Saúde Sexo

O que é o ressecamento vaginal? Como fazer lubrificação feminina?

Ressecamento vaginal

É normal com a chegada da idade a mulher perder a lubrificação feminina, e isto pode gerar dificuldades na vida sexual, ocasionando um ressecamento vaginal.

O ressecamento vaginal vem afetando milhares de mulheres  na fase da menopausa ou pós-parto, e a condição para o a diminuição da lubrificação feminina é queda na produção do estrogênio, hormônio feminino.

Outro motivo para a falta de lubrificação feminina e ressecamento vaginal são os tratamentos contra o câncer, como quimioterapia e radioterapia, que também afetam a produção do estrogênio.

E quais os incômodos causados por esse ressecamento vaginal? Podemos destacar:

  • Coceira;
  • Queimação ou irritação na vagina;
  • Diminuição da elasticidade da vagina;
  • Dores durante as relações sexuais.

O ressecamento vaginal acontece quando há um desequilíbrio no muco da vagina, que é uma espécie de película ou filme líquido presente no interior do canal.

Ele mantém toda a mucosa da região íntima feminina viva e renovada ao longo dos ciclos hormonais. Mas, para estar em ordem, essa secreção depende de diversos fatores que, caso afetados, mudam também a forma com que ela é produzida.

O que causa o ressecamento vaginal?

Bem, para que você entenda realmente o que causa o ressecamento vaginal, veja a explicação que separamos.

Diminuição do estrogênio

O hormônio estrogênio, que a mulher produz naturalmente, estimula as células da parede da vagina a produzir glicogênio, substância que serve de alimento para os lactobacilos, bactérias do bem que ajudam a manter a flora vaginal saudável e com um pH adequado.

Quando há um déficit na produção do estrogênio, todo esse ciclo fica comprometido, e é ai que flora vaginal se desequilibra e ocorre uma diminuição do número de células que compõem a parede vaginal, deixando a vagina seca.

Ressecamento vaginal

Processo de menopausa

A menopausa determina o final da vida reprodutiva da mulher e, com a queda hormonal, inclusive do estrogênio, altera todo o funcionamento do sistema reprodutivo feminino e uma das consequências mais comuns e incômodas é o ressecamento da região íntima, que costuma causar muita coceira também.

Período de amamentação

Durante a amamentação ocorre um aumento da produção de prolactina, hormônio relacionado à produção do leite, e quanto mais prolactina, menor será a produção de estrogênio, importante para a lubrificação da vagina.

Uso de medicamentos

O uso de alguns antibióticos, além da quimioterapia e a radioterapia podem interferir na produção de estrogênio, causando ressecamento vaginal.

Candidíase e outras infecções

As infecções vaginais alteram a flora normal da vagina e podem se associar a quadros de ressecamento vaginal.

Uso de pílula anticoncepcional

A pílulas tem a função de bloquear o estrogênio, e com isso algumas mulheres podem ter alteração na lubrificação feminina com o uso dessa droga.

Diminuição do tesão

Muitas vezes a falta de lubrificação feminina só é vista no momento do ato sexual. E isso pode estar ligado à falta de excitação ou ausência de tesão durante o ato sexual.

Neste caso, o problema pode estar ligado a vida pessoal e profissional, que interfere no grau de excitação.

Neste caso, leve em consideração o que pode estar afetando a vida sexual do casal e quais medidas podem ser tomadas a fim de que esses problemas atrapalhem o momento intimo.

Quais os sintomas do ressecamento vaginal?

E quais os sintomas para quem tem ressecamento vaginal e precisa de uma lubrificação feminina?

  • Sentir dor durante o ato sexual: Sem a lubrificação adequada, o deslizamento entre pênis e vagina fica muito longe do ideal e o atrito pode gerar dor e até machucar a vagina.

Em consequência, a mulher pode passar a evitar as transas, deixando de lado a vida sexual, o que significa perda de qualidade de vida em grande parte dos casos.

  • Coceira excessiva: Sem a hidratação adequada, a tendência é que a vagina fique mais seca e friável, o que pode gerar a sensação de coceira.
  • Surgimento de sangramento: se houve alguma lesão durante o ato sexual que gere sangramento, a mucosa da vagina fica sensível e isso pode causar ressecamento vaginal e falta de lubrificação feminina.
  • Queimação vaginal: O ressecamento vaginal também pode causar uma sensação desconfortável de dor e queimação na região.
  • Problemas para urinar: mesmo a vagina e uretra tendo canais diferentes, mas influenciam um e outro, por isso se você está com dificuldade de urinar ou com problemas de incontinência urinaria, eles podem estar ligados ao ressecamento vaginal.
  • Aparecimento de infecções: você pode estar sofrendo de alguma infecção que cause uma queda no pH da região vaginal, como a Candida albicans.

Ressecamento vaginal

Como fazer a lubrificação feminina?

Se você está passando pelo problema de ressecamento vaginal, conheça alguns métodos para deixar melhorar a lubrificação feminina:

Uso de lubrificantes

Os lubrificantes para uso sexual aliviam as dores durante o sexo e diminuem as chances de acontecerem machucados.

Pomada ou cápsulas vaginais de estrogênio

As pomadas contêm estrogênios, que junto com outros hormônios, atuam para a melhora do ressecamento vaginal a fim de minimizar os riscos de infecções vaginais.

Hidratante vaginal

O hidratante vaginal aumenta o volume de água nas células da região, o que proporciona um restabelecimento do pH normal e um alívio do ressecamento vaginal. Além disso, esses produtos não contêm hormônios.

Fazer reposição hormonal

Para as mulheres que estão passando pela menopausa, uma dica é buscar ajuda de um profissional que vai indicar uma reposição hormonal a fim de proporcionar alívio do ressecamento vaginal.

Viu como você pode acabar com o ressecamento vaginal e ficar livre assim deste problema? É importante ficar de olho na lubrificação feminina pois ela proporciona uma melhor qualidade de vida para a mulher, independente de qual fase da vida ela esteja passando.

A mulher não pode achar que já chegou em uma certa idade e então não precisa mais se preocupar com a lubrificação feminina.

Pelo contrário, o ressecamento vaginal é um problema que pode afetar a sua vida, e por isso merece atenção especial.

Não deixe a sua vida sexual de lado!

Busque ajuda e tente eliminar esse problema da sua rotina, tendo uma vida sexual cheia de prazeres e satisfações.

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */