Maternidade Remédios

Remédio para engravidar: conheça os 10 remédios mais indicados

Depois de tentar engravidar por um tempo, o casal pode procurar a ajuda de profissionais para engravidar. É uma prática muito comum, especialmente nos dias de hoje, em que cada vez mais as pessoas escolhem ter filhos mais tarde, depois que já conquistaram estabilidade profissional e financeira.

Existem alguns medicamentos que são os mais indicados pelos profissionais para aumentar as chances de engravidar. Fizemos um levantamento e trazemos uma lista com remédios indicados para as mulheres com problemas de fertilidade.

Essa lista é uma forma de proporcionar maior conhecimento sobre o assunto para você que está procurando tratamentos de fertilidade. No entanto, antes de usar qualquer um destes medicamentos, procure um profissional espacializado para que ele possa receitar o medicamento mais adequado a sua necessidade.

Confira agora a lista de medicamentos para engravidar e saiba mais sobre como funcionam:

1. Clomifeno (Clomid, Indux ou Serophene):

Um dos mais conhecidos medicamentos para fertilidade, o Clomifeno é um indutor de ovulação que funciona por meio da inibição do hormônio estrogênio. A diminuição da produção deste hormônio pela glândula da hipófise aumenta a produção dos hormônios LFH e LH, que favorecem a fertilidade.

2. Folitropina (Rekovelle)

Constituído de um hormônio sintético que simula a ação do FSH no corpo da mulher, a Folitropina aumenta os folículos produzidos pelo corpo, que estão relacionados à produção de óvulos. É muito usado por mulheres que optam pela reprodução assistida ou inseminação in vitro. É administrado geralmente por meio de injeção alguns dias após a menstruação.

3. Gonadotropina Cariônica (Gonadotrofina)

É um medicamento de base hormonal. Indicado para indução da ovulação e aumento da fase lútea no ciclo menstrual. Esse hormônio é usado após testes dos níveis de progesterona ou quando já foram realizadas tentativas com Clomifeno (Clomid, Indux ou Serophene).

4. Urofolitropina

Trata-se de uma versão purificada do hormônio folículo estimulante. É indicado para os casos de mulheres com ciclos menstruais anovulatórios (que não produzem óvulos). Também estimula a produção de folículos e por isso é usado em Técnicas de Reprodução Assistida (TRA).

4. Menotropina

Indicado para fomentar a produção de folículos. É usado inclusive por mulheres que possuem a Síndrome do Ovário Policístico e que já tentaram o tratamento com o Clomifeno (Clomid, Indux ou Serophene). A hiperestimulação do ovário para a produção de muitos folículos faz parte de estratégias de reprodução assistida.

5. Tamoxifeno

É um tipo de medicamento agonista do receptor de estrogênio. Isso significa que ele diminui os níveis de estrogênio, agindo de maneira similar ao Clomid. Também é amplamente usado para o tratamento e prevenção do câncer de mama.

6. Lutropina Alfa (Alfalutropina)

É uma versão sintética do hormônio luteinizante. Sua ação ajuda a aumentar o período luteínico do ciclo menstrual e também estimular os folículos. Assim, amplia o tempo de ação do corpo lúteo, favorecendo a implantação do zigoto no endométrio, ou na nidação.

7. Viagra

Apesar de ser mais conhecido para combater disfunções de ereção nos homens, o princípio ativo do viagra serve para aumentar a circulação sanguínea e pode ser útil para mulheres engravidarem. Um estudo de 2002 aponta que o medicamento aplicado diretamente na vagina ajuda a aumentar o endométrio, que é a camada interna do útero, responsável por fixar o zigoto após a fecundação.

8. Pentoxifilina (Trental)

Muito usado para melhorar a circulação sanguínea, este medicamento possui a ação muito semelhante ao viagra. Sua administração, porém, é por meio de comprimidos.

9. Estradiol (Climaderm)

Estradiol é um tipo de estrogênio, o conhecido hormônio sexual feminino. Sua indicação geralmente ocorre após exames que atestam as quantidades de estradiol no corpo. Quando há deficiência desta substância, a mulher pode ter dificuldade para ovular. Sua administração então, funciona para causar a ovulação nos ciclos menstruais.

10. Metformina

Este medicamento geralmente é indicado para o tratamento de diabetes. Entretanto, também é usado por mulheres com a Síndrome do Ovário Policístico que possuem dificuldades para engravidar. Sua ação não induz a ovulação, mas limpa dos ovários dos cistos, que são pequenas formações originadas por folículos subdesenvolvidos. Ao eliminar os cistos, o ovário se torna mais apto à ovulação.

 

Dentre os vários medicamentos para a fertilidade feminina, existem algumas sustâncias naturais que favorecem a gestação. Uma delas é o Elixir de inhame (Chá de inhame) que ajuda a regular os ciclos menstruais.

Outra indicação às tentantes é a ingestão de ácido fólico, um nutriente essencial para os primeiros momentos da concepção, que pode fazer a diferença para evitar abortos espontâneos.

Você conhece mais medicamentos para engravidar? Escreva nos comentários! Aproveite e compartilhe com alguém que também seja tentante.

Boa sorte! Até mais!

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */