Tatuagens

Tattoo oriental feminina: origens, significados e fotos

A tattoo oriental é a herdeira de uma arte milenar. A origem deste estilo remonta a Tebori, técnica de marcar desenhos na pele sem uso da máquina. O Tebori utiliza apenas uma haste de bambu com agulhas na ponta.

A cultura da tatuagem no Japão está relacionada ao mundo da máfia. A Yakuza se serve das tattoo para demarcar sua coragem. E você achando que era só o PCC que fazia essas coisas… Mas entre as facções brasileiras e as japonesas há uma diferença. No oriente os criminosos não fazem tattoo para mostrar, eles fazem para si mesmos. Nas palavras do tatuador da Yakuza mais famoso do Japão, Horiyoshi III:

“Se a Yakuza quisesse usar tatuagens para mostrar ao público que são uma gangue, eles simplesmente teriam tatuagens visíveis e diriam que são yakuzas. Mas eles não são idiotas. Não acho que eles fazem suas tatuagens com sua aliança à Yakuza em mente. Às vezes, as pessoas se referem a Yakuza com a palavra ninkyō, que na verdade significa ‘ajudar pessoas abaixo de você’. A Yakuza tenta ajudar pessoas, e [a tatuagem] é tradicionalmente sobre isso. As tatuagens são para mostrar que eles têm a força para ajudar os fracos. Mas não precisam tornar isso público”.

Um tabu no Japão

A associação entre crime e tattoo é tão forte no Japão que a arte na pele é considerada marginal e só pode ser exercida legalmente por um profissional com licença médica. Já pensou sair da consulta médica com um símbolo do infinito tatuado no pulso?

Lá, nos locais públicos, como piscinas, não é permitido que se deixe o corpo tatuado à mostra. O que os japoneses querem evitar com essas proibições é a banalização dos símbolos do crime organizado. No entanto, esta prática acaba deixando os tatuadores e tatuados que não tem relação com a Yakuza numa situação bem desconfortável.

Apesar do tabu das tatuagens japonesas, existe um outro motivo para que os desenhos não fiquem à mostra. A tattoo é vista como algo muito íntimo e que deve ser feito apenas por um desejo do tatuado. Os desenhos são feitos, geralmente, até a linha da camisa, para que não fiquem à mostra. Os japoneses, quando fazem tattoo, as fazem para si mesmos e não para mostrar aos outros, como aqui no ocidente.

Tatuagem oriental tradicional: origem e significados

A tattoo oriental tradicional é a que segue os estilos e técnicas presentes nas raízes da cultura japonesa. A técnica Tebori é a mais emblemática neste aspecto. Surgiu por entre 1603 e 1868, ainda no período feudal no Japão. Naquela época não existiam as máquinas de tattoo, invenção que surgirá muito tempo depois nos Estados Unidos.

Por isso, os japoneses usavam uma haste de bambu com uma agulha na ponta. Os pigmentos (tintas) eram de origem natural, retiradas de plantas maceradas ou de pedras trituradas. Já pensou? Dependendo do que se ia fazer, a quantidade de agulhas na ponta do bambu variava: traços e contornos exigem menos agulhas, enquanto preenchimentos e sombreamento precisam de mais.

Ainda hoje existem artistas que trabalham com Tebori. Neste vídeo, confira como é tatuar sem máquina:

Saiba mais:

Das tattoos feitas por meio da técnica Tebori, existem duas vertentes. Uma é a chamada tatuagem Horimono e a outra é a Irezumi.

As tattoos Horimono eram mais ligadas ao status dos guerreiros japoneses. Os samurais mais valentes ostentavam diversos desenhos, que cobriam seus corpos. Anos depois, ainda antes do fim da era feudal, a tatuagem passou a ser utilizada como forma de punição aos criminosos. Os Xoguns, guerreiros desse novo tempo, passaram a associar os desenhos na pele a atos criminosos. Aos poucos, os samurais se misturaram ao povo, alguns ingressaram na Yakuza.

Tatuagem Irezumi é como ficou chamada essa tattoo por punição. Com o tempo, o mundo do crime se apropriou da cultura da tattoo, associando os desenhos que cobriam o corpo a rebeldia contra as leis. A lendária máfia japonesa, Yakuza, utiliza as tattoos japonesas como símbolo de resistência física e também como um uniforme ou armadura de seus “oficiais”. Tatuagem para os mafiosos do Japão é sinônimo de alguma forma de poder.

Significados da tattoo oriental

Para quem quer saber os significados da tatuagem oriental tradicional, veja: ela simboliza o orgulho de um povo muito determinado. Ao mesmo tempo, pode fazer as vezes de armadura, principalmente nos chamados fechamentos, em que os desenhos formam uma espécie de roupa que cobre a pele. A resistência à dor e a inconformidade com as leis do sistema também são associadas a este tipo de tattoo. Também está profundamente ligada ao que fica oculto. Para Horiyoshi III:

“A cultura das tatuagens no Japão ainda é tabu, mas por isso a cultura é tão bela. Vaga-lumes só podem ser visto à noite porque sua beleza só é vista no escuro. Eles não podem ser apreciados na luz do dia. Quando algo se torna moda, não é mais fascinante. Na cultura ocidental, tatuagem pode ser moda ou tendência, mas no Japão apreciamos tatuagens que você não pode ver e é por isso que as achamos belas. A cultura japonesa é sobre estar nas sombras”.

Mais adiante mostraremos alguns significado de símbolos da cultura japonesa. Então, continue a leitura.

