Receitas

Ressaca de carnaval: receitas e dicas caseiras para melhorar

Você já teve uma ressaca de carnaval? Mesmo que a ressaca não tenha acontecido nessa época, considere como ressaca de carnaval qualquer ‘porre’ forte o suficiente para deixar você destruído no dia seguinte.

Mas antes de receber dicas de como melhorar a sua ressaca de carnaval vamos explicar o que acontece no seu corpo para que a ressaca ocorra.

Por que acontece a ressaca?

A ressaca é uma resposta biológica que ocorre quando bebemos em excesso algo alcoólico.

Basicamente uma ressaca são os sintomas que ocorrem no seu corpo quando você é intoxicado por álcool. Sim intoxicação da mesma forma que acontece quando você come algo estragado ou se expõem a algum tipo de veneno.

Quando você bebe só um pouco, o conhecido como ‘socialmente’ você pode sentir os efeitos do álcool no corpo, mas é muito difícil de sentir uma ressaca pois o seu corpo consegue metabolizar todo o etanol que você ingeriu.

Mas quando pinta uma ressaca de carnaval é devido a um consumo grande de álcool e é ai que o seu corpo ‘pira’.

Para começar todos os seus órgãos são afetados e o principal deles é o fígado que produz as enzimas que neutralizam o álcool.



O problema é que ele não sabe quando parar, trabalhando direto na produção dessas enzimas só parando quando seu corpo está completamente livre do álcool.

Dai o seu corpo fica cheio dessas enzimas e é quando o problema acontece.

E de nada adianta voltar a beber com a desculpa de eliminar essas enzimas pois assim que mais álcool entrar no sangue o processo do fígado se inicia novamente.

Os sintomas de uma ressaca de carnaval são:

  • Enjoo;
  • Desidratação;
  • Dores de cabeça;
  • Tontura;
  • Fotossensibilidade;
  • Irritabilidade;
  • Dores pelo corpo;
  • Sonolência;
  • Diarreia;
  • Sensação de ‘moleza’ no corpo.

Explicando os sintomas

Todos esses sintomas, também conhecidos como ‘síndrome do dia seguinte’ ocorrem devido a ressaca de carnaval.

As explicações para alguns desses sintomas são:

  • O enjoo e até mesmo a diarreia são causados devido a irritação provocada na parede do estômago. Normalmente isso ocorre devido o aumento de suco gástrico no estômago, o que pode causar a diarreia e em casos mais sérios até provocar o vômito;
  • Já as dores no corpo são causadas pela desidratação que o etanol provoca. Com a desidratação a pessoa perde sais minerais e muito líquido. Isso provoca as dores e fraquezas musculares;
  • Você pode até ficar espantado com o que virá agora. As dores de cabeça ocorrem pois o etanol diminui a coagulação do sangue e também corta boa parte do sangue que vai para o cérebro. A falta de oxigênio no cérebro, bem como de tudo mais que o sangue leva até lá, faz com que os vasos sanguíneos do cérebro se dilatem, provocando assim a dor de cabeça;
  • A sede assim como as dores no corpo são provocadas pela desidratação. O álcool é um diurético fortíssimo que faz a pessoa urinar muitas vezes.

Agora que já explicamos para você o que acontece com o seu corpo em uma ‘boa’ ressaca de carnaval, vamos falar sobre como minimizar esses problemas.

Dicas para melhorar a ressaca de carnaval

A primeira coisa que você precisa saber agora é que não existe forma de curar a ressaca de carnaval ou qualquer outro tipo de ressaca. O que você pode fazer é amenizar os sintomas.

Algumas dicas que podemos dar são:

  1. Doces;
  2. Hidratação;
  3. Comprimidos;
  4. Evite o café;
  5. Refrigerante;
  6. Alimentação leve.

Abaixo explicamos melhor cada uma dessas dicas contra a ressaca de carnaval.

1. Doces

Enquanto o seu corpo metaboliza o álcool você também gasta muita glicose nesse processo.

Por isso comer doces ajuda a amenizar alguns dos efeitos da ressaca ao mesmo tempo que te dá mais energia para as atividades.

Mas não pense que se você tomar bebidas alcoólicas doces irá se livrar da ressaca no próximo dia.

Sorvete é uma boa saída. Por ser líquido ele tem rápida digestão, então te dará uma melhora mais rápida.

Um copo de água com bastante açúcar também ajuda.

2. Hidratação

Como dito o álcool tem função diurética, então tomar muito líquido é uma das saídas para amenizar uma ressaca de carnaval.

Se for uma bebida que contenha sais minerais, como isotônicos é ainda melhor pois você já repõem outras coisas que perdeu junto com o líquido do corpo.

3. Comprimidos

Os comprimidos não vão resolver o seu problema então não exagere neles. Assim como doces e líquidos eles só darão uma melhora dos sintomas.

Analgésicos são bons para as dores musculares, assim como sal de frutas ajuda na melhora do estômago.

4. Evite o café

Na verdade evite qualquer bebida que seja diurética e não apenas o café.

Seu corpo já está desidratado devido ao alto consumo de álcool e ao contrário do que se pensa o café nesse caso não melhorará a sua dor de cabeça.

Fuja das bebidas e alimentos diuréticos.

5. Refrigerante

O refrigerante não é uma boa opção para se hidratar, muito melhor tomar água ou isotônico.

Por outro lado o refrigerante tem alto teor de açúcar e por ser líquido tem digestão rápida.

Assim o aumento da sua glicose acontece de forma rápida, amenizando os sintomas.

6. Alimentação leve

O seu estômago já está prejudicado pela bebedeira então uma alimentação pesada, como carnes, feijoada e etc só vai piorar a situação.

De preferência por alimentos leves, como frutas, que também ajudam o seu corpo a se hidratar e a subir o nível de açúcar no sangue.

Considerações finais

Uma ressaca de carnaval, ou seja, uma ressaca daquelas bem fortes é normal de acontecer embora você não deva fazer isso com frequência.

Problemas de saúde em decorrência da frequência da ingestão de álcool são reais e devem ser evitados.

Você pode não notar ou achar que está no controle da situação, mas pode ser que esteja se tornando dependendo do álcool.

Seja critico com você mesmo nesses momentos, faça um contraponto com a sua vida antes de iniciar a bebida e principalmente seja honesto com você mesmo.

Se não tiver clareza ao pensar nisso, veja o que as pessoas a sua volta, como amigos e família tem a dizer a respeito dessa situação.

Uma noite de farra faz parte da vida de uma pessoa, mas quando isso começa a ser uma frequência quase que diária pode se tornar um problema.

Gostou? Não esqueça de compartilhar com em suas redes sociais.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */