Beleza Cabelos

Shampoo leitoso: características, propriedades e benefícios

Compreender as principais características do shampoo leitoso é importante porque, quando vamos ao supermercado e nos deparamos com inúmeros shampoos à disposição, é muito comum que fiquemos em dúvida sobre qual atenderá melhor as nossas necessidades, não é mesmo?

Frequentemente, consideramos que um produto de excelente qualidade pode operar maravilhas pelos nossos fios, sobretudo, quando temos o relato positivo de alguma amiga. Não obstante, ao utilizá-lo, os resultados não são tão bons quanto esperávamos ou, o que é ainda pior, os cabelos perdem o brilho e ficam pesados.

Se algo parecido já lhe aconteceu, talvez gostará de saber que o problema pode residir na densidade do produto – elemento determinante para a adequação (ou não) do shampoo para cada tipo de cabelo.

Pensando nisso, apresentamos, ao longo deste artigo, as características, propriedades e benefícios do shampoo leitoso, além de abordar sua capacidade hidrante e oferecer ótimas dicas para integrá-lo à sua rotina de beleza. Boa leitura!

Características

O shampoo leitoso apresenta uma elevada capacidade de hidratação, muito superior quando comparado a outros tipos de shampoos. Por ser mais denso, este produto é capaz de tratar os fios mais completamente.

Se você já utiliza o shampoo leitosos com frequência, deve se lembrar de usar, também, um shampoo transparente (voltado à limpeza), pelo menos, duas vezes por semana, a fim de obter uma limpeza mais profunda do couro cabeludo e dos fios.



Tenha em mente que o shampoo leitoso não deve ser usado para quem tem cabelos oleosos, uma vez que eles podem ficar mais pesados.

Propriedades

A textura do shampoo leitoso se assemelha à do perolado, porém, ele é mais denso, sendo empregado em processos de hidratação e tratamento. Se você tiver cabelos secos ou “com muita química”, não se preocupe: estes são, justamente, os tipos de fios que melhor se adequam ao shampoo leitoso.

Benefícios

Entre os tipos de cabelos que mais se beneficiam com o shampoo leitoso e sua textura são, conforme mencionado, os tingidos e os secos, sobretudo, quando o shampoo leitoso vem turbinado com ingredientes que nutrem e hidratam os fios.

Dicas para usar o shampoo leitoso no seu dia a dia

Embora quase todas digam que sabem cuidar de seus cabelos, a maioria das mulheres não entende por que, em certas situações, eles não ficam da forma desejada. Isso pode ocorrer por alguma falha no processo de condicionamento, hidratação ou, até mesmo, lavagem dos fios.

Para evitar esses erros e aproveitar ao máximo a utilização constante (como mencionado, no limite de 3 aplicações semanais) do shampoo leitoso:

  • Sempre lave os cabelos duas vezes. A primeira lavagem destina-se à eliminação de resíduos e sua limpeza. A segunda, por sua vez, serve para aproveitar os benefícios dos elementos da fórmula e obter brilho;
  • Aplique o shampoo leitoso e massageie o seu couro cabeludo. Não se esqueça de usar as pontas dos dedos e não a unha;
  • Após o enxágue, aplique um bom creme de massagem;
  • Retire totalmente o condicionador. Esse produto não é desenvolvido para permanecer nos fios e, portanto, deve ser integralmente retirado no momento do enxágue.

Shampoo leitoso também hidrata os cabelos?

Ao usar o shampoo leitoso pela primeira vez, é comum sentir um certo estranhamento. Afinal, é necessário lambuzar os dedos e as mãos, dispersando o produto por toda a extensão da cabeça no banho.

Fazer isso após ter ouvido durante toda a vida que os produtos cremosos devem ser passados somente da metade para as pontas dos cabelos, pode, com efeito, parecer estranho!

Todavia, os tempos mudaram: atualmente, existem no mercado muitos produtos assim, isto é, shampoos com consistência cremosa.

Os shampoos leitosos não devem, de modo algum, ser confundidos com os famosos “2 em 1”, aqueles produtos que são fabricados com uma dose de condicionador na mistura. O shampoo leitoso serve, entre outras coisas, para proporcionar uma limpeza suave e dar um up na sua hidratação capilar.

Grande parte dos fabricantes enriquecem suas fórmulas com ceramidas e ácido lático, substâncias que potencializam a hidratação. Entretanto, é altamente recomendável ficar atenta: se você tem cabelos oleosos ou muito finos deve evitar esse tipo de shampoo, à medida que ele é indicado somente para quem tem cabelos mais ressecados.

Se você aprecia toda a espuma que se forma com os shampoos tradicionais, aqui vai um aviso: com o shampoo leitoso, as espumas são bem mais escassas – o que, segundo os dermatologistas, não significa que ele deixe de limpar adequadamente os fios.

A família dos surfactantes é o que realmente limpa os cabelos e ela está presente no shampoo leitoso. Isso não tem nenhuma relação com uma maior ou menor produção de espuma. A viscosidade aparece devido a substâncias como o sal (cloreto de sódio).

Outro mito bastante difundido é que os shampoos do dia a dia ressecam os fios, devido à presença do sal em suas composições. Todavia, se os produtos forem de alta qualidade, isso não acontece, pois existirá na fórmula alguns agentes hidrantes capazes de minimizar as agressões às madeixas.

Justamente pela capacidade de nutrir e tratar os fios, muitos terapeutas capilares recomendam o shampoo leitoso para cabelos que se tornaram frágeis e quebradiços devido ao excesso de elementos químicos presentes em colorações e escovas progressivas.

Isso significa que o shampoo leitoso é uma forma de iniciar o tratamento durante o processo de lavagem, embora não deva ser usado todos os dias. A despeito do fato de que cada pessoa tem necessidades e características capilares diferentes, o ideal é usar esse shampoo, no máximo, em 3 dias da semana.

Outra dúvida bastante frequente em relação à hidratação propiciada pelo shampoo leitoso se relaciona aos condicionadores. Muitas mulheres se perguntam se ele pode substituir o uso do condicionador. A resposta é não.

Isso significa que você, se preferir, pode utilizar o condicionador normalmente depois de lavar os cabelos com shampoo leitoso. Entre os resultados propiciados, destacam-se o efeito anti-frizz.

O frizz acontece quando há o entrelaçamento dos átomos de hidrogênio presentes no ar com os que estão nos fios. Manter o cabelo resistente e bem hidratado com o shampoo leitoso é a melhor forma de evitar esse entrelaçamento.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */