Nutrição

Tipos de Arroz: conheça as vantagens de cada um

Arroz e feijão formam a dupla preferida dos brasileiros. Mas isso não quer dizer que tenha de ser sempre o mesmo cereal. Saiba mais sobre os tipos de arroz e como variar no menu para ganhar mais saúde.

O cereal é uma planta da família das gramíneas; está presente em praticamente todas as casas no território nacional. No entanto, o sucesso não é só aqui. O arroz é um dos cereais mais cultivados do mundo, sendo a base das refeições de metade da população mundial.

Existe uma variedade enorme de arroz, cuja diferenciação acontece devido aos tratamentos que o cereal sofre depois de colhido.

Arroz branco, parboilizado, integral, negro, selvagem… Todos são boas fontes de carboidratos, além de proteínas e fibras. Algumas versões trazem ainda vitaminas e minerais. E não são apenas as qualidades e valores nutritivos que mudam – o sabor também.

Para facilitar sua decisão sobre qual arroz levar das gôndolas dos supermercados, veja a diferença entre cada um deles:

arboreo-1391012496364_956x500-956x480

Arbóreo

• Arbóreo – seu nome significa arroz pequeno; é utilizado especialmente em risotos, pois suporta cozimento prolongado e movimento constante da colher.



Cultivado na Itália, tem casca grossa e é mais resistente que os outros cereais do gênero. Embora não vire um “mingau” ao cozinhar, seu alto teor de amido permite uma consistência cremosa.

arroz-soltinho-Lavar-cozinhar-óleo-arroz-passo-a-passo-passo-a-passo-fio-de-óleo-panela-cozinhe-arroz-branco-paella-risoto-sushis-4

Branco ou polido

• Branco ou polido – sua casca é removida durante a industrialização. Por isso, não é o mais nutritivo, mas é rico em carboidrato, mais barato, fácil de encontrar e de preparar.

379c7d_a36f7f7a66e0492d9de8ac564037a91f

Integral

• Integral – a camada externa dele (farelo) permanece em seu processo de produção. O fato de não ser polido ou refinado faz o arroz integral ter um aspecto mais escuro e uma consistência mais firme.

O arroz integral tem sido mais consumido por causa de suas qualidades nutricionais. Ele possui mais selênio, manganês e vitaminas do complexo B que o arroz comum.

E ainda: o arroz integral oferece alto teor de fibras, favorecendo o funcionamento do aparelho digestivo, principalmente o trânsito intestinal.

arroz-cozido-japones

Japonês

• Japonês – é muito rico em amido; seus grãos são curtos, curvados, ligeiramente transparentes e unidos. É bastante utilizado na culinária japonesa.

beneficios-arroz-negro

Negro

• Negro – é originário da China, onde é cultivado há mais de 4000 anos. Era conhecido como “arroz proibido”, uma vez que figurava entre os alimentos exclusivos do imperador chinês.

Ele tem um excelente teor de ferro e antioxidantes, que ajudam a combater os radicais livres.

O sabor do arroz negro é mais rústico. E a melhor forma de preparar o “arroz proibido” é al dente.

arroz-parboilizado

Parboilizado

• Parboilizado – o método de processamento dele é, no mínimo, curioso: os grãos são tratados em água fervente; os nutrientes de sua casca entram no cereal. Tudo sem aditivos químicos.

Leva vantagem em relação ao arroz branco por seu valor nutricional, sabor e mudança de coloração.
É boa fonte de vitaminas do complexo B e deve ser preparado da mesma forma que o arroz comum.

arroz selvagem

Selvagem

• Selvagem – na verdade, não é um arroz exatamente; é uma espécie de gramínea, porém, um cereal riquíssimo em fibras. Possui grão longo, escuro e exige mais água ao ser cozido – sozinho ou misturado a outros tipos de arroz.

O arroz selvagem não é muito comum no Brasil. Geralmente, é encontrado em lojas de produtos naturais.

arroz-vermelho-para-emagrecer-rapido-160933992

Vermelho

• Vermelho – contém muito mais ferro, zinco e fibras que o arroz branco. Seu modo de preparo é igual ao do arroz polido. O arroz vermelho é cultivado no Maranhão e na Paraíba, onde é bastante utilizado na culinária.

E você, tem algum tipo de arroz preferido? Se não conhecia muito sobre o assunto, agora já pode experimentar novas possibilidades.

Bom apetite, e até breve!

Veja também:

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Fatima

/* ]]> */