Beleza Cabelos

Produtos orgânicos para o cabelo: confira os benefícios e lista com as melhores marcas

Novas mudanças pedem novas atitudes! E isso serve para tudo na vida, inclusive para cuidar do cabelo. Por isso, se você está pensando em trocar os produtos tradicionais que você usa para lavar e tratar os seus fios por algo mais natural e saudável, os produtos orgânicos para cabelo podem ser uma alternativa.

Eles têm sido bastante procurados nos últimos tempos no mais novo mercado ‘beuaté green’ pelas vaidosas que querem potencializar a saúde e beleza das suas madeixas a partir de cosméticos 100% naturais, à base de ingredientes extraídos diretamente da natureza e totalmente livres de aditivos químicos, que são prejudiciais à fibra capilar e, ainda, ao meio ambiente e animais.

Para você ter uma ideia, talvez você não saiba, mas algumas dessas substâncias químicas que você costuma ver no rótulo de produtos capilares comuns, como silicones, sulfatos e petrolatos, apesar de parecerem inofensivas à saúde, têm sido relacionadas em alguns estudos como causadoras de câncer e outras doenças, além de prejudicarem a fauna e a flora de maneira desumana e cruel.

E o pior disso tudo é que, muito provavelmente, você já teve ou deve ter aí na sua penteadeira neste exato momento algum produto de marca tradicional que não só usa ingredientes de origem animal para a fabricação de seus cosméticos capilares, como sebo, urina ou placenta de carneiro, por exemplo, como também testa esses mesmos produtos nos pobres bichinhos.

Por esta razão, surgiram atualmente no mercado de cosméticos algumas opções de produtos capilares que podem te ajudar a cuidar melhor da sua saúde e do seu cabelo, mas sem afetar a natureza. Alguns deles você já conheceu melhor aqui no blog, como é o caso dos produtos veganos para cabelo. Se você ainda não leu esse post, corre lá agora mesmo para ver!

Agora, no nosso artigo de hoje, você vai conhecer melhor sobre os produtos orgânicos para cabelo, com dicas de como aproveitar os seus benefícios e uma lista com as melhores marcas para você começar a usá-los na sua rotina de cuidados com os fios. Preparada para aprender a cuidar de você sem agredir a natureza? Então, venha comigo!

Atenção! Esse post está longe de querer convencê-la a deixar de usar cosméticos de marcas tradicionais, ok? O conteúdo é meramente educacional, que busca apenas informar e trazer reflexão.

O que é um produto orgânico para o cabelo?

De acordo com as instituições certificadores de produtos orgânicos aqui no Brasil, que são o Instituto Biodinâmico (IBD) e Ecocert Brasil, que têm a função de garantir o uso de recursos naturais de forma segura em todas as etapas de fabricação dos cosméticos, desde o processamento até o resultado final, os produtos orgânicos para cabelo são aqueles que possuem 95% de ingredientes orgânicos (vegetal ou de origem vegetal) em sua composição (sal e água não são contabilizados neste cálculo), e sem a utilização de agrotóxicos ou qualquer tipo de aditivo químico em relação à quantidade total de matérias-primas naturais utilizadas na formulação.

Dessa porcentagem, 10% dos ingredientes devem ser certificadamente orgânicos, ou seja, monitorados desde seu cultivo até o resultado final, a fim de certificar que eles não tiveram contato com nenhum tipo de agrotóxico ou qualquer outro aditivo químico. Além disso, para garantir que o meio ambiente não seja afetado, o método de extração dos ingredientes orgânicos também é monitorado.

Para serem considerados deste grupo, os cosméticos capilares NÃO PODEM CONTER:

  • Corantes ou fragrâncias artificiais;

  • Parafina;

  • Vaselina;

  • Silicones ou parabenos;

  • Sal;

  • Derivados do petróleo, como é o caso do petrolato e do óleo mineral;

  • Lauril sulfato de sódio ou propileno glicol;

  • Ingredientes de origem animal;

  • Ingredientes transgênicos ou irradiados.

Além disso, não podemos esquecer que os produtos orgânicos, como falamos no início desse artigo, não podem prejudicar a saúde do consumidor, do meio ambiente ou dos animais. Por isso, para atender a esse primeiro requisito, as marcas precisam estar preocupadas, desde o início da fabricação até o resultado final, para que o produto faça bem não somente à pele ou cabelos do consumidor, mas também à sua saúde como um todo, o que se chama de “equilíbrio saudável do organismo”.

Neste sentido, podemos identificar uma das primeiras vantagens dos produtos orgânicos para cabelo em relação aos tradicionais, já que estes últimos trazem todas substâncias químicas listadas anteriormente e, portanto, ajudam a melhorar a nossa aparência (mesmo que de forma “maquiada”, como você vai entender melhor mais à frente), mas não cuidam da nossa saúde.

Ainda, como a flora e a fauna também são importantes aqui, os produtos orgânicos capilares também devem seguir as seguintes regras dispostas pelas instituições certificadoras da categoria aqui no país:

  • Não fazer testes em animais;

  • Não agredir espécies em risco de extinção (plantas e animais) e a fabricação do produto não pode trazer efeitos negativos ao equilíbrio ecológico;

  • Preservar as qualidades originais das matérias-primas usadas na fabricação do produto, ou seja, cuidar para que a fórmula deste use sempre, e o máximo possível, as matérias-primas orgânicas e naturais;

  • Sobre o uso de matérias-primas minerais, é permitido desde que elas sejam utilizadas a partir de suas propriedades intrínsecas e, ainda, que a sua extração não provoque degradação ou poluição da paisagem, atendendo aos critérios de pureza exigidos.;

  • Evitar, sempre que possível, a modificação das matérias-primas in natura;

  • Garantir a qualidade e rotulagem clara dos produtos para a orientação dos consumidores;

  • Promover o mínimo de danos ao meio ambiente, tanto em relação à fabricação do produto quanto ao seu uso e descarte;

  • Sobre o uso de matérias-primas de origem animal, só é permitido a partir de coleta feita por seres humanos, como é o caso do leite e seus derivados, o mel e seus derivados, e da lanolina, desde que não tenha sido extraída com hexano. Neste caso, os animais devem ter sido criados no sistema orgânico de produção;

  • É proibido usar matérias-primas de animais vertebrados sacrificados com o objetivo específico de extração do material para a fabricação do produto;

  • Também é proibida a utilização de produtos geneticamente modificados;

  • Oferecer garantia da segurança máxima ao consumidor.

Qual é a diferença entre produtos naturais, orgânicos, veganos e cruelty-free?

Apesar de muitas pessoas confundirem esses produtos, há uma grande diferença entre cada um deles. Segundo a Ecocert e o IBD, como você já leu anteriormente, os produtos orgânicos para cabelo são aqueles que possuem 95% de ingredientes orgânicos (vegetal e de origem vegetal) em sua fórmula, enquanto os produtos naturais para cabelo são aqueles que possuem apenas 50% desses ativos vegetais orgânicos em sua composição.

Já os produtos veganos possuem ativos 100% vegetais, ou seja, não utilizam quaisquer ingredientes de origem animal na sua composição. Sabendo disso, é válido dizer que nem todo produto natural é orgânico e, ainda, que nem todo produto natural ou orgânico é vegano.

Os produtos cruelty-free, por sua vez, são aqueles não testados em animais. O que significa que todo produto natural, orgânico ou vegano só será considerado cruelty-free se não for testado em animais.

Veja 5 motivos para usar produtos orgânicos capilares

Agora que você já sabe tudo sobre os produtos orgânicos para o cabelo, chegou a hora de conhecer 5 bons motivos para deixar os seus produtos capilares tradicionais e apostar nas versões com ingredientes vegetais:

1 – Não agridem o meio ambiente

Ao utilizar ingredientes orgânicos na sua formulação, tais como óleos essenciais, minerais e plantas, por exemplo, os produtos orgânicos para o cabelo não agridem o meio ambiente nem antes ou depois que saem pelo ralo do banheiro, ao contrário dos tradicionais, que possuem aditivos químicos agressivos à natureza e, também, à saúde, já que podem causar doenças como o câncer.

Além disso, as marcas que fabricam os produtos capilares com ingredientes orgânicos costumam usar recipientes ecológicos e materiais reciclados para armazená-los, outro fator que protege o meio ambiente.

2 – Fazem bem para os cabelos e pele

Ao contrário dos produtos com substâncias químicas em sua composição, os produtos orgânicos para o cabelo podem ajudar na melhora da saúde dos nossos cabelos e pele, uma vez que os vegetais contidos podem combater o envelhecimento precoce destes e evitar doenças na região do couro cabeludo.

3 – Não fazem testes em animais

Todas as marcas de produtos orgânicos para cabelo – ou, pelo menos, a maioria delas – não utilizam ingredientes de origem animal na fabricação de seus cosméticos e nem fazem testes desses produtos nos nossos bichinhos. Por isso, eles são ótimas opções também para pessoas vegetarianas, veganas ou que defendam qualquer causa a favor da proteção dos animais.

4 – Não possuem petrolatos

Como eu falei ao longo desse artigo, os produtos orgânicos para cabelo não possuem aditivos químicos derivados do petróleo em sua composição, como é o caso dos petrolatos, aromas e óleos minerais Estes são conhecidos por causarem problemas à saúde da pele e cabelos, como acnes, obstrução dos poros (inclusive, no couro cabeludo), reações alérgicas e até quadros de saúde graves, como problemas nos rins e no fígado.

5 – Não contêm parabenos

Ao optar por usar produtos orgânicos para cabelo, você também estará livre dos parabenos, que está presente na maioria dos cosméticos e produtos capilares tradicionais e que têm o seu uso relacionado a problemas desenvolvidos a longo prazo, como é o caso de danos ao DNA, envelhecimento precoce, cânceres e problemas hormonais.

Portanto, fique atenta! Ao ver nomes como “parfum” ou “fragrância” nas embalagens de produtos que você usa nas suas madeixas, passe longe!

Empresas brasileiras certificadas para a produção e exportação de ingredientes orgânicos

Algumas empresas aqui no Brasil já possuem o selo de qualidade das instituições certificadoras de produtos orgânicos para cabelo para produzi-los e, também, para exportar as matérias-primas naturais usadas na fabricação destes para outras empresas ou marcas, sejam estas nacionais ou internacionais. São elas:

  • Ikove (Florestas);

  • Surya;

  • Amazoniaviva Cosmetics;

  • Magia dos Aromas;

  • Cheiro Verde Cosméticos Orgânicos e Naturais;

  • Reserva Fólio;

  • Arte dos Aromas;

  • Multi Vegetal;;

  • Beraca (que nada mais é que a principal fornecedora de matérias-primas para os cosméticos de marcas como Jequiti, O Boticário e Natura).

Quais são as melhores marcas?

Surya Brasil

A Surya é uma das principais empresas aqui do Brasil a oferecer produtos veganos, naturais e orgânicos. A sua marca registrada é utillizar ingredientes brasileiros, como murumuru, buriti e cupuaçu com ervas e plantas indianas milenares. Com certificados como Ecocert, Cruelty Free e Vegan, a marca trabalha com uma grande variedade de produtos, com linhas para cuidados com a pele e cabelo e, ainda, algumas específicas também para o público masculino.

Alva Naturkosmetik

Nascida em 1988, a empresa alemã Alva vende no Brasil suas 12 linhas com dezenas de produtos naturais e orgânicos.

Lush

Com ingredientes naturais, 100% vegetarianos e produtos fabricados à mão, a empresa britânica Lush voltou ao Brasil há pouco tempo com seus cosméticos feitos com frutas, vegetais e óleos essenciais.

NG de France

Situada em Osório e com óleos 100% orgânicos vindos do sul da França, a empresa oferece linhas para cuidar dos cabelos tanto em casa quanto no salão de beleza.

Cativa Natureza

Criada em 2008, a Cativa Natureza é a primeira rede de lojas do Brasil a comercializar cosméticos com insumos orgânicos rastreados.Produtos de cuidados para rosto, corpo e cabelos são a sua marca registrada, que também conta com cosmética probiótica.

Ikove Cosmetics

Também brasileira, a Ikove conta com produtos para rosto, corpo e cabelos certificados orgânicos, naturais, cruelty-free e, para os produtos com cacau, fair trade. É a única empresa de beleza nacional que carrega esse selo.

Estas são apenas algumas das marcas mais conhecidas no ramo de cosméticos orgânicos. Mas você também pode procurar por outras, como:

Confira lista com os melhores produtos orgânicos para o cabelo

Pelo fato de os produtos orgânicos para o cabelo serem bastante procurados, na hora de comprar, é necessário tomar alguns cuidados para não pagar mais caro por um produto que não é orgânico de verdade. Para não ser enganada, a dica é evitar aqueles muito cheirosos, coloridos ou baratos.

Outra forma de saber se o produto é realmente orgânico é procurar os selos de certificação nos rótulos, já que os itens são rastreados desde a plantação até o momento de venda para o consumidor, justamente para evitar propagandas enganosas. Agora, veja a seguir os melhores produtos orgânicos para cabelo, que são os mais usados e procurados atualmente:

Shampoos

  • Shampoo Orgânico Ucuuba Surya Brasil Amazônia Preciosa
  • Shampoo Orgânico Lippia Alba Herbia 100% natural
  • Shampoo Revitalizante Plantas e Flores Alquimia por Paula Franco

Condicionadores

  • Condicionador Keune So Pure Moisturizing Conditioner Cabelos Secos
  • Condicionador Orgânico Lippia Alba Herbia
  • Condicionador Surya Brasil Amazônia Preciosa Ucuuba

Máscaras de Tratamento

  • Máscara Capilar Nutritiva de Madeira e Flores Alquimias de Paula Franco
  • Máscara Capilar Nutritiva Ucuuba Amazônia Preciosa Surya – Cabelos Cacheados e Encaracolados

Cremes para pentear

  • Sérum Capilar Riquezas da Terra

Óleos vegetais

  •  Óleo de Coco Palmiste Laszlo
  • Óleo de Coco Orgânico Finococo
  • Reparador de Pontas Orgânico Sapien Women com Óleos de Argan e Pracaxi Surya Brasil

E aí? Gostou de saber mais sobre os produtos orgânicos para o cabelo? Você já usou algum deles? Ou já usou outro que não esteja nessa lista? Então, compartilhe!

Até a próxima!

Último Vídeo do Nosso Canal


LISTA VIP!
Nossas Dicas no seu Email
Seja a primeira a saber das nossas últimas dicas. Coloque seu email abaixo e receba nossos posts:
Cadastrar!
Apenas 1 email por semana. Conteúdo Exclusivo!
close-link
/* ]]> */