Maternidade Saúde

Vacina Meningocócica C e B: veja reações, contraindicações e composição

A meningite bacteriana é uma inflamação que atinge as membranas que revestem o cérebro e a medula espinhal. Costuma se manifestar por meio de dores fortes de cabeça e rigidez no pescoço.

É uma doença grave que age muito rápido no organismo e com altos índices de fatalidade. Por isso, imunizar-se contra as bactérias causadoras da doença é fundamental.

Neste artigo, veja a composição da vacina, quando tomá-la. Saiba também quais são as possíveis reações adversas e contraindicações.

Vacinação em dia:

É muito difícil coordenar as várias carteiras de vacinação de todos da família. Principalmente porque após os primeiros meses de vida, os períodos entre as vacinas são mais esparsos. Para quem tem mais de um filho o desafio é ainda maior.

Não quer correr o risco de perder a data das vacinas da família?

Confira: Calendário de vacinação: 5 aplicativos para deixar as vacinas da família em dia.

Vacina Meningocócica C:

A vacina meningocócica conjugada C deve ser dada aos bebês a partir dos 2 meses de vida. Eventualmente também deve ser aplicada em adolescentes e adultos.



Com eficácia definida de 92%, esta vacina deve ter suas duas primeira doses aplicadas nos bebês até os 12 meses de vida. A segunda dose deve ser dada após 2 meses de intervalo.

O reforço deve ser dado após 1 anos. Exceto nos casos em que o bebê recebe a primeira dose entre o 10º e 11º mês de vida.

A Sociedade Brasileira de Imunização recomenda segunda dose aos 5 anos de idade.

Adolescentes deve receber um reforço com 11 anos e outro com 16.

Composição:

Polissacarídeos capsulares do meningococo C combinados com toxinas de difteria modificada e tétano.Também contém alumínio.

Reações adversas:

Podem ocorrer manchas vermelhas e dor no local da aplicação. Também é comum que haja febre baixa.

Diarreia, vômito e falta de apetite podem acontecer. E é possível que se forme um pequeno nódulo sob a pele.

Contraindicações e alertas:

Esta vacina deve ser evitada em caso de:

  • reação alérgica grave à última dose da mesma vacina;
  • febre;
  • gestação.

Vacina meningocócica B:

A vacina meningocócica B recombinante é indicada para crianças acima de 2 meses e adultos até os 50 anos. Ela protege do meningococo do tipo B.

A primeira dose deve ser aos 2 meses de vida, a segunda aos 5 meses e a terceira com 7 meses. O reforço deve ser dado entre 12 e 15 meses de vida.

Para adolescentes e adultos, as doses devem ter 1 mês de intervalo.

Também pode ser indicada em casos de surtos e epidemias ou para viajantes que pretendem ir para áreas onde a doença é mais presente.

A eficácia dessa vacina em crianças varia de 72 a 94%.

Composição:

Bactérias atenuadas do tipo Neisseria meningitidis, pertencentes ao grupo b.

Reações adversas:

Febre, inchaço e calor no local. Caso a febre seja muito alta, pode causar convulsões febris.

Contraindicações e alertas:

  • deve ser evitado por pessoas que tiveram alergia à primeira dose;
  • alérgicos a canamicina;
  • febre;
  • gestantes.

Peça orientação ao médico sobre qual antitérmico tomar. Caso a febre continue alta mesmo após a administração do remédio, procure atendimento profissional rapidamente.

Videos do nosso Canal no Youtube

Sobre o autor

Mariana Mendes

/* ]]> */