Recomendados para você
Sexo

Os tabus do sexo selvagem e algumas ideias para você experimentar

Sexo selvagem

A sexualidade feminina, por si só, já é considerada tabu. Ainda hoje, existe uma visão conservadora de que a mulher é apenas o alvo de desejo. Que ela não deveria desejar, como se fosse uma prerrogativa masculina. É claro que sabemos que isso não é verdade e muitas inclusive já identificam e realizam seus desejos. Se algo tão básico quanto o simples desejo sexual pela perspectiva feminina já é um tabu, imagine então quando colocamos o sexo selvagem em pauta.

Culturalmente, a maior parte das mulheres passa por uma espécie de doutrinação sociocultural. Nela, a feminilidade está ligada à delicadeza e submissão ao desejo masculino. Isso pode atrasar não apenas o despertar sexual de uma mulher, mas também a descoberta sobre onde realmente está o prazer para cada uma.

Veja também – Podolatria: saiba mais sobre esse estranho fetiche

Aprender a transpassar as barreiras construídas pelos tabus é essencial para se descobrir e conhecer sexualmente.

O sexo selvagem como descoberta pessoal

A primeira coisa a levar em consideração é se a ideia realmente é atrativa para você. E ainda mais importante: se a prática e não apenas a teoria lhe é satisfatória.

Provar e fazer descobertas é o ponto inicial para saber o que você gosta. Apenas assim você poderá se deleitar com novos prazeres. O sexo selvagem pode ter muitos ângulos: alguns que despertam a sua libido, outros que não.

Portanto, é importante que explore os seus prazeres conhecidos e desvende novos. Assim, poderá encontrar caminhos que realmente levem você ao êxtase de uma nova forma.

Veja também – Como convencer o parceiro a fazer um ménage?

Isso significa se entregar às suas fantasias, deixando para trás algumas travas morais. Geralmente elas são muito subjetivas e de difícil discernimento. São os “nãos” implantados no subconsciente, aqueles capazes de despertar a culpa — mesmo sem um motivo plausível para se sentir culpada. Tudo aquilo que é taxado como certo e errado para uma mulher, tem que deixar de ser uma barreira.

Entregue-se aos seus desejos e fantasias e aproveite tudo o que isso vai te oferecer. Você tem todo o direito de buscar e conhecer seu próprio prazer.

Diferentes formas de encontrar prazer

O sexo selvagem está intimamente ligado ao tesão. Pode ser por alguém específico ou por algo que fará com este alguém. O importante é se entregar completamente ao que desperta o seu desejo e descobrir todas as nuances dele.

Beijos suaves, carinho e sussurros românticos não são o combustível que você procura. Eles já estão em todas as suas transas, não é? Prove a ânsia dos beijos mais duros, das pegadas mais intensas, aproveite um desejo mais cru e menos ensaiado.

Sexo selvagem

Provoque!

Pode parecer contraditório, mas uma boa forma de deixar os desejos à flor da pele é postergar o prazer. Tente apenas provocar até ser quase impossível aguentar.

Toque seu par por cima da roupa. Aproveite para roçar os corpos ainda com a barreira dos tecidos. Se quiser provocar ainda mais, por que não despertar o voyeurismo alheio? Dance, se exiba, fale sacanagem, mas sem deixar que te toquem imediatamente. Ou ao menos sem que precisem se despir de uma vez.

Quanto mais vontade despertar em ambos, maior será a tensão sexual. E esta é a chave para o sexo selvagem. Quanto maior e mais urgente for o desejo, melhor será para vocês.

Domine!… ou não.

Talvez você até descubra uma nova faceta dominadora. Dê ordens! Peça exatamente o que deseja, com palavras claras. Você pode até optar por punições picantes, se não for obedecida. E nunca se sinta constrangida por usar palavras sujas, elas podem ajudar a aumentar o desejo.

Se preferir ser dominada, deixe claro! Aproveite ao máximo a adrenalina que vem junto com o sexo selvagem. Desde que você esteja confortável com o que deseja, ela transformará pegadas mais brutas e tapas em prazer.

Considere jogos sexuais ou acessórios que possam despertar outros sentidos como:

  • Vendas
  • Algemas
  • Camisinhas ou vibradores com texturas
  • Líquidos quentes ou frios

Privar ou ser privada de algum dos sentidos pode ajudar a maximizar outros. Ao vendar alguém, você estará aguçando o tato desta pessoa. Se você for algemada, seu prazer dependerá completamente de alguém.

Novas sensações como a de texturas ou do contraste entre quente e frio também podem deixar suas zonas erógenas mais sensíveis.

A provocação só ajudará a aumentar o desejo.

Pode não ser para mim?

É claro que pode. E se não for, não há problema algum. Embora haja uma longa história de tabu no que se refere a sexo selvagem e desejo feminino, há quem simplesmente não goste.

Por isso mesmo é muito importante que você explore e descubra os próprios desejos e prazeres. Além do mais, uma conversa aberta com o seu par também pode ser importante, afinal, os dois lados tem que estar confortáveis e de acordo.

Sexo selvagem

Até onde ir

É muito difícil estabelecer limites. Não apenas no sexo selvagem, mas em qualquer coisa. Isto porque limites podem ser muito pessoais e difíceis de mensurar. Algumas coisas podem ser completamente aceitáveis para uma pessoa e impensáveis para outras.

Veja também – Casal com filhos: 10 dicas de sexo para apimentar a relação

Seja transparente sobre tudo aquilo que gosta ou não. Se for provar algo novo, faça com alguém em quem confia. Talvez seja interessante combinar uma senha com quem estiver com esta pessoa. Se algo não agradar ou for extremo demais, não tenha vergonha e faça uso imediato dela. Não há necessidade de se sujeitar ao que não der prazer.

Lembre-se também de não exigir dos outros além do que podem oferecer. Assim como você não precisa ceder além dos seus próprios limites. Para que a experiência de sexo selvagem seja realmente inesquecível, é imprescindível que se sintam confortáveis com o que estão fazendo. E mais ainda que o objetivo seja o prazer mútuo.

Considerações finais

Ao conhecer você mesma um pouco melhor, o sexo selvagem pode deixar sua vida sexual ainda mais interessante e saudável.

Não tenha medo ou vergonha dos seus desejos e de tudo aquilo que pode lhe dar prazer. Conheça, explore e se divirta cada vez mais na cama… ou em qualquer outro lugar, afinal, sexo selvagem não precisa ser nada convencional.

Você já fez algo diferente para deixar suas transas mais picantes? Compartilhe!

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */