Moda Tatuagens

Tatuagem old school: origem, desenhos e significados para se inspirar

A tatuagem old school é a velha guarda dessa arte no ocidente. Os desenhos deste estilo costumam ser pequenos, como as flash tattoos, com traços grossos, uma paleta de cores mais limitada com aplicações sólidas e um trabalho bem feito de sombreamento.

No corpo, a old school tattoo é feita, normalmente, por meio de vários desenhos pequenos, como figurinhas, que se complementam e podem ter significados em comum.

Os primeiros tatuadores surgiram nos Estados Unidos e tinham como clientela principalmente marinheiros, fuzileiros navais, nômades e rebeldes. As primeiras mulheres a ter tatuagem nesse período eram consideradas “diferentonas”. Tanto é que muitas delas se transformaram em atrações de circo e artistas que viviam de expor suas pele para curiosos.

Com o tempo, a tatuagem foi ganhando ares de popularidade, sobretudo após as criações do cara que é considerado um dos pais do estilo old school: Sailor Jarry.

Sailor Jarry

Tatuagem era, naquele tempo, coisa de “marginal”. Os marinheiros faziam parte desse grupo e foram um dos responsáveis pela ascensão dessa arte. Normal “Sailor Jerry” Collins abriu seu estúdio de maior sucesso nos anos de 1920, em Honolulu, no Havaí. Esta ilha que fica no meio do Oceano Pacífico fazia parte (e ainda faz) do território político dos EUA.

Nos anos 20, o Havaí era o paraíso dos homens do mar, porque ali os marujos e outros trabalhadores dos navios faziam uma pausa em seu árduo trabalho de longas jornadas para se divertir. Bebidas, mulheres e muita tatuagem rolava por lá. O tempo para curtição era restrito, por isso, Sailor Jerry criava pequenos desenhos, de rápida aplicação. Assim, a diversão dos homens não era interrompida por muito tempo. Aí também se originou a cultura das flash tattoos, uma tendência dos dias atuais.

Sailor, em inglês, significa marinheiro. O tatuador lendário começou sua carreira marítima aos 19 anos. Em suas viagens, teve contato com a arte japonesa, se inspirando nela para criar seus trabalhos anos depois. Seus desenhos são inspirados também na vida no mar: âncoras, caravelas, pin-ups, andorinhas, águias, tubarões, etc.

Contribuiu para a inserção de outras cores na tatuagem, como o vermelho, laranja e marrom. Sua atuação sempre foi profissional, aperfeiçoou técnicas, usou agulhas descartáveis num tempo em que isso não era comum. Seu humor ácido aparecia em muitos desenhos, inclusive, Sailor acreditava que a cultura da tattoo era uma forma de confrontar os costumes conservadores.

Muitos outros tatuadores contribuíram para a tattoo contemporânea, mas a atuação de Sailor Jerry, com certeza, está entre as mais marcantes. Veja alguns desenhos desse gigante:

Mulheres tatuadas de antigamente

Dizem que tatuagem é coisa de homem… Mas não é isso que conta a história da arte na pele. A mulherada estava lá desde o começo da tattoo ocidental. Antes da tatuagem ser pop, quando ainda era considerada algo bizarro, algumas mulheres levaram a arte dos tatuadores em viagens por toda a América. Elas participavam de atrações de circo e faziam exposições solo, cobrando um valor baixo para serem observadas como aberrações.

No artigo sobre tatuagem oriental tradicional, falamos um pouco sobre o que é a tatuagem para a cultura japonesa: algo que se faz para si próprio, sem necessidade de mostrar aos outros. O próprio Sailor Jerry se inspirou nessa arte milenar. Acontece que as mulheres que primeiro se tatuaram, e usaram seu corpo para ganhar a vida com a exibição dessas artes, criaram uma outra cultura da tattoo: a de mostrar.

Hoje em dia, as tattooed girls fazem algo parecido. Mesmo que a tatuagem seja algo mais aceito na sociedade, para muitas pessoas, ainda é chocante ver um corpo marcado de tinta. Juntando essa exibição de tattoos com o jeitão provocador de Sailor Jerry, temos dois ingredientes para o espírito dessa arte nos dias de hoje.

Significados da tattoo old school

A tatuagem old school possui muitos fãs. Entre as mulheres, esse estilo é o preferido entre as garotas que gostam da moda pin-up. O old school é marcado por desenhos relativamente pequenos, de traços marcantes e cores chamativas. Se você quer cobrir a sua pele com esse tipo de desenho, saiba que além de toda uma história, existe uma série de significados nessa vertente artística.

Boa parte deles vieram dos costumes e crenças dos marinheiros, pois, embora as mulheres estivessem se tatuando desde cedo, os significados que elas atribuíam aos desenhos eram menos importantes do que a escolha do tatuador, que queria “expor” seu trabalho em suas peles.

Bem, esclarecido isso, fica a dúvida: quais são os significados das tatuagens da velha guarda? Para responder isso, vamos revisitar os sonhos e pesadelos dos homens que ganhavam a vida em aventuras pelo mundo: os marinheiros.

Lucy Bellwood criou um pôster explicativo sobre os tattoos dos marinheiros e seus significados. Ele está em inglês, então, vamos traduzi-lo aqui para você.

Esses homens muitas vezes já haviam servido no exército e ido a guerras. Eles não esperavam nada além de muita aventura em suas vidas. De modo que os raros momentos em terra firme eram dedicados à curtição e à tatuagem. Seu desejo era marcar em sua pele suas conquistas, seus feitos e seus amores.

Confira alguns dos significados:

  • Andorinhas: a cada 5 mil milhas náuticas, o viajante tatuava uma para lembrar-se do quanto já percorreu;
  • Dançarina de ula: os que passavam pelo Havaí, tatuavam uma mulher dançando para simbolizar essa trégua das viagens;
  • Estrela náutica: simbolizava o desejo de não perder o caminho de casa;
  • Âncora: era o símbolo do homem que cruzou o oceano Atlântico;
  • Navio: indica que ele passou perto do Cabo Horn;
  • Casco de tartaruga: é a marca de homem que cruzou a linha do Equador;
  • Porco e galo: eles tatuavam nos pés cada um desses animais para prevenir o afogamento, porque os bichos eram transportados em caixas de madeira e quando havia um naufrágio, geralmente eram os únicos a sobreviver;
  • Canhões cruzados: era uma marca dos que serviram no serviço naval
  • Coração: geralmente vinha marcado com o nome da mulher amada, que ficava em terra firme.

Você pode estar pensando que esses significados não tem nada a ver com você ou com a vida que você leva. Será? É possível adaptar esses significados para a sua vivência e criar um registro de conquistas e aventuras em seu corpo.

A andorinha, por exemplo, pode significar um objetivo a curto prazo ou um período de tempo fazendo algo. Cada um dos desenhos representa um acontecimento especial. Que tal criar seus próprios marcos e eternizar suas façanhas? Aproveite e assine nossas atualizações e não perca os próximos artigos do Tudo Ela!

E veja mais:

Último Vídeo do Nosso Canal


/* ]]> */