessário para o seu caso. As pomadas podem variar em concentrações de 5% a 50%.

A de 5% é geralmente indicada para verrugas pequenas e casos mais leves, quase imperceptíveis.

A de 25% é a mais comum e mais comercializada. Geralmente indicada para verrugas vulgares, que podem ser maiores. No entanto, são também as mais vistas. São aquelas que aparecem em cotovelos, joelhos e áreas onde há alguma fricção.  Tanto adultos quanto crianças podem ter este tipo de verruga.

Já as de concentração acima de 25% são, geralmente, utilizadas para tratamentos mais agressivos como HPV ou mesmo câncer de pele. A manipulação dessas soluções deve ser ainda mais cuidadosa, já que ela pode prejudicar em muito a pele afetada.

Considerações finais

A podofilina pode ser uma aliada valiosa no combate às verrugas. Porém, o acompanhamento médico é imprescindível. Especialmente se suas verrugas forem genitais. Lembre-se que o medicamento exige alguns cuidados para não prejudicar o restante da sua pele. Além disso, apenas um profissional saberá receitar a concentração correta e os intervalos entre as aplicações.

/* ]]> */