Cabelos

Tranças nagô: o que é, como usar e como cuidar

Mais um sucesso com a certeza de fazer a cabeça das mulheres, as tranças nagô desfilam das cabeças de celebridades a muitas garotas Brasil afora. Também, o penteado é só elogios: estiloso, prático, lindo e muito versátil.

Uma herança da cultura e história africanas, as tranças nagô são um estilo de penteado tradicional com origens na cultura africana, mas uma característica marcante do penteado é a de que ele vai além dos cabelos afro, podendo ser feito em qualquer tipo de cabelo.

Essa combinação de fios trançados desde a raiz são um sucesso em qualquer época do ano, conquistando mulheres de todas as idades, principalmente por favorecer um estilo marcante e a certeza de um charme incrível.

Ficou interessada nesse tipo de trança? Então venha com a gente aprender sobre como conquistar ótimos resultados na aplicação e até manter os fios por muito mais tempo.

Investindo na mudança de visual com as tranças nagô

Com principal característica, ela pode ser usada para aplicar tranças em qualquer tipo de cabelo, se adequando a todas as texturas de fio, de lisos a crespos. Mas, antes de investir nesse visual, você precisa analisar como anda a saúde do seu cabelo.

Caso ele esteja fraco ou você tenha feito algum processo químico recentemente, terá de esperar que os fios e o couro cabeludo se recuperem. O motivo é a chance de eles não aguentarem todo o peso das tranças e quebrarem. Nessas horas é melhor procurar um profissional para uma avaliação.

As duas opções das tranças nagô

Aproveite para se jogar na criatividade e renovar o seu visual. Qualquer uma das opções vai ficar incrível! São duas as possibilidades de você curtir o novo look:

  1. Trançar os fios apenas com o cabelo natural, resultando num penteado com tranças mais finas e mais naturais;
  2. Adicionar o jumbo, uma técnica que apresenta a opção de usar fios sintéticos. Aqui você pode criar tranças de maior comprimento, coloridas e mais volumosas.

A manutenção e os cuidados no dia-a-dia

Prepare-se para passar umas horinhas no salão… No caso de você optar pela trança tradicional e sem adicionar os fios extras, pode levar até quatro horas para terminar a aplicação. No caso do jumbo, o tempo total de execução do penteado pode chegar a cansativas sete horas!

Não tem complicação. É que as tranças nagô têm um método simples, porém trabalhoso. O cabelo é lavado simplesmente com xampu e aí faz-se o trançado bem rente à raiz. Essas tranças podem ficar até 60 dias sem retoques algum, mas é sempre bom dar uma passadinha no salão para fazer uma manutenção. E, mesmo quando você resolver deixar os fios sem as tranças nagô por algum tempo, aproveita para manter a hidratação dos fios e do couro cabeludo.

É preciso, também, dar aquela atenção extra na hora de executar à lavagem, sendo necessária ser feita uma semanalmente. Assim, sempre utilize um xampu próprio para o couro cabeludo, evitando produtos como hidratantes, pois eles podem deixar suas tranças nagô com um visual oleoso, além de causarem até seu desmanche!

As formas de cuidados com as tranças nagô são diferentes assim como são cuidados os cabelos lisos, cacheados, ondulados e crespos. No caso das tranças, por exemplo, faça apenas uma lavagem por semana e apenas com xampu sendo aplicado direto nas raízes. Para secar, utilize um secador de cabelo a menos 25 cm dos cabelos. E evite também o uso de cremes e máscaras de hidratação para não acumularem resíduos no couro cabeludo.

Finalizando uma manutenção segura, sempre que sair do banho seque bem a raiz e as tranças uma a uma para os fios não criarem mofo. Importante lembrar que o calor em excesso pode danificar o cabelo sintético.

E, antes que você pergunte, já adiantamos: o frizz pode aparecer! Neste ritmo de dormir, lavar, secar, pode ocorrer o temido o frizz mesmo com o cabelo trançado. Para amenizá-lo, sempre vale a pena dar uma retocada com mais frequência.

Sabia que dá para tirar as tranças nagô em casa?

Isso mesmo! Você nem precisa ir ao salão para remover as madeixas. Confira que simples:

  1. Remova os elásticos que prendem as mechas;
  2. Umedeça os fios com a ponta dos dedos;
  3. Aplique leave-in;
  4. Agora é só começar a desfazer as tranças.

Ah, é não se preocupe se os fios ficarem marcados, pois eles voltam ao normal com a rotina de lavagem.

Utilizando as tranças nagô durante a transição capilar

Quem decide abandonar as químicas de alisamento para assumir os crespos e cachos naturais também tem a opção de contar com as tranças nagô, que servem como uma ótima aliada para disfarçar diferentes texturas dos fios.

Mesmo as mulheres adeptas do big chop, e que têm os cabelos bem curtos, podem investir em tranças sintéticas e exibirem um visual renovado durante esse período de transição. Além do mais, vale destacar que as tranças nagô não são queridas apenas entre as mulheres! São muitos os homens que incorporam esse visual ao seu estilo.

Tranças nagô e as opções de fibra sintética

Para mulheres (e homens) que desejem ampliar a extensão dos fios, invistam numa trança nagô sintética apostando em dois modelos principais de fibra: a jumbo e a kanekalon, bem parecidas com nosso cabelo natural.

Entretanto, a jumbo tem sido a opção mais procurada pelos clientes brasileiros, principalmente por ser encontrada facilmente serem mais leves, terem melhores preços e um número maior de maior de cores.

Vale ainda um destaque para a opção de ampliar a extensão das tranças nagô com fios de tricô. Essas tranças de lã reduzem o custo final de todo o material utilizado, são mais leves que fibras sintéticas e ainda apresentam uma maior variedade de cores.

Agora que você já sabe como conquistar as belas tranças nagô, aposte no visual incrível e arrase!

Sobre o autor

Redação Tudo Ela

Site focado em publicar conteúdo atual e interessante sobre o universo feminino. Fazemos curadoria e pesquisamos dicas úteis para o dia-a-dia da mulher moderna. Saiba mais sobre nós.