Tatuagem oriental feminina

Até agora só falamos dos homens. Eles estavam em guerra, formando máfias e tocando o terror. E a mulherada, onde estava? Provavelmente cuidando dos filhos, da comida e da casa. Mas, quando falamos da Yakuza, esse papel é muito mais significativo do que pode parecer.

Chloé Jafé é uma fotógrafa francesa que em 2013 foi para o Japão para saber mais sobre as mulheres da máfia. Levou 4 anos pesquisando e conhecendo a dinâmica por dentro desta organização e, como resultado, fez uma série fotográfica chamada Inochi Azukemasu (A doação de sua vida).

De acordo com a entrevista que Chloé deu à Revista ZUM, as mulheres da máfia não participavam das reuniões dos seus homens. Eram esposas e amantes que se envolviam com seus parceiros e ao mesmo tempo que faziam silêncio quase o tempo todo, sabiam de tudo que acontecia na organização.

As mulheres da máfia japonesa

A fotógrafa explica: “De uma forma geral, elas gerenciam as finanças domésticas e a mulher de um chefe tem um papel muito importante: caso o chefe vá preso, ou morra, é sua esposa que passa a liderar o grupo. Isso é muito raro, só aconteceu duas vezes na história do Japão, mas é por isso que ela deve estar a par de tudo que acontece internamente. Ela não diz nada, mas sabe de tudo. Na minha forma de ver as coisas, elas têm um papel de conselheira e são como o braço direito do chefe. Um poder escondido, mas simbólico”.

A tatuagem é para as mulheres da máfia o mesmo que para os homens. Algo íntimo e que reflete seu compromisso com a honra. Cada símbolo da cultura japonesa, reproduzidos na pele dessas mulheres, está entrelaçado a sua história, sua personalidade. Ao mesmo tempo que expressa quem elas são, as tatuagens ajudam a construir sua maneira de ser no mundo.

Para uma mulher que nasceu neste meio da Yakuza, a tatuagem, porém, foi uma forma de marcar uma mudança de vida. Shoko Tendo era filha de um chefe da organização criminosa do Japão. Quando o pai ainda detinha poder, ela sofria ao ver a violência causada por ele, presenciava suas crises de raiva. A partir do momento que faliu, a empresa de seu pai foi destroçada pelos credores e ela experimentou dias mais difíceis. Virou amante de outro membro da máfia, viciou-se em drogas. Demorou muito para conseguir sair dessa vida.

Shoko Tendo escreveu um livro sobre sua experiência na Yakuza em 2004: “Lua da Yakuza: Memórias de uma Filha de Gângster”. Shoko passa longe de ser sutil em suas memórias. Conta em detalhes sobre a violência, o abuso de drogas e como as mulheres são tratadas nesse meio. Hoje, afastada da máfia, cria sua filha de maneira solo e possui no corpo as tatuagens irezumi.

Símbolos da tattoo oriental tradicional

A mitologia japonesa é povoada por deuses do taoismo, que representam as forças da natureza. Na tatuagem, além desses ícones, outros emblemas compõe as artes que percorrem o corpo dos amantes da tatuagem oriental tradicional.

Confira agora símbolos da cultura oriental que estão presentes na tattoo:

Carpa ou koi fish

Relaciona-se à boa sorte e à fortuna. Na cultura japonesa a carpa enfrenta a corrente, escalando cachoeiras, a carpa preta é um símbolo de resistência. A capa vermelha significa o amor ou os laços de afeto que liga uma pessoa à Yakuza. Já a carpa azul representam a reprodução, mais associadas ao mundo masculino viril.

Dragão

Diferente da visão ocidental, no ocidente os dragões são seres que protegem, são ícones da bravura, força e sabedoria. Cada cor possui uma mensagem específica, sendo o dragão negro a experiência e a sabedoria, o verde a natureza, o dourado as virtudes, o azul é benevolente e oferece o perdão, enquanto o dragão amarelo é companheiro fiel.

Fênix

É um ser mitológico que chegou ao Japão por meio da cultura chinesa. O ser místico que é consumido pelo fogo e renasce das próprias cinzas representa transformação, renascimento e fogo.

Cobra

Muitos são os significados atribuídos à tattoo de cobra no Japão. Ela pode mostrar poder de regeneração e também saúde. Na cultura japonesa, a cobra está relacionada à sabedoria, pois carrega um laço com as profecias e os poderes da terra. Marcam o poder feminino divino, protegendo contra doenças e má sorte. No horóscopo chinês, o signo da cobra dá às pessoas inteligência e teimosia.

Samurai

Representam o guerreiro dotado de honra, coragem, lealdade e atitude correta. A Yakuza, em sua origem, teve muitos conflitos com os samurais, mas quando esses guerreiros se misturaram ao povo, muitos ingressaram na máfia japonesa e passaram a tatuar samurais como um sinal de identidade e herança.

Flores de cerejeira ou sakura

Representam a efemeridade da vida, pois sua vida útil é muito curta, aparecendo apenas uma vez ao ano. Quando caem das árvores, as flores se espalham pela terra por meio da ação do vento, desaparecendo rapidamente. Sakura simboliza a vida, passageira, porém cheia de cor e beleza.

Gueixa

As gueixas eram mulheres da tradição japonesa formadas em vários campos das artes. Gueixa, inclusive, significa artista. Sua função era entreter os clientes em eventos públicos ou privados, como chás, jantares. Na tatuagem representam força, delicadeza e inteligência.

Mais fotos de tattoos orientais

Veja mais:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */