Looks Moda

Roupas africanas: beleza, colorido e cultura para o mundo inteiro

Só de lembrar da variedade de línguas, religiões e costumes do continente africano já dá para ter uma noção das cores, elementos e texturas que darão o tom do artigo de hoje. Prepare-se para embarcar no rico universo das roupas africanas.

Cada povo tem sua identidade. Por sua vez, ela é a união de vários aspectos, inclusive a forma de se vestir e enfeitar o corpo. Na África, os tecidos, adornos e pinturas corporais refletem a variedade cultural de sua população.

As tradicionais roupas africanas são os trajes usados pelos nativos daquele continente. Na indumentária contemporânea, um detalhe que chama atenção, sem dúvida, é o uso de panos ou cangas para envolver os corpos das mulheres. São roupas africanas cujos tecidos, padronagens e acabamento ganharam o mundo.

A moda é uma forma de comunicação, ajuda a contar o que está acontecendo com determinada sociedade em determinado momento. Mas, se tem um povo que fala através de seus panos, literalmente, esse povo é o africano.

Para você ter uma ideia, as famosas estampas figurativas pintadas nos tecidos vindos da África trazem expressões como “Eu ando mais rápido do que minha rival”.

Curioso, não acha? Pois se você já viu ou usou algum tecido feito em Togo, Gana, Benin e Costa do Marfim, tem boa chance de ter desfilado por aí com algo assim no figurino.



Outro detalhe interessante sobre as roupas africanas é o hábito de adaptar os modelos mais badalados de grifes como Dior ou Gucci ao gosto local. A mulher pede ao costureiro para copiar o look, mas com uma pitada dela.

Ou seja, o mais importante é se a roupa é bem-feita e se o tecido é bom. A marca, pura e simplesmente, não é o foco principal. Lá, as pessoas, ricas ou pobres, compram tecidos e encomendam as peças, como se fazia no Brasil antigamente.

Influência africana na moda

Enquanto isso, no mundo da moda global, as roupas africanas servem de inspiração para as grandes grifes. Tanto é que roupas, acessórios e outros itens made in África fazem o maior sucesso, inclusive por aqui.

Um cenário, felizmente, bem diferente de antes, quando para alguns as roupas africanas eram consideradas “inferiores”. Que bom que as ideias mudam e a diversidade cultural e estética ganha novos ares!

Muita gente talvez não faça essa associação, mas várias peças que vestimos no Brasil todos os dias foram introduzidas pelos africanos em nosso continente. Quer exemplos? Batas, turbantes, colares grandes, acessórios de cabelo, etc.

Os nomes dos itens até podem ir mudando com o tempo, mas o estilo brasileiro é riquíssimo em referências africanas. Uma cultura cheia de aspectos positivos como a capacidade de transformar itens simples em composições mais elaboradas.

As mulheres de lá são mestras nisso! Em parte, pela realidade socioeconômica de certas regiões, levando as africanas a criarem um modelo de beleza muito característico, natural e extremamente feminino.

Principalmente quando chega o verão, as estampas étnicas ganham as passarelas, vitrines e ruas em tudo que é parte do mundo, sempre em sintonia com grandes destaques as semanas de moda.

Os tons de vermelho e marrom, que simbolizam bem a cultura africana, são geralmente as estrelas dos looks, remetendo à natureza e ao relacionamento do homem com ela.

O fato é que a trend étnica já está incorporada aos conceitos de moda, apresentando uma ampla variedade de modelos. A modelagem das roupas africanas chama atenção neste sentido, com ênfase em corte aprumado, texturas diferenciadas e coloridas.

As roupas africanas trazem o que há de mais belo naquela área, em forma de vestidos, batas, lenços, saias, etc.

E, como vimos hoje, não são modelitos usados somente por mulheres que fazem questão de manter suas raízes também no vestuário. Elegantes, confortáveis e lindas, as roupas africanas estão nos closets de beldades de todas as etnias.

Aproveite você também!

Até a próxima…

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */