Beleza Cabelos

Pomada para cabelo: saiba como usar esse produto finalizador corretamente

Você está sempre em busca de novidades para aumentar o arsenal de produtos e cosméticos? Então, chegou ao lugar certo, bonita!

E se os itens de beleza que estão faltando para completar a coleção na sua penteadeira são finalizadores capilares, que proporcionam um toque de estilo e charme à produção final do visual, além dos produtos mais populares, como leave-inspray fixador, creme para pentear, reparador de pontasprotetor térmicoativador ou umidificador de cachossérum ou óleos, entre outros que você já deve estar careca (por favor, NÃO!) de tanto usar, já pensou que uma pomada modeladora pode ser a cartada final para estilizar e modelar os seus fios com sucesso?

É isso mesmo! As pomadas para cabelo são os mais novos aliados no styling das madeixas e, se usadas corretamente, podem trazer ainda mais glamour ao look, mas, é claro, sem deixar de lado o aspecto de naturalidade, que é o mais importante para compor um visual harmônico e atraente de verdade.

Elas são indicadas para a finalização de penteados, como coques ou tranças, ou simplesmente para manter o efeito lisinho da escova e chapinha por mais tempo. Além de poder ser aplicada em todos os tipos de cabelo, a pomada capilar é uma ótima opção para substituir o gel no dia a dia e variar um pouco o efeito wet hair, ou seja, de fios com uma aparência “molhada”.

Quer saber qual é o segredo para ter fios modelados e lindos, dignos de uma celebridade de Hollywood, com esse produtinho finalizador? Então, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo que eu te conto como usar pomada para cabelo passo a passo sem errar! Vamos lá?

Cera ou pomada: qual é a diferença?

Por terem uma consistência bastante parecida, é comum muitas mulheres confundirem a cera com a pomada capilar. Daí, acabam levando uma achando que é a outra ou que, pelo menos, possuem o mesmo efeito, o que é um equívoco e tanto! Se você também achou que esses dois produtos finalizadores eram a mesma coisa, é bom saber que eles têm muitas diferenças, a começar pela textura.

Enquanto a cera capilar possui uma consistência mais densa, sendo possível até encontrá-la sob a forma de bastão, a pomada para cabelo é mais cremosa, com uma textura bem grossa e até pegajosa. Portanto, ao passo que esta última oferece um efeito mais seco aos fios, podendo ter ou não brilho, o que vai depender do tipo de pomada que você comprar, a cera deixa as madeixas mais “ensebadas” e sem brilho, especialmente se for aplicada em quantidades exageradas.

Em relação à fixação no cabelo, a cera é mais leve, o que significa que, se for usada com moderação, não deixará aquele temido efeito endurecido nos fios, podendo ser uma aliada perfeita até para a finalização dos penteados ou styling no dia a dia.

Já a pomada modeladora, na maioria das vezes, possui fixação de média à alta, o que quer dizer que não será possível aplicá-la no cabelo no dia a dia, a não ser que você queira lavá-lo todos os dias, o que não é recomendado. Em vez disso, o ideal é utilizá-la para penteados para festas, casamentos ou eventos, ou seja, quando a intenção é deixar o look no lugar e em ordem por mais tempo.

Veja também:

Qual tipo de pomada para cabelo escolher?

Existem vários tipos de pomadas para cabelo disponíveis no mercado beauté para as vaidosas que amam se aventurar na estilização dos fios! As mais procuradas são aquelas nas versões em pó, spray e pastosa, sendo que cada uma tem uma função e efeito diferente no cabelo. Veja:

Pomada em pó

Você é mais prática e não gosta de perder muito tempo na frente do espelho modelando as madeixas? Então, a pomada em pó é a opção ideal para você! Recomendada principalmente para cabelos oleosos, essa versão do produto finalizador tem efeito matte e, portanto, ajuda a eliminar o aspecto sujo e “pregado na cabeça” causado pela oleosidade excessiva nos fios, deixando o visual mais natural.

É claro que não é uma regra, mas se você tiver fios muito finos, ela pode dar um resultado melhor! Para utilizá-la corretamente, basta colocar uma pequena quantidade do pó nas pontas e comprimento das madeixas, que devem estar totalmente secas.

E lembre-se: aplique sempre o produto diretamente no cabelo, pois passá-lo primeiro nas mãos pode levar ainda mais oleosidade para os seus fios.

Pomada em spray

Ao contrário dos demais tipos de pomada modeladora, a versão em spray é mais prática e rápida de usar, já que não necessita de muita precisão manual, tal como a em pó. A única coisa que essas duas versões têm em comum é o efeito mais volumoso que conferem aos cabelos.

Para usar a pomada em spray, o movimento correto de aplicação é de baixo para cima, levantando os fios para cima aos poucos, sendo crucial passar pela raiz, o comprimento e as pontas, terminando com um o movimento de amassar nas pontas. Vale lembrar que, assim como qualquer tipo de pomada, para fazer a aplicação, o cabelo deve estar totalmente seco, já que se trata de um produto de finalização, ok?

Pastosa

Se é estilo que você quer para os seus fios, especialmente se forem curtinhos, a pomada pastosa é a melhor opção! Com ela, você poderá dar mais personalidade ao corte, como o pixie ou buzzcut, e tirar aquele ar mais “certinho” do cabelo e deixá-lo mais cheio de atitude e personalidade.

E para usá-la é muito fácil! Ao contrário da versão em pó, a pomada pastosa deve ser aplicada primeiramente nas mãos para, só então, levá-la às madeixas. Aplique o produto somente nas pontas e aposte em uma quantidade semelhante ao tamanho de uma moeda de 50 centavos para não deixar os fios com aspecto sujo e “ensebado”.

Como cuidar do cabelo com pomada modeladora?

Ficou preocupada com o aspecto sujo! Você tem toda a razão, principalmente se cometer alguns deslizes, como exagerar na quantidade aplicada nos fios das pomadas com efeito matte, que tiram a oleosidade dos fios e, portanto, também removem o brilho destes quando usadas de maneira exorbitante. O resultado? Fios com uma aparência suja, opaca e sem vida. Então, fica a dica!

Além disso, acontece também de você aplicar pomada várias vezes durante um dia ou uma semana, sem lavar o cabelo ou, pior, lavando com preguiça, sem o cuidado necessário para remover o acúmulo do produto, resultando novamente no aspecto sujo.

Por isso, para evitar tudo isso, a dica dos hairtylists do momento é para que se lave o cabelo com um shampoo antirresíduos, pelo menos, a cada 15 dias, para retirar bem o excesso de resquícios das pomadas, independente da versão que você escolher para usar, evitando o temido efeito build-up e preservando a saúde e beleza das suas madeixas.

E aí? Gostou de saber mais sobre como usar a pomada para cabelo? Então, que tal compartilhar esse artigo nas suas redes sociais para ajudar também as suas amigas a utilizarem esse produtinho corretamente?

Até a próxima!

/* ]]> */