Nutrição

Serina ajuda a cuidar dos músculos, cabelos e saúde; saiba mais

Benefícios

A serina é um aminoácido não essencial, isto é, aquele que nosso organismo sintetiza. Mas nem por isso deixa de ser importante, afinal, faz parte da constituição das proteínas (cadeias de aminoácidos); é um dos aminoácidos codificados pelo código genético.

Ela ajuda aumentar as defesas do corpo, favorece o funcionamento do sistema nervoso e, ainda, age na transformação de gordura e no crescimento dos músculos. E mais: é útil na formação de outros aminoácidos, como a glicina.

O aminoácido participa da síntese de fosfolipídios e ácido glicérico; é atuante na produção de energia celular, favorece a memória e funções do sistema nervoso; melhora a imunidade, produzindo imunoglobulinas e anticorpos.

Esta substância faz parte da bainha protetora de mielina, essencial ao DNA e RNA. A serina é fundamental também para o bom metabolismo das gorduras e ácidos graxos.

Em geral, o fato deste aminoácido não essencial ser produzido por nosso organismo faz com que a preocupação com a ingestão de alimentos ricos em serina não seja alta.

Apesar disso, algumas pessoas não conseguem produzir este aminoácido, apresentando assim uma doença metabólica rara conhecida como deficiência de serina. Quando não é tratada, ela pode causar atraso no desenvolvimento físico, convulsão e catarata.

Tratamento para a deficiência de serina



O tratamento desta condição é feito por meio de suplementos de serina e, às vezes, ingestão do aminoácido glicina. Tudo devidamente prescrito por um médico.

A deficiência de serina inclui uma série de erros congênitos do metabolismo em que existe uma falha deste aminoácido devido alteração da sua síntese. Com isso, o sistema nervoso é o maior prejudicado.

Lembrando que erro metabólico é quando há uma alteração nas reações enzimáticas que possibilitam a vida. A deficiência de algum composto, que não tenha sido formado adequadamente, tal qual a serina, leva à doenças.

O problema relacionado a este aminoácido é consequência de erro em uma das três enzimas que agem em sua síntese, especialmente a 3-fosfoglicerato desidrogenase (PHGDH). Este é o defeito mais grave e mais comum.

Quando uma criança apresenta um distúrbio ligado à serina, podem surgir sintomas neurológicos antes mesmo de ela nascer ou nos primeiros meses de vida. É o caso da microcefalia, em que são notados sintomas como crises convulsivas, atraso no desenvolvimento psicomotor e catarata.

Saiba mais sobre o aminoácido serina

Ovos, leite, queijo, iogurte, carne vermelha, iogurte e peixes são os alimentos mais ricos em serina, porque são boas fontes de proteínas.

Mas a substância é encontrada também em: cevada, centeio, feijão, milho, avelã, amêndoas, castanha-de-caju, castanha-do-pará, amendoim, cebola roxa, abóbora, batata inglesa, cogumelos, alho, beterraba e berinjela.

O que muita gente ainda não sabe é que os aminoácidos são vitais para a saúde dos cabelos. Geralmente, eles são associados ao crescimento dos músculos, entre outras finalidades.

Mas a serina (9,6 a 10,8%), por exemplo, é empregada para facilitar a penteabilidade dos fios, cuidar das propriedades físicas das fibras capilares (maciez, brilho, aspecto liso e qualidade das cutículas).

A indústria cosmética não para de lançar cada vez mais produtinhos com aminoácidos em suas composições, ajudando a hidratar as madeixas de beldades no mundo inteiro.

Como vimos hoje, o valor da serina para nosso bem-estar e beleza é enorme. Que bom poder contar com os aminoácidos, essas unidades químicas que formam as proteínas. Assim, nossos órgãos, músculos, tendões, glândulas, unhas e cabelos podem funcionar plenamente.

Toda a fisiologia da proteína está intimamente ligada aos aminoácidos, micronutrientes formados no processo transcrição e tradução do DNA, sendo que a junção de vários aminoácidos dá origem a uma cadeia de DNA.

Para tirar todas as suas dúvidas sobre os benefícios dos aminoácidos no ganho de massa muscular e formas de consumo, consulte sempre um profissional capacitado. Dessa maneira, você poderá aproveitar melhor os produtos e, o principal, sem colocar sua saúde em risco.

Até a próxima!

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */