Cabelos

Trança DNA: como fazer + 15 fotos lindas

Se você está trançando o cabelo da sua filha ou está elaborando seu próprio visual, saiba que há uma nova tendência de cabelos tomando conta da internet. O penteado é perfeito para qualquer faixa etária, e eles são tão divertidos quanto parecem. Apropriadamente chamada de “trança de DNA” graças ao seu design de hélice retorcido que se assemelha ao ácido nucleico, parece que essa trança igualmente hipnotizante entrou nos seus feeds de mídia social para fazer a cabeça de todas.

Essas tranças receberam o nome de tranças de DNA, porque se parecem com uma fita de DNA de dupla hélice. Com uma pesquisa rápida você pode ver essas tranças aparecendo em todo o seu feed do Instagram, dando-lhe todos os tipos de inspiração para esse penteado.

O estilo é criado separando o cabelo em três seções, começando em uma das partes mais externas, pegando uma seção menor e tecendo-a sobre e sob as maiores até que ela seja adicionada ao lado oposto.

Essas tranças são praticamente mágicas

As tranças exigem um nível de habilidade um pouco maior para serem alcançadas. Este penteado parece semelhante a uma trança escama de peixe, mas envolve três seções de cabelo em vez de apenas dois.

O estilo é criado separando o cabelo em três seções, começando em uma das partes mais externas, pegando uma seção menor e tecendo-a sobre e sob as maiores até que ela seja adicionada ao lado oposto. O processo é então repetido no outro lado, alternando para frente e para trás até que a trança esteja no comprimento desejado. O truque é que a seção intermediária permanece estacionária e você só está trabalhando com as duas externas.

A cabeleireira Alexandra Wilson, responsável por viralizar esse penteado, postou um vídeo no Instagram, com um tutorial completo sobre como obter a aparência. Como você verá no manual abaixo, você começa com um lado e puxa os fios da seção mais externa para o meio. Então, com o lado direito, você puxa os fios da seção externa sob a do meio. Então, é o padrão alternado sobre / abaixo que dá ao cabelo o efeito distorcido.

View this post on Instagram

DNA BRAID TUTORIAL!!! Starting off with 3 strands, the middle one being smaller then the others as that will be a stationary strand. When taking a strand from left side you are going over that section, under the middle and adding to right side then taking a small section from right side is then brought under and then over the middle section and added to left section. Make sure your being consistent with that pattern, the braid naturally starts to twist towards left as you go down so you have to keep it tight while braiding or else it will become more difficult. Small sections are always better, they make the braid look more intricate. It’s always hard to fit a tutorial in 1 minute so I may post slower/longer one on IGTV! Happy Braiding 😀💗 . . . #behindthechair @behindthechair_com #modernsalon @modernsalon #americansalon @american_salon @hair.video #hairvideo #beyondtheponytail #beautylaunchpad #hotonbeauty @hotonbeauty @evahairofficial @hair.videos @hairvideoshow #tutorial #braids #dnabraid #hairgoals #hairofinstagram #stylistssupportingstylists #samvilla #hairinspo #hairinspo @mastersofbraids @hairvideosbystylists

A post shared by ALEXANDRA WILSON (@alexandralee1016) on



Instruções passo a passo

  1. Separe uma seção triangular na área da coroa, deixando o cabelo na frente e nas laterais. Isso é essencialmente importante se você tiver cabelos curtos e com camadas. Dessa forma, você poderá obter uma seção mais ou menos unificada de comprimento para trançar (deixando de fora os cabelos mais curtos da frente e dos lados);
  2. Divida essa seção em 3 mechas (a do meio é um pouco mais fina);
  3. Pegue uma pequena parte externa da mecha esquerda e cruze-a sobre a mecha esquerda, coloque-a sob a mecha do meio e combine-a com a mecha direita;
  4. Pegue uma pequena parte externa da mecha direita, e dessa vez cruze-a sob a mecha direita (tome cuidado para também trazê-la sob a seção que você combinou do lado esquerdo), traga-a para o meio e combine-a com a mecha esquerda. Mantenha o mais apertado possível;
  5. Repita os passos 3 e 4 até chegar as pontas dessa seção (trançar o máximo que puder). Amarre-o com um elástico transparente assim que terminar. Quando você soltar, a trança vai começar a torcer por conta própria. Você pode torcer um pouco mais para aumentar o efeito do DNA;
  6. Agora é hora de incorporar as camadas mais curtas da frente e dos lados no visual. Pegue uma seção perto de sua separação e divida-a em duas vertentes. Comece a torcê-los uns sobre os outros longe do rosto. Adicione uma nova seção ao final de cada vez antes de torcer;
  7. Uma vez que você tenha incorporado todo o cabelo que você deseja, torça as seções mais para baixo, solte a torção e prenda-a na parte de trás da sua cabeça sobre a trança de DNA. Repita o procedimento do outro lado;
  8. Enfie as pontas dos dedos por baixo e prenda-os no lugar com grampos, certificando-se de que nada esteja cobrindo a trança do DNA;

DICA: quanto mais unificada a seção escolhida desde o início, melhor. Você será capaz de trançar mais para baixo e o efeito de DNA torcido será mais visível.

Modernize-as com vários trançados

Claro, a trança de DNA pode parecer assustadora, mas, na verdade, é bem parecida com uma trança escama de peixe. Também requer muita paciência, mas uma vez que você entra no ritmo, tudo fica mais simples.

Uma maneira criativa de incrementar o visual é torná-lo único. Você pode mostrar suas habilidades usando uma combinação de tranças DNA, tranças escamas de peixe e trança embutida, todas juntas no mesmo penteado.

Ou se quer algo mais simples, opte por fazer uma única trança centralizada, com o restante dos cabelos soltos. Criando volume para os fios brilharem ao vento.

Colorido que dá gosto

Se você tem cabelos multicoloridos, esta trança é uma ótima maneira de mostrar cada uma das tonalidades. Quanto mais cores você tiver, melhor e mais incrível ficará seu visual. A trança DNA super combina com cabelos coloridos, de diferentes tonalidades e diferentes estilos.

Candy colors

Também conhecido como cores pastel, são variações criadas a partir dos tons fantasia, porém com uma tonalidade mais clara. Alguns exemplos são o rosa bebê, azul claro ou verde menta. Os tons coloridos combinados com esse estilo de trança, deixam seu visual super alegre.

Rainbow Hair

Colorir os cabelos com todas as cores do arco-íris parece perfeito para as tranças DNA. Você pode brincar com os tons, desde cores mais intensas até tons pastéis ou misturadas. A técnica consiste em intercalar suas mechas com cores alternadas, e no momento em que a trança é concluída, a mágica acontece.

Hidden color

A diferença desse estilo é que as cores ficarão apenas na parte da nuca. Ideal para pessoas que precisam ser mais discretas com os cabelos, como em um ambiente de trabalho, por exemplo. A parte de cima irá “encobrir” a parte colorida. Aproveite para fazer uma trança degradê, começando com seus fios naturais e terminando colorida.

Galeria de fotos

View this post on Instagram

🎀DNA Braid🎀 Today we did a DNA braid side ponytail. This is our first DNA braid and I love it. It's a quick style, so great for school mornings, I also added mini bubble braid diagonally towards the side pony! We are joining in to wish @gorgeous_hair_by_samantha daughter a Happy 6th Birthday #c5thbdaytwin we used yellow elastics because this is her favourite colour. Happy Thursday! . . . . . #dnabraid #3strandfishtail #hairofinstagram #bubblebraid #sideponytail #braidstyles #braider #braidedponytail #hair #hairlove #longhair #schoolhairstyles #quickhairstyles #hairenvy #ponytail #easyhairstylesforgirls #easyhairstyles #easytoddlerhairstyles #braidinghair #braidsinaction #braidgoals #hairtrends2018 #braidtrends #hairdo #updo

A post shared by (Manda) Little Miss Locks (@little_miss_locks) on

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.

/* ]]> */