Recomendados para você
Relacionamento

Separei, e agora? 5 atitudes para recomeçar a vida mais feliz

“Separei e agora? O que será da minha vida?”, você se diz olhando no espelho pela manhã. Bem, não existe uma receita de bolo para essa questão. Pode ter sido uma relação de meses ou anos, a verdade é que toda a separação pode deixar a pessoa perdida.

Separei, e agora?

De fato, desde pequenas somos ensinadas que nossa vida só faz sentido num relacionamento. Desde os contos de fadas até os filmes de Hollywood. Realmente, é gostoso amar alguém, compartilhar a vida com uma pessoa. Contudo, isso não significa que esta é a única forma de viver.

Se você está solteira novamente, é hora de recalcular rotas e seguir rumo à felicidade. Ter alguém do seu lado num futuro próximo será consequência dessa felicidade, ok?

Nesse momento de reconfigurar o GPS da vida, existem algumas coisas a se considerar. Eis 5 atitudes que podem ser muito úteis a você nesta nova fase. Aproveita:

1. Definir prioridades

Sim, você precisa definir prioridades na hora de recomeçar a vida após uma separação. As prioridades são como um mapa que vai guiar você pela vida. Se você sabe para onde quer ir a chance de se perder no caminho é bem menor. Então, responda rapidamente: quais são as cinco prioridades da sua vida?

Pensou e listou as coisas mais importantes da sua vida? Ótimo, agora, diga: qual posição você mesma ocupa nesse ranking? Você precisa ser sua prioridade. Isso não quer dizer ser egoísta ou prepotente. Ser sua própria prioridade é ser coerente: se você não está bem, se não cuida de sua saúde e bem estar, como vai conseguir cuidar dos outros?

2. Aprender algo novo

Aprender algo novo é uma das melhores estratégias para quem quer superar um momento difícil. Quando você aprende algo novo pelo menos três importantes coisas acontecem:

  1. Sua cabeça fica ocupada com coisas mais saudáveis do que lembranças e mágoas da antiga relação;
  2. Ao dominar uma habilidade nova ou aprender algo diferente você se sente bem, ou seja, seu cérebro produz hormônios de bem estar;
  3. Você pode conhecer pessoas diferentes, fazer novas amizades e sair de um círculo social impregnado de lembranças do relacionamento que acaba de terminar.

Acredite: aprender algo novo pode ser enriquecedor! Você pode começar a praticar um esporte, uma dança, aprender a tocar um instrumento, falar uma língua… Há muitas possibilidades. E se a grana está curta, procure grupos na sua cidade, se engaje em alguma comunidade nas redes sociais e procure material gratuito na internet.

3. Manter a cabeça saudável

Dizem que cabeça vazia é oficina do diabo. Por isso, além de aprender algo novo, uma coisa essencial é manter a sua mente saudável. Para isso você tem várias opções: procure amigos para desabafar ou até mesmo um profissional da psicologia ou psicanálise. Quando você fala sobre o que está na sua cabeça muita coisa pode ficar mais fácil de entender e enfrentar.

Se tiver vontade, chore, se permita sofrer. Fingir que está tudo bem é como jogar sujeira debaixo do tapete: uma hora virá tudo à tona. Portanto, encare a sua mente como a casa da sua alma e a mantenha limpa e organizada. Coloque o lixo para fora e lave a roupa suja, ok?

Vale a pena experimentar a meditação para afastar a ansiedade. Mas, de verdade, cada pessoa pode escolher a sua maneira de fazer isso: pode ser uma oração, pode ser colocar pra tocar sua playlist favorita e cantar junto… Enfim, desenvolva sua forma de espantar os monstros persista nessa prática sempre que o bicho estiver pegando.

4. Manter o corpo saudável

Corpo são, mente sã. Estamos cheios de ditos populares hoje, não é? Mas a verdade é que cuidar do corpo pode ajudar muito a recomeçar a vida após a separação. E cuidar do corpo não significa apenas ir à academia. É  também preparar uma refeição saudável e deliciosa só pra você. É sair para caminhar num parque e ter contato com a natureza. É sair para dançar à noite sem culpa ou medo de se sentir só.

A liberdade que se sente depois de uma separação é uma sensação forte. Algumas pessoas a abraçam e saem saltitando pela vida. Outras, porém, se amedrontam, como se estivessem diante de um abismo.

Cuidar da sua saúde é importante nesse momento, para que lidar com toda essa liberdade não te faça cair. Então, atenção ao seu corpo, ele é sua fortaleza e para ser rainha de si você precisa de um castelo forte e belo.

5. Dar adeus à culpa

Não faz muita diferença como foi a separação, porque as mulheres tendem a levar nas costas todas as culpas do mundo. Isso acontece porque temos muitas responsabilidades: casa, trabalho, filhos, vida social e relacionamento. Não é pouca coisa!

Mas uma certeza precisamos repetir incansavelmente: não somos perfeitas. E já que estamos na linha dos ditados populares: Errar é humano. Você é humana ou uma super-heroína?

Dar adeus à culpa é uma questão de bom senso. Não é possível mudar o que já passou, logo, o jeito é cuidar para evitar essa falha daqui para frente. E bola pra frente.

Bora viver? Nada de ficar remoendo as condições do fim da relação num ciclo perpétuo de chicotadas mentais em que você se martiriza e sente pena de si mesma. Nada disso. Levanta a cabeça, volte no início desse artigo e liste suas cinco prioridades. Em seguida escolha algo novo pra aprender. E se cuide.

Lembre-se: a culpa é o sentimento mais inútil que existe. Ele só serve para te fazer sofrer.

 

Se você gostou das dicas, compartilha nas redes sociais e manda pras amigas que estão passando pelo mesmo momento! Se você quiser ler mais sobre esse tema, confira:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */