Maternidade Saúde

Remédio caseiro para bronquite infantil: conheça 5 tratamentos naturais

Problemas respiratórios em crianças são campeões em gerar preocupação dobrada. Ainda mais quando falamos de bronquite e doenças similares. Ver a criança tossindo o dia todo com dificuldade para dormir não é fácil. Sem contar a dificuldade para respirar.

Se você suspeita que seu filhote está com bronquite, fique atenta aos sintomas e procure um médico para que ele realize o diagnóstico oficial. Depois de visitar o médico, procure adicionar estes tratamentos naturais na rotina da criança para complementar as orientações do especialista.

Neste artigo, você saberá mais sobre a bronquiolite e a bronquite infantil. Conhecerá ainda uma lista de tratamentos naturais para fortalecer a saúde e deixar o organismo do seu pequeno mais forte para combater essa doença.

Não deixe de ver também:

Bronquiolite ou bronquite infantil?

Existe alguma confusão em relação às doenças respiratórias. É importante identificar os sintomas e circunstâncias em que cada uma das doenças acontece para oferecer informações relevantes ao médico que fará o diagnóstico.

A bronquiolite é inflamação nas vias aéreas inferiores (brônquios e brinquíolos). Mais comum no inverno, é causada por um vírus e ocorre antes dos 18 meses. Começa parecido com um resfriado, com catarro e tosse, que se agravam e causam chiado no peito e dificuldade para respirar.

A bronquite é uma inflamação eventual ou recorrente na traqueia e nos brônquios (entrada dos pulmões). Começa com uma tosse seca seguida de tosse com secreção inicialmente transparente e depois amarelada e esverdeada. Causa ainda dificuldade respiratória e febre. Acontece após gripe ou resfriados ou após a infecção por outras doenças mais graves, como sarampo, coqueluche ou febre tifoide. Dura de 1 a 2 semanas

Quando a bronquite se torna recorrente é porque ela geralmente está associada a quadros de alergias a poeira, pelos de animais ou fumaça de cigarro, por exemplo. O tempo frio associado a baixa imunidade também pode desencadear a bronquite recorrente, que se manifesta por meio da tosse persistente com chiado no peito e dificuldade para respirar.

Veja mais:

Tratamentos e remédios caseiros para bronquiolite ou bronquite  infantil

A prevenção é o melhor remédio. Primeiro porque evita o sofrimento dos pequenos. Segundo porque evita a preocupação dos pais. Enfim, uma saúde de ferro é o melhor que se pode oferecer às crias.

A primeira forma de prevenir doenças e fortalecer a saúde é amamentar o bebê com leite materno até pelo menos os 6 meses. As mães que possuem a disponibilidade e a disposição, podem continuar o aleitamento até os 2 anos de idade. O leite materno fortalece o sistema imunológico do neném e evita reações alérgicas respiratórias que desencadeiam a bronquiolite e a bronquite infantil.

Mas, além desse suplemento alimentar natural, mais conhecido como leite materno, há outros tratamentos e remédios caseiros que podem ser adicionados à rotina da família tanto para prevenir a recorrência quanto para ajudar o corpo a combater a doença.

Confira:

1. Hidrate a criança:

A desidratação leve causa inúmeros desconfortos para a criança e pode, inclusive, ser uma das causas fisiológicas da birra infantil.

No caso de crianças com bronquiolite ou bronquite, a falta de líquido no organismo pode contribuir para a solidificação dos mucos. Quanto mais consistentes forem as secreções, mais difícil será expeli-las. As chances de ocorrer uma inflamação também aumentam.

Se a criança apresentar febre, a desidratação também é uma ameaça, que deve ser contornada por meio de banhos mornos e hidratação intensa.

Por isso, reforce o consumo de líquidos. Desde água (mineral, filtrada ou previamente fervida) até sucos naturais a base de água e chás de ervas medicinais.

Mais adiante contaremos mais detalhes sobre quais chás são mais indicados para essa condição de saúde. Continue a leitura para conferir.

2. Evite alimentos que aumentam a secreção

Essa secreção produzida pelo corpo como resposta à inflamação ou irritação das vias aéreas se vale de algumas substâncias para ser produzida pelo organismo. Existem alguns alimentos que ajudam a aumentar a concentração de muco, porque fornecem matéria-prima para sua produção.

Os principais alimentos que proporcionam a produção de muco são os laticínios, açúcar refinado, chocolate, frituras, alimentos ricos em gorduras prejudiciais, alimentos industrializados com muitos conservantes e outros aditivos e farinhas refinadas.

Dê preferência a alimentos que levam farinhas integrais.

3. Adote uma dieta terapêutica

Alimentos frescos são um prato cheio para nutrir o organismo e favorecer o sistema imunológico. No caso de crianças com bronquiolite ou bronquite, aumente o consumo de alho, cebola em caldos e sopas. Gengibre fresco adicionado com moderação em raspas nas sopas ou sucos é indicado.

Consumir também agrião, mamão papaia, abacaxi, orégano fresco e manjerona fresca na dieta.

Outros alimentos ricos em vitaminas A, C, D, zinco e selênio contribuem para aliviar os sintomas e fortalecer o sistema imunológico. Saiba mais aqui.

4. Dê infusões de ervas medicinais à criança

Dê chá de erva doce e erva cidreira para a criança de 3 a 4 vezes ao dia. No item #3 desse artigo, você pode aprender quais são as doses indicadas para cada período da infância.

Para crianças maiores de 1 ano, adicione 1 colher de café de raspas de gengibre fresco à água ainda quente. Adoce com mel.

Um chá de limão com mel também é indicado para aliviar a tosse e ajuda a tratar a infecção.

5. Faça um xarope caseiro

Para tratar crises de tosse noturnas, faça um xarope natural. Para preparar, corte rodelas de cebola e alho e as coloque num recipiente de vidro. Complete o frasco com mel e mantenha o recipiente fechado durante pelo menos 2 horas. Este xarope dura 2 dias se conservado no refrigerador.

Oferecer uma colher do xarope 3 vezes ao dia. No caso de expectoração muito consistente, dilua o xarope em água para evitar engasgo.

No caso de excesso de muco, diminua o consumo do xarope e aumente a quantidade de alho e cebola nas refeições.

Veja mais:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */