Beleza Pele

Protetor solar com cor: saiba tudo aqui!

Protetor solar com cor

Outra vez mais o verão bate à porta, as temperaturas sobem e o sol volta a queimar a pele de deixar vermelha. E aí você pensa: preciso comprar já o meu protetor solar. Erro, você já sabe, pois protetor solar é para usar o ano todo, mesmo no inverno e em frente ao computador. Neste verão, que tal optar por um protetor solar com cor?

Com as muitas peripécias praticadas todo ano pela indústria de cosméticos em busca de você, consumidora, fica difícil escolher qual o produto adequado. A não ser, claro, que se trate de uma especialista, dermatologista ou profissional da área.

O protetor solar é indispensável

Então, vamos lá analisar as novas tendências e novidades do mercado, que não param de aparecer. E uma das mais recentes, ainda não perfeitamente deglutida por boa parte das mulheres, é o protetor solar com cor ou protetor solar com base.

Você já sabe – ou deveria estar cansada de saber – que ninguém deve deixar de passar um filtro solar na pele, todos os dias. Ele é indispensável para proteger sua pele contra os raios solares e impedir agressões silenciosas, algumas irreversíveis, como é o caso de doenças terríveis, como o câncer de pele.

Raios penetram profundamente na pele

Além disso, há as agressões menos violentas, mas, igualmente ruins para a pele, como manchas e queimaduras mais leves. E é indispensável saber que existem diferentes tipos de raios solares – como o UVA, UVB e o UVC -, todos com ações diferentes sobre a pele, mas, todas bastante agressivas.

UV é a abreviação de raios ultravioleta, que são radiações eletromagnéticas invisíveis a partir dos raios solares. Os UVA são raios presentes o ano todo e que penetram profundamente na pele, provocando lesões tão sérias como envelhecimento das células que apressam o envelhecimento da pele, com rugas e marcas profundas.

Protetor solar com cor

A ação de cada um dos raios solares

São também os UVA os principais responsáveis pelo surgimento do câncer de pele e por alergias, que preparam a pele para a doença mais grave. Mas, são também os UVA os responsáveis pelo bronzeamento da pele. Por isso, a aplicação do protetor solar com cor é excelente para dar uniformidade a esse bronzeamento e ajudar você e sua pele a ficarem mais bonitas e charmosas.

Já os raios UVB, que também estão presentes nos raios solares o ano todo, são parcialmente absorvidos pelas nuvens e diversas camadas atmosféricas da terra, mas, mesmo assim, causam estragos na pele humana. É ele que provoca as queimaduras do sol.

A camada de ozônio nos protege

Finalmente, os raios UVC. Estes seriam, segundo vários estudos científicos, os mais danosos à pele humana. Mas, são protegidos pelo oxigênio e pela camada de ozônio, não chegando à superfície terrestre. Se chegassem, nós humanos teríamos sérios problemas para sobreviver por aqui. Entendeu porquê é fundamental proteger a camada de ozônio da terra?

Em todo caso, para os raios solares que chegam até a terra, usar protetor solar é fundamental e, especialmente, o protetor solar com cor, essa novidade que anda rondando nosso desejo de ficar ainda mais bonita, o ano todo.

Busque o protetor conforme sua pele

No escolha do seu protetor solar, é indispensável que você faça a opção certa, de acordo com o seu tipo de pele. Não vá sair por aí comprando o primeiro que encontrar. Primeiro, é muito bom que ele tenha, no mínimo, FPS (Fator de Proteção Solar) 30, que é o que efetivamente faz a proteção.

Em segundo lugar, é preciso observar qual é o seu tipo de pele. Se for o caso de uma pele um pouco mais seca, busque um creme, que pode lhe oferecer melhor proteção e ainda ajuda a recuperar a oleosidade. Se for pele oleosa, procure um oil-free. Procure isso nas especificações escritas na embalagem do produto.

Protetor solar com cor

Luz do computador queima por repetição

Outra coisa bem importante para você levar em consideração é que o protetor solar com cor é o melhor para proteger você também contra os raios de luz visíveis. Não sabe o que é isso? São os raios emitidos pelo vídeo do computador, telefone móvel ou até mesmo lâmpadas. Estas luzes também podem ser nocivas à pele e, portanto, igualmente exigem proteção o dia todo.

Quantas horas você fica na frente do computador? Pois saiba que estes raios visíveis também podem provocar manchas na pele devido ao tempo de exposição e seus efeitos cumulativos. Isso especialmente no médio e longo prazos.

Protetor solar com cor à noite

É fundamental, também, levar em consideração que o protetor solar com cor a cada mês aumenta o número de variedades à sua disposição, de forma especial quanto às cores. Então, é preciso escolher aquele que melhor se adéqua à cor da sua pele, pois ele corrige imperfeições e, longe de sua cor natural, pode provocar efeito contrário.

Ou seja, ressaltar essas imperfeições. E por falar em ressaltar, para proteger-se também da correria do dia-a-dia e a falta de tempo para retocar a maquiagem, o protetor solar com cor ainda traz essa vantagem adicional: pode ser usado no prolongamento do dia, à noite, quando você dá aquela esticada com os amigos ou até com o namorado.

Não esqueça dos raios de luz visíveis

O protetor solar com cor já em sua pele vai esticar, também, a proteção às luzes visíveis que você vai encontrar na noite e, de quebra, manter a correção de imperfeições na pele, manter a hidratação e toda a proteção que já lhe ofereceu durante o dia. Talvez apenas precise de uma reaplicação rápida.

Boa parte das pessoas também acha que só existem aqueles protetores solares mais comuns, em gel ou creme em embalagens tipo creme dental. Ledo engano. Existem de cinco a seis filtros diferentes: em creme, gel, pó, bastão, fluid e duo cake. Todos exercem mais ou menos a mesma proteção solar, mas, cremes ou gel são mais fáceis de repor, especialmente quando em contato com a água do mar ou piscinas.

Mesmo protetor para rosto e corpo?

Alguns dermatologistas fazem distinção para o rosto e o restante do corpo. Para o rosto, boa parte prefere o protetor solar com cor em gel, que é um pouco mais seco e livra a oleosidade da pele.

Já os cremes seriam os indicados para as áreas maiores do corpo, como abdômen e costas. O importante mesmo é não sair de casa sem um bom protetor solar com cor – ou até mesmo sem cor -, mas, que vai protegê-la das ações nocivas dos raios solares durante o dia ou à noite. Bom verão, bom ano.

/* ]]> */