Beleza Cabelos

Tinta sem amônia: conheça as vantagens e desvantagens de usar

Só quem pinta o cabelo sabe o quanto os efeitos da amônia são desagradáveis na pele e nos fios: cheiro forte que causa irritação no nariz e dores de cabeça, coceira, vermelhidão e descamação da pele, além do ressecamento e quebra do cabelo. E, apesar do resultado que ela oferece ao final da coloração, prolongando a durabilidade da cor nos fios, o fato é que a forma como esse ativo químico age no cabelo durante o procedimento é altamente prejudicial à saúde capilar.

A amônia tem o papel fundamental de abrir a fibra capilar para permitir a entrada do corante presente nas tinturas para, então, conseguir mudar a pigmentação das nossas madeixas. Para isso, ela incha as cutículas dos fios para que o corante penetre para as camadas mais internas deles, até finalmente encontrar a córtex. O resultado é a perda de água (hidratação) e nutrientes pelo cabelo, que acaba ficando extremamente danificado.

Veja também: Saiba o que é e como funciona o ciclo de vida do cabelo

É por este motivo que muitas mulheres buscam pela chamada tinta sem amônia para pintar o cabelo sem agredir os fios. Você já sabia que ela existia? Provavelmente, você deve ter ouvido falar desse produto por outro nome popular: tonalizante para cabelo. Este, por sua vez, tem como principal função a de reavivar a cor do cabelo, seja esta natural ou tingida, tudo isso sem ressecar os fios e, ainda, ajudando a promover um brilho sem igual às madeixas!

Mas será que a tinta sem amônia “pega” mesmo no cabelo? Quanto tempo ela dura? Para saber a resposta dessas perguntas e conhecer quais são as vantagens e desvantagens de usar tonalizante, continue de olho nos próximos parágrafos desse artigo que eu te conto tudo! Vamos lá?!

Veja também: Aprenda como funciona a numeração de tinta de cabelo

O que é uma tinta sem amônia?



A tinta sem amônia nada mais é que um tonalizante capilar, que tem como objetivo depositar novos pigmentos na haste do cabelo, ou seja, na parte externa dos fios, evitando agressões à fibra capilar. Esse efeito é bem contrário ao que acontece na aplicação das tinturas permanentes, que possuem a presença desse ativo químico em sua formulação e, portanto, abrem a cutícula dos fios e penetram no córtex (“coração” do cabelo), causando a perda de nutrientes e água pela fibra capilar, já que as cutículas raramente se fecham do mesmo jeito.

O resultado é de um cabelo colorido ressecado e enfraquecido, o que requer maiores cuidados no dia a dia para evitar maiores danos, como quebra e queda dos fios. Por isso, o tonalizante é o mais indicado para quem quer mudar a cor das madeixas, mas sem agredir a saúde capilar. Como ele não tem amônia, não tem o poder de abrir as escamas dos fios e, portanto, poderá alterar o pigmento dos fios sem causar danos maiores.

No entanto, a alteração da cor é mínima, o que significa que é possível apenas reavivar o tom dos fios, seja este natural ou artificial. Quanto mais próxima for a cor da tinta sem amônia da tonalidade do seu cabelo, melhor será o resultado. Para mulheres que buscam uma mudança radical na cor do cabelo, as tinturas permanentes ainda são as melhores opções.

Quanto tempo dura?

Muitas mulheres têm dúvidas quanto à durabilidade da cor ao pintar o cabelo com tinta sem amônia. Afinal, será que ela “pega” mesmo nos fios? Pega sim. A única diferença em relação à tintura permanente é que a tinta sem amônia é que esta última não possui poder de clareamento, o que significa que se a intenção for pintar o cabelo de uma cor mais clara, como do escuro para o loiro, ela não será a melhor escolha.

Quanto mais próxima for a cor do tonalizante da cor do cabelo, melhor será o resultado. Isso porque esse tipo de produto age de forma superficial na coloração, formando apenas uma camada de pigmento por fora do fio, o que evita agressões à fibra capilar, mas também não consegue alterar a cor das madeixas de maneira radical.

Além disso, de acordo com hairstylists, uma desvantagem do tonalizante é que ele pode durar no cabelo por até 30 lavagens, apenas, dependendo da marca. Sendo assim, é válido dizer que ele realmente “pega” nos fios, mas pode sair com mais facilidade.

Tinta sem amônia cobre fios brancos?

Outra desvantagem é que a coloração sem amônia consegue cobrir apenas 50% de cabelos brancos, o que significa que quem já tiver ultrapassado essa porcentagem deve recorrer às colorações permanentes para ter o resultado que espera.

Mas, calma aí, que ainda há uma salvação! Apesar de ainda encontradas em pequenas quantidades no mercado de beleza, alguns especialistas defendem que já existem tintas sem amônia de alta qualidade, como é o caso da marca Inoa, que são desenvolvidas com pigmentos menores e maior concentração para garantir o clareamento de até três tons da cor base do cabelo, mantendo a intensidade de reflexo e com uma durabilidade excelente, além de poder cobrir totalmente fios brancos.

Então, vale a pena dar uma pesquisada nas melhores marcas que já oferecem esse tipo de produto, inclusive na internet.

Quais as vantagens e desvantagens?

Agora que você já sabe tudo sobre a tinta sem amônia, confira resumidamente quais são as vantagens e desvantagens de usar esse produto:

Vantagens:

  • Não agride a fibra capilar;
  • Ajuda a reavivar a cor do cabelo (natural ou tingido);
  • Não danifica os fios;
  • Deixa o cabelo mais brilhoso;
  • Pode durar menos tempo nos fios, ponto positivo para quem não quer passar muito tempo com uma mesma cor;
  • Não resseca e nem causa a queda ou quebra do cabelo;
  • Pode ser usada em cabelos cacheados ou crespos, principalmente se estiverem em transição capilar, já que estes são mais suscetíveis ao ressecamento e, portanto, podem ser danificados com tinturas permanentes;
  • Também pode ser a melhor opção para mulheres que fazem alisamentos e que não querem piorar os danos aplicando outras químicas nos fios, como tinturas com amônia.

Desvantagens:

  • Não clareia o cabelo;
  • Dura menos tempo nos fios que a tintura permanente;
  • Cobre apenas 50% dos fios brancos.

Como cuidar do cabelo com coloração sem amônia?

Apesar de a tinta sem amônia não ser muito agressiva, não deixa de ser um tipo de química, mesmo que mais leve. Então, ao colorir o cabelo usando um tonalizante, também é preciso redobrar os cuidados com os fios em casa. Neste caso, a dica é usar sempre produtos específicos para cabelos quimicamente tratados, como shampoo, condicionador, leave-in, máscaras de tratamento, entre outros. Eles atuarão retardando o desbotamento da cor e oferecendo mais brilho e maciez aos fios.

Além disso, é indicado ir até um salão de beleza, pelo menos uma vez ao mês, para realizar tratamentos mais profundos, como hidratação, nutrição e reconstrução, que irão ajudar a deixar o seu cabelo colorido com uma aparência mais bonita e saudável por mais tempo.

Em casa, você pode apostar nesses mesmos tratamentos através de um bom cronograma capilar. Não se esqueça também de evitar muita exposição solar, mar e piscina, pois os raios ultravioletas junto com o cloro ou água com sal podem ressecar os fios tingidos, além de acelerar o desbotamento da cor.

E aí? Gostou de saber mais sobre a tinta sem amônia? Você já usou ou tem vontade de usar? Compartilhe!

Até a próxima!

Sobre o autor

Raiane

/* ]]> */