Saúde Sem categoria

Tensão Pré-Menstrual (TPM): tudo o que você precisa saber sobre

A tensão pré-menstrual é um tema bastante interessante principalmente no que diz respeito à a saúde das mulheres. Com diferentes sintomas, ela atinge dezenas de mulheres pelo menos uma vez ao mês. O interessante é que os homens estão começando a se interessar sobre esse tema também. Entenda como esse conjunto de sintomas funciona e como conviver com essas oscilações hormonais tão inconvenientes.

Por estar associada principalmente a menstruação, a tensão pré-menstrual acontece apenas nas mulheres. Apesar de homens começarem a estudar o assunto apenas agora, este tema faz parte da vida da mulher há centenas de anos.

Esse conjunto de sintomas costuma aparecer antes do período menstrual e a tendência é que ele desapareça assim que o ciclo menstrual se inicia. Os homens levam total vantagem em relação ao corpo feminino, pois não existem tantas oscilações assim na produção de seus hormônios.

Por exemplo, os homens produzem testosterona a vida toda e quando chega por volta dos 20 aos 30 anos, essa produção vai diminuindo. É simples, não existem picos hormonais durante os meses.

Já com a mulher não é bem assim, os níveis hormonais femininos sofrem diferentes picos ao longo dos meses. Para se ter uma ideia, quando o ciclo menstrual da mulher acaba, começa uma produção excessiva de estrógeno que atinge o seu máximo por volta do 14º dia desse ciclo. Já no 15º dia, esse hormônio estrógeno começa cair para dar lugar a produção de progesterona.

Os níveis de estrógeno e progesterona durante a menstruação são completamente zerados. Isso traduz as diversas emoções e humores que as mulheres sentem durante os meses, pois em um dia ela possui uma determinada concentração de hormônios sexuais e no outro dia, outras taxas.

O que é a tensão pré-menstrual?

Tensão pré-menstrual ou TPM como é chamada popularmente é o conjunto de sintomas e sinais que aparecem no corpo da mulher, principalmente no período que antecede a menstruação. De acordo com especialistas, esses sintomas devem desaparecer assim que a menstruação chegar.

As mulheres devem ficar atentas, pois caso os sintomas da TPM não desapareçam com a chegada da menstruação, eles podem estar ligados a outros tipos de problemas.

Dores de cabeça, irritabilidade e depressão podem não estar ligados a TPM e sim terem causas mais profundas. Esses sintomas são ligados a ela, pois tendem a piorar nesse período.

Quais são os principais sintomas da TPM?

Os sintomas dessa tensão podem aparecer em períodos bem variados, existem mulheres que relatam apresenta-los 15 dias antes da menstruação e outros em períodos curtos, de 2 a 3 dias antes. Existem inúmeros sintomas diferentes entre as mulheres, não dá para definir uma igualdade entre eles.

Existem relatos de mulheres que estavam bem e de repente brigaram com todos no trabalho, ou mulheres que de repente ficaram com uma dor de cabeça muito grande e no dia seguinte menstruaram.

Como dissemos, cada mulher é um universo diferente, os sintomas são bem variados, veja a seguir se você possui alguns deles.

Sintomas de caráter emocional

  • Tristeza excessiva;
  • Vontade de chorar sem motivo aparente;
  • Irritação;
  • Excesso de ansiedade;
  • Muita fome, nenhuma comida é o suficiente;
  • Dificuldades para dormir, surgimento de insônia;
  • Excesso de sono;
  • Muita dificuldade de concentração;
  • Cansaço excessivo.

Sintomas no corpo físico

  • Dores de cabeça latejante;
  • Dores abdominais;
  • Falta ou excesso de apetite;
  • Aumento de acnes diversas;
  • Inchaço e dores nas mamas;
  • Aumento na retenção de líquidos, ocasionando no aumento de peso;
  • Inchaço no abdômen, dando a impressão de que está distendido;
  • Dor nos ossos.

Fatores que contribuem para o surgimento da tensão pré-menstrual

Alguns fatores contribuem para o surgimento da TPM ou tensão pré-menstrual. Existem três principais que são de fácil entendimento e que busca explicar como ela surge no corpo da mulher.

O primeiro fator é totalmente hereditário, ou seja, mulheres que tiveram mães que também apresentavam esse tipo de tensão. Esse fator influencia totalmente a mulher a ter esse tipo de tensão antes da menstruação.  

O segundo fator são as influências que o meio externo tem na vida dessas mulheres. Por exemplo, se a vida delas não está passando por nenhum tipo de problema, então seus níveis hormonais estão mais equilibrados. Estamos falando nesse caso, dos níveis dos hormônios que trazem a felicidade.

A serotonina é um desses hormônios que podem sofrer alterações na produção quando a mulher passa por algum problema emocional. Doenças na família, dificuldades financeiras, término de relacionamentos, pressão no campo profissional, entre outros acontecimentos podem atrapalhar no bem-estar do corpo feminino.

Os níveis dessa serotonina já estão baixos e a tendência é ficar ainda menor quando a menstruação acontece.

O terceiro fator que contribui para o surgimento dessa TPM no corpo da mulher é totalmente endógeno, ou seja, existem mulheres que possuem uma sensibilidade muito maior a todas essas oscilações hormonais que acontecem no mês e há mulheres totalmente indiferentes a essas oscilações, não tendo em hipótese alguma, esse tipo de tensão. A tensão pré-menstrual nesses casos é muito mais forte ou simplesmente inexistente.

É fácil diagnosticar a tensão pré-menstrual?

A resposta é sim e a mulher mesma pode fazer esse diagnostico, basta anotar todas as suas emoções e sentimentos no período que antecede a menstruação e principalmente se eles desaparecem quando ela surge.

Esses sintomas todos devem desaparecer quando a mulher menstrua, caso contrário como já foi dito, eles podem estar ligados a outros tipos de doenças.

Um profissional especializado e diferentes terapias alternativas que existem, podem te ajudar a sair dessa fase tão complicada.

A dica é que você tenha um diário, anote nele as suas emoções nesses dias que antecedem essa tensão, se elas ficarem muito forte, é porque você está entrando na TPM.

3 dicas de como lidar com a sua tensão pré-menstrual

1 – Mantenha uma rotina de exercícios físicos

A prática de exercícios físicos libera no nosso corpo uma dose extra de endorfina, hormônio responsável por aumentar a nossa sensação de prazer, por isso, incluir alguns exercícios nesse período é fundamental para manter alguns hormônios equilibrados.

Mesmo sendo mais difícil fazer atividade física nesse período, praticá-la só trará coisas boas.

2 – Alimente-se bem

Existem alguns alimentos que contribuem para deixar os sintomas da tensão pré-menstrual mais fortes. Evite o excesso de sal, cafeína e açúcar, pois além de favorecer a retenção de líquidos eles também alteram o nosso sistema nervoso, deixando a mulher mais irritada.

Invista em uma alimentação mais equilibrada, rica em legumes, vegetais e frutas. Além de serem de fácil digestão, são riquíssimas em vitaminas e minerais.

3 – Tenha um estilo de vida mais leve

Não faça das dificuldades da vida um sofrimento eterno. Coisas ruins acontecem com todas as pessoas o tempo inteiro, você não será a única a passar por situações difíceis, portanto, tenha maturidade para enfrentar todos os problemas que surgirem.

Videos do nosso Canal no Youtube

/* ]]> */