Doenças Saúde

Prisão de ventre: O que é e como lidar com o intestino preso

Prisão de ventre

Você já sentiu dificuldade na hora da evacuação? Pois saiba que esse é um problema mais comum do que você imagina. Estima-se que pelo menos uma a cada 5 pessoas, enfrenta dificuldade eventual ou persistente na função intestinal, o que dentre outros fatores, pode evidenciar uma prisão de ventre.

De modo geral, o maior erro que as pessoas podem cometer nesse sentido, é o de não dar a devida importância ao problema, já que a falta de cuidados pode levar a um agravamento do caso e até trazer outros prejuízos á saúde. Mas o que é exatamente o intestino preso? E como lidar com o problema? Na sequência apresentamos algumas informações nesse sentido.

Prisão de ventre

A prisão de ventre, ou constipação, é descrita como a dificuldade ou mesmo a impossibilidade de evacuação das matérias fecais, o que resulta na redução acentuada na quantidade de defecações. Isso se deve a uma retenção anormal e prolongada das fezes no intestino grosso, de modo que elas se tornam duras e ressecadas.

Conforme já adiantado, quando o paciente que sofre com o problema não procura auxílio médico, a questão pode tomar proporção muito maior. A lista de doenças que podem ter relação indireta com a prisão de ventre, por exemplo, pode incluir diabetes, meningite, colite, dentre outros.

Mas como lidar com o intestino preso?

Diante do incômodo e dos claros prejuízos que o problema do intestino preso podem trazer à saúde, a recomendação clara e imediata é a procura de um médico, especialmente nos casos em que o problema se tornou recorrente.

Isso é importante porque o profissional da saúde poderá recomendar o melhor meio possível para o tratamento do problema, evitando assim, as eventuais consequências.

Agora, apesar de a consulta ao médico ser indispensável, existem algumas soluções caseiras que podem de antemão, contribuir com o alívio do problema enquanto não chega a data da consulta, por exemplo. Entre as opções, está o consumo de frutas e legumes que podem contribuir com o melhor funcionamento do intestino.

A lista de recomendações inclui:

  • Mamão – fruta que possui sais minerais, fibras e um alto teor de betacaroteno, antioxidante importante para a obtenção da vitamina A. Além de contribuir com a saúde do intestino, o alimento possui ainda propriedades calmantes, que ajudam também aqueles que tem estômago sensível. Nutricionistas recomendam o consumo da fruta pela manhã.
  • Ameixa seca – combinada ao consumo diário de uma boa quantidade de água, a ameixa seca também pode contribuir com a saúde intestinal. De acordo com especialistas, nessas condições ela pode funcionar como laxativo natural, contendo alto teor de fibras insolúveis.
  • Abóbora – o vegetal é rico em fibras, zinco, potássio e ferro, por isso, além de ajudar na redução da vontade por guloseimas, pode contribuir com o equilíbrio da flora intestinal se consumido ao menos três vezes por semana.
  • Iogurte – os comerciais e noticiários que falam sobre a importância do iogurte para a saúde da flora intestinal, fazem bastante sentido. Isso porque, segundo especialistas, o alimento pode ser eficiente nesse sentido devido à presença dos lactobacilos em sua composição e também por estimular a proliferação de bactérias benignas ao intestino, o que ajuda manter seu ritmo e funções em ordem. Para potencializar os resultados, pode-se considerar combinar o iogurte com uma colher de semente de linhaça.
LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
close-link
/* ]]> */