Moda Tatuagens

Tatuagem na coxa: 5 dicas para não errar

Que pernas são marcantes na estética brasileira e mundial não é segredo pra ninguém. Em todos os dias vemos em programas de TV, campanhas publicitárias e afins, homens e mulheres, exibindo suas pernas e coxas, exalando beleza. Por muitos anos apenas lisas eram as pernas que víamos nos comerciais. Brancas, pretas, pardas e uniformes.

Essa realidade, porém, tem sido mudada ao passo que tem se modificado a realidade da população em relação a tatuagens que vêm dar diversas cores e quebrar os paradigmas de como são as pernas perfeitas.

A beleza tem sido vista com olhos menos polarizados e que têm permitido que as lindas tatuagens que fecham coxas sejam admiradas e cobiçadas.

Elas sim, as coxas, têm um papel de destaque neste cenário de modificação e contemplação da beleza.  Tatuadas em explosões de cores, ou foscas, com as mais diversas formas, estilos e texturas, elas têm caído no gosto e nas cadeiras de muitos estúdios de tatuagem.

 

Tatuagem na coxa, porque fazer?

 



Ousadia é o primeiro aspecto que vem a mente dos que buscam uma tatuagem na coxa. Indiferentemente de seu tamanho, a tatuagem localizada nesta região já carrega em si grande responsabilidade. As pernas, visadas como são, muito justificam este fato, já que compreendem uma vasta extensão de pele com grandes quantidades de colágeno. Em função disso, as possibilidades envolvidas  na elaboração de tatuagens mas coxas estão entre as mais vastas dentro deste contexto de forma artística.

As coxas são estáveis, menos suscetíveis à flacidez e ao enrugamento. Assim, tornam-se telas amplas para serem exploradas pela tinta, formando um visual incrível.

 

O que posso tatuar na coxa?

 

Que tatuagens na coxa são maravilhosas, sabemos. Que as coxas super favorecem as tatuagens, também. Mas, em meio a tanta beleza, escolher uma tatuagem que se adeque perfeitamente ao perfil de quem a faz pode não ser uma tarefa fácil. Então, o que tatuar?  Bom, sem qualquer sexismo envolvido, pernas masculinas e femininas têm diferenças que tornam mais ou menos condizentes determinadas estampas e desenhos.

Pernas mais robustas, os famosos “pernões”, geralmente em posse de empoderadas mulheres, têm coxas que são o cenário perfeito para florais com formas mais abertas, horizontais e semi circulares. Arranjos com explosões de cores, ricos em detalhes que evidenciam a beleza da natureza e também sua força são ótimas pedidas.

Elementos que envolvem outros aspectos da naturezas também apresentam boas opções para coxas deste tipo. Ilustrações que envolvem aspectos da fauna animal e de sua relação com a flora resultam também em tatuagens de tirar o fôlego e a atenção de quem vê.

Já as pernas mais definidas e demarcadas, presentes em grande escala nos corpos masculinos, propiciam formas também variadas, sobretudo com exploração do plano artístico da tatuagem na vertical. Âncoras customizadas com elementos que contrastam terra e mar,  florais combinados com elementos arbustivos e arbóreos e, também, animais que transmitem ideia de alongamento são boas pedidas na hora de tatuar a coxa.

É importante dizer, também, que embora haja diferenças entre os tipos de coxa e pernas que dão margem para diferenciação, é importante que a pessoa interessada leve também em consideração, indiferentemente de aspectos físicos, suas vontades e seus próprios ideais de beleza para que a tatuagem que pretende colocar em seu corpo represente de fato o que pretende demonstrar.

 

Tatuagem na coxa, dói?

 

A dor sempre amedronta pessoas em relação aos mais diversos aspectos da vida cotidiana e, porque não, no meio das tatuagens. O medo da dor é compreensível mas, para esta região, pode ser melhor controlado. Isso porque, assim como em outras áreas, como nas panturrilhas, a presença de terminações nervosas é grande, mas não tanto quanto em regiões de alta sensibilidade. Assim, a dor pode ser comparada a diversas picadinhas que, embora incomodem um pouco, não comprometem a qualidade da tatuagem e nem o bem estar de quem está sendo tatuado.

 

Confira 5 dicas de como Cuidar de uma tatuagem.

 

Como quaisquer outras tatuagens, em outras regiões do corpo, as que são feitas nas coxas também requerem cuidados especiais após terem sido feitas. É necessário cuidar muito bem desta área, sem “levar nas coxas” o período de pigmentação, conservação, respeitado bem a rotina de hidratação da pele, bem como o processo de cicatrização da tatuagem.  Abaixo algumas dicas de cuidados necessários, sobretudo para esta área:

 

  1. Durante as sessões, e até mesmo antes delas,  tire todas as dúvidas no estúdio com seu tatuador.  Siga corretamente as orientações do tatuador. Pomadas de hidratação e de cicatrização  devem ser utilizadas conforme sugestão dos profissionais tatuadores.
  2. No primeiro mês após as sessões, na etapa de cuidados, a higiene continua tendo papel fundamental, uma vez que sujeira, suor, poeira e outros componentes podem irritar a pele e comprometer a qualidade da tatuagem e do processo de cicatrização. Então, é fundamental o uso de sabonetes que sejam leves, de preferência neutros, e sempre limpe dia suavemente a área tatuada. Não esfregue muito, para que não irrite a pele. Apenas se preocupe em cuidar e limpar  sua pele sem comprometer sua pigmentação.
  3. Evite roupas muito justas que grudem em sejas pernas e impeçam a transpiração no local. É importante que a pele tenha espaço para respirar, sobretudo após um procedimento que é “agressivo” ao corpo. Calças muito apertadas, shorts na altura da coxa e vestidos que também pressionam as pernas, além de bermudas coladas podem e devem ser evitados, pelo menos nas primeiras semanas.
  4. É importante ainda salientar aa importância do uso de protetor solar para garantir ua boa cicatrização e evitar queimaduras, ainda mais em uma área que estará sensível.
  5. Tente não cutucar a área, para não causar atrito ou irritação. Lembre-se de que a pele está muito sensível após os procedimentos realizados nas sessões. O mesmo vale para o processo de cicatrização e o surgimento das casquinhas: não toque! Deixe que os processos de renovação e tratamento da pele aconteça de forma natural, com interferência apenas de pomadas.

 

Com o fim da cicatrização, exponha suas pernas belas e tatuadas. Evite apenas após cicatrização, longos  períodos de banho de sol. Utilize muito protetor solar e curta sua tatuagem nova.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